Principais substâncias nocivas à saúde e ao meio ambiente

eCycle

Confira uma lista de substâncias nocivas à saúde e ao meio ambiente para que possam ser evitadas

Substâncias nocivas
Imagem de Bill Oxford em Unsplash

Substâncias químicas são parte integral do dia a dia e podem ser encontradas em mais de 100 mil compostos diferentes. Indústrias que produzem e utilizam esses elementos têm importância em termos de geração de empregos, comércio e crescimento econômico mundial. No entanto, apesar de gerarem alguns benefícios, essas substâncias também podem ser nocivas à saúde e ao meio ambiente, causando impactos adversos.

Por isso, o Portal eCycle organizou uma lista de substâncias nocivas que devem ser evitadas ou utilizadas com cautela devido aos efeitos prejudiciais à saúde e ao meio ambiente como um todo gerados por elas.

Exemplos de substâncias nocivas

Triclosan

O triclosan é um composto químico pertencente ao grupo dos éteres de difenila polibromados (PBDE), sendo considerado um potente bactericida. Ele pode ser encontrado em diversos produtos, como sabonetes, pastas de dentes, desodorantes, antissépticos, perfumes, plásticos próprios para alimentos, roupas, sapatos e até em carpetes. O uso indiscriminado de itens que possuem triclosan pode desregular o sistema de defesa do corpo humano e reduzir as funções musculares, podendo atingir o coração. Além disso, essa substância causa poluição dos corpos hídricos, afetando a qualidade da água.

BHA e BHT

O BHA (butylated hydroxyanisole como se apresenta nas embalagens) e o BHT (butylated hydroxytoluene) são antioxidantes encontrados principalmente em batons, sombras para os olhos, desodorantes e antitranspirantes. Os compostos são previstos pelo Programa Nacional de Toxicologia dos Estados Unidos como razoavelmente carcinogênicos para os seres humanos, baseados em experimentos com animais.

PBC

Os bifenilos policlorados, conhecidos por PCBs ou por ascarel, são misturas de até 209 compostos clorados, que variam de nome de acordo com a posição relativa dos átomos de cloro na estrutura. Por serem praticamente incombustíveis e apresentarem alta estabilidade e resistência, eles vêm sendo utilizados para diversos fins, como fluidos dielétricos em transformadores, condensadores e óleos de corte, lubrificantes hidráulicos, tintas e adesivos, entre outros.

Essas substâncias podem ser caracterizadas como poluentes orgânicos persistentes, já que permanecem no meio ambiente por muito tempo e sofrem processos de bioacumulação e biomagnificação. Em contato com seres humanos, elas causam reações cutâneas, danos nos fígados, problemas oculares, dores abdominais, fadiga e dores de cabeça, além de serem cancerígenas.

Dioxina

Dioxina é um nome genérico usado para designar um grupo de substâncias químicas resultantes de processos industriais, como a produção de cloro e certas técnicas de branqueamento de papel e produção de pesticidas. Ela pode ser considerada um poluente orgânico persistente (POP), visto que se acumula ao longo da cadeia alimentar e no corpo humano.

Ao ser ingerida, a dioxina altera receptores de estrogênio, pode ser tóxica para o crescimento e o desenvolvimento, pode causar danos no fígado, nos nervos e alterações indesejadas em glândulas, de acordo com a Agency for Toxic Substances and Disease Registry (ATSDR). Problemas relacionados aos sistemas reprodutivo e imunológico, além de alterações no neurodesenvolvimento, também podem ocorrer devido à contaminação por esse composto.

Furano

Furano é um nome genérico dado a um grupo de compostos químicos de natureza orgânica, heterocíclicos e aromáticos, que podem ser obtidos pela destilação de algumas variedades de madeira. Eles podem ser produzidos inadvertidamente por meio de processos industriais, como a incineração de resíduos, a produção de substâncias químicas e a combustão ou por meio de técnicas utilizadas para realizar o branqueamento do papel.

A exposição humana a altos níveis de furano por curto prazo pode resultar em lesões na pele, como cloracne, e alterações no fígado. A exposição crônica, por sua vez, pode estar associada a danos aos sistemas imunológico, nervoso, endócrino e as funções reprodutivas. Estudos com crianças também indicaram atraso no neurodesenvolvimento e efeitos neurocomportamentais, incluindo hipotonia neonatal.

Bisfenol

Os vários tipos de bisfenol, também chamados de difenóis, são moléculas orgânicas formadas por dois fenóis. Os fenóis, por sua vez, são formados pela ligação de uma ou mais hidroxilas diretamente a um anel aromático. Eles são obtidos a partir da extração de óleos do alcatrão e da hulha.

Considerados como disruptores endócrinos, os bisfenóis podem causar esterilização, problemas comportamentais e diminuição da população de animais. Em seres humanos, eles estão associados ao desenvolvimento de diabetes e a síndrome dos ovários policísticos.

Retardante de chamas

Retardante de chamas é uma substância química utilizada para retardar ou, se possível, eliminar a propagação de chamas em um material. Os aditivos anti-chamas possuem a capacidade de prolongar o tempo em que um material polimérico leva para iniciar seu processo de combustão, uma vez que tornam a transferência de energia entre os compostos mais lenta. Entre eles, os éteres de difenila polibromados (PBDEs) e os óleos vegetais bromados podem ser citados como principais retardantes de chamas existentes.

Os retardantes de chamas podem ser encontrados em travesseiros e colchões, chips de computador, placas eletrônicas, televisores, micro-ondas, videogames, aspiradores de pó, móveis e em tecidos sintéticos. Uma pesquisa mostrou que esses compostos químicos podem levar ao desenvolvimento de diabetes em camundongos que receberam PBDEs de suas mães enquanto estavam no útero e como bebês por meio do leite materno.

Flúor

O flúor, também conhecido como fluoreto, é um elemento químico extremamente reativo que pode ser encontrado na natureza ou em produtos industrializados, como pastas de dente. A presença desse elemento na água potável, por exemplo, pode trazer alguns problemas de saúde na população, principalmente em crianças, onde o excesso de flúor pode causar fluorose dentária.

Além disso, o fluoreto pode alterar as funções endócrinas, especialmente na tireoide (glândula responsável por produzir importantes hormônios ligados ao crescimento e metabolismo) - esse fato mostrou que novas pesquisas são necessárias na área para que haja mais esclarecimentos sobre os riscos do flúor.

VOCs

Os compostos orgânicos voláteis (VOCs) são componentes químicos presentes em diversos tipos de materiais sintéticos ou naturais. Eles se caracterizam por possuírem alta pressão de vapor, o que faz com que se transformem em gás ao entrar em contato com a atmosfera.

A exposição a esse tipo de material pode causar dor de cabeça, alergia cutânea, irritação dos olhos, nariz e garganta, falta de ar, fadiga, tontura e falta de memória. Durante longos períodos de exposição, os compostos orgânicos voláteis podem causar danos ao fígado e ao sistema nervoso central. Além disso, alguns tipos de compostos orgânicos voláteis, como o benzeno, encontrado na fumaça dos cigarros, de carros e em combustíveis, são conhecidos por causar câncer em seres humanos.

Agrotóxicos

Agrotóxicos, também conhecidos como defensivos agrícolas, agroquímicos ou pesticidas, são substâncias químicas, físicas ou biológicas utilizadas no setor agropecuário, especialmente em monoculturas. Apesar de o uso de agrotóxicos auxiliar no aumento da produtividade das lavouras, órgãos como a Organização Mundial da Saúde e a Agência Nacional de Vigilância Sanitária alertam que esses produtos são nocivos ao meio ambiente e à saúde humana, podendo causar intoxicação.

De acordo com o Hospital Israelita Albert Einstein, as intoxicações e o envenenamento são causados por ingestão, aspiração e introdução no organismo, acidental ou não, de substâncias tóxicas de naturezas diversas. Podem resultar em doença grave ou morte em poucas horas se a vítima não for socorrida em tempo.

Cloro

O cloro é um elemento químico puro, encontrado naturalmente em estado gasoso, de cor amarelo-esverdeada. O cloro gasoso é duas vezes e meia mais pesado que o ar, tem um odor sufocante intensamente desagradável e é extremamente venenoso. Em sua forma líquida e sólida, é um poderoso agente oxidante, branqueador e desinfetante.

Os efeitos do cloro na saúde humana dependem da quantidade da substância e da duração e frequência da exposição. Os efeitos também dependem da saúde do indivíduo ou das condições do ambiente quando ocorre a exposição. Mas respirar pequenas quantidades de cloro por curtos períodos de tempo afeta adversamente o sistema respiratório humano. Os efeitos variam de tosse e dor no peito à retenção de água nos pulmões.

HPAs

Os hidrocarbonetos policíclicos aromáticos (HPAs) são compostos produzidos pela queima incompleta de substâncias orgânicas como o carvão, a lenha e a gasolina. A absorção dos HPAs e seus derivados por meio da pele, da respiração e da ingestão, está associada a diversos tipos de câncer em humanos e em animais, incluindo tumores de pele, mama, bexiga, fígado e próstata.

Dioxano

Dioxano ou 1,4-dioxano é um composto orgânico volátil (VOC) pertencente à família dos éteres. Ele pode estar presente em qualquer produto que contenha matérias primas que foram fabricadas usando um processo químico chamado de etoxilação. Nessa reação, feita em altas temperaturas, a matéria prima adquire propriedades tensoativas e é usada para fazer detergentes, emulsionantes e agentes solubilizantes.

Dessa maneira, o dioxano pode ser encontrado, principalmente, em cosméticos e produtos de limpeza. Ele também pode ser encontrado em lacas, tintas e plásticos e como uma impureza em anticongelantes e fluidos para descongelamento. No entanto, estudos mostram que esse composto é um poluente extremamente tóxico e que pode causar diversos danos à saúde humana, como câncer.



Veja também:

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail

Utilizamos cookies para oferecer uma melhor experiência de navegação. Ao navegar pelo site você concorda com o uso dos mesmos. Saiba mais ×