Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

O desodorante contém componentes que podem causar danos à saúde

O desodorante é um produto utilizado nas axilas do corpo humano para ocultar os odores desagradáveis produzidos pelo organismo e liberados pela transpiração.

Mas o que muitas pessoas não sabem é que a transpiração não tem cheiro. O odor desagradável é resultado da decomposição das moléculas de suor e restos celulares pelas bactérias presentes na pele, produzindo ácidos carboxílicos. Um aspecto característico desses compostos é que eles apresentam forte odor.

Além disso, pesquisas mostram que alguns compostos utilizados na produção de desodorantes causam danos à saúde. Saiba mais sobre essas substâncias e os riscos que elas apresentam para o ser humano ao serem utilizadas em desodorantes.

Desodorante ou antitranspirante?

De acordo com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), o desodorante foi criado com o objetivo de remover o odor das axilas. O mau cheiro origina-se da produção de suor pelas glândulas sudoríparas.

Quando exposto à ação de bactérias e fungos, o suor sofre decomposição e se transforma em ácidos carboxílicos, compostos responsáveis pelo odor desagradável.

Diferentemente do desodorante, o antitranspirante foi desenvolvido para controlar a transpiração. O alumínio é o ingrediente ativo encontrado em todos os antitranspirantes. Ao ser aplicado nas axilas, o alumínio forma um gel que entope temporariamente os poros que liberam o suor.

Componentes do desodorante

Triclosan, propilenoglicol, parabenos, fragrância e alumínio são as principais substâncias que compõem o desodorante. Estudos mostram que esses compostos químicos presentes em sua composição pode ser nocivos à saúde. Saiba mais sobre eles e os danos que causam.

Triclosan

O triclosan é um composto capaz de inibir o crescimento de fungos, vírus e principalmente bactérias. Além de fazer parte da composição do desodorante, ele está presente em pastas de dentes, sabão para lavar roupas, antissépticos, itens de primeiros socorros com função antimicrobiana, roupas, brinquedos e plásticos próprios para serem utilizados em alimentos.

O triclosan é conhecido por induzir a resistência bacteriana, retardar o funcionamento dos músculos do corpo humano e por atuar como desregulador endócrino, atingindo hormônios da tireoide. Além disso, esse composto também pode bioacumular em organismos aquáticos, prejudicando toda a cadeia alimentar.

Propilenoglicol

O propilenoglicol é um produto conhecido por possuir várias utilidades. Além de estar presente na composição do desodorante, ele é utilizado em alimentos, medicamentos e em outros produtos químicos.

Entre as suas funções, o propilenoglicol atua como antiaglomerante, anticongelante, hidratante antioxidante e realçador de sabor, emulsificante, umectante e solvente.

No entanto, a utilização frequente de produtos que contém propilenoglicol pode causar irritações de pele, erupções cutâneas e danos ao sistema nervoso central, segundo pesquisas.

Fragrâncias

As fragrâncias, responsáveis por deixarem os produtos cosméticos com um perfume agradável, são resultado da mistura de substâncias químicas com dispersantes, como o dietil ftalato.

Apesar do aroma atraente das fragrâncias, há pesquisas que comprovam que elas causam impactos à saúde se utilizadas com frequência.

A desregulação do sistema endócrino, alergias de pele e câncer são alguns exemplos de danos decorrentes do uso exacerbado de produtos que contém fragrâncias em sua composição, como os desodorantes.

Alumínio

O alumínio é um composto muito presente em produtos cosméticos. Além de fazer parte da composição do desodorante, ele também é encontrado em maquiagens. hidratantes, medicamentos, vacinas e alimentos.

Estudos relacionam o uso de produtos cosméticos que contenham alumínio com o surgimento de câncer de mama, problemas hormonais e doenças degenerativas, como Parkinson e Alzheimer.

Além disso, a utilização de cosméticos que contenha alumínio faz com que o alumínio penetre na pele e atinja o sistema circulatório, causando outros danos à saúde.

Alternativas para o desodorante

Atualmente, existem desodorantes que não incluem substâncias nocivas à saúde em sua composição. No entanto, é indicado que você dê preferência para produtos naturais ou caseiros, como o bicarbonato de sódio e o leite de magnésia. Esses produtos são capazes de neutralizar os ácidos carboxílicos que proporcionam o mau cheiro.

Você também pode adquirir o seu desodorante natural e vegano na Loja eCycle.