Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Nutrição capilar é essencial para manter o cabelo saudável, brilhante e forte

A nutrição capilar é um processo importante para a saúde do cabelo, afinal, ela é responsável pela reposição de lipídios que protegem a fibra capilar do fio desnutrido. Manter o cabelo nutrido também é essencial para que ele consiga reter a sua hidratação de uma maneira eficaz, evitando que ele fique seco, com frizz ou quebradiço.

Pessoas com cabelos cacheados ou crespos costumam aderir à prática da nutrição capilar com mais frequência. Isso porque esses tipos de fios costumam ser mais secos, devido a sua estrutura. 

Qual é a diferença entre nutrição e hidratação?

Fazer a nutrição capilar pelo menos uma vez a cada 15 dias, ou uma vez por semana, vai trazer vida ao seu cabelo, principalmente se você tem problemas na produção de sebo capilar. 

A grande diferença entre a nutrição capilar e a hidratação é que a hidratação ajuda na reposição de água e vitaminas, enquanto a nutrição repõe nutrientes que deixam os fios revitalizados. Os dois trabalham juntos quando se trata de ter um cabelo saudável, afinal, quando combinados, os dois processos conseguem manter os fios brilhantes, macios e sem pontas duplas. 

Quais nutrientes devo usar na nutrição capilar?

Antes de começar seu processo de nutrição capilar, é preciso saber quais os nutrientes essenciais para a saúde de seus fios. Ao procurar produtos, dietas e receitas caseiras de nutrição capilar, certifique-se de que eles têm os seguintes nutrientes:

Ferro

A hemoglobina tem papel fundamental na restauração e no crescimento das células humanas, principalmente quando se trata das células capilares que controlam o crescimento dos fios. O corpo humano só consegue produzir hemoglobinas o suficiente se ele consumir a quantidade correta de ferro. Por isso, a deficiência de ferro pode causar perda de cabelo.

Alimentos ricos em ferro incluem: verduras, grãos, legumes, chocolate amargo, frutas secas e melaço.

Proteína

O cabelo humano é formado por proteínas, ou seja, consumir esse tipo de nutriente é essencial para manter a nutrição capilar. Caso você não obtenha a quantidade necessária de proteína, seu cabelo pode começar a crescer mais devagar e cair com mais facilidade. Afinal, quando o corpo nota a falta de um nutriente, ele para a produção de atividades não tão essenciais, como o crescimento capilar, para que ele continue funcionando. 

Alimentos que são ricos em proteína: aveia, tofu, lentilhas, verduras como espinafre, nozes e sementes

Zinco

O zinco é usado pelo organismo para melhorar o crescimento capilar e reparar os folículos capilares, permitindo a produção correta de sebo nos fios. A deficiência de zinco, assim como o consumo em excesso, está ligado a problemas no couro cabeludo, incluindo a perda do cabelo. Para melhorar sua nutrição capilar com o zinco, o melhor tratamento é consumir os alimentos com esse nutriente.

Alimentos ricos em zinco incluem: espinafre, gérmen de trigo, lentilhas, e sementes de abóbora.

Vitamina C

A vitamina C traz diversos benefícios para o cabelo humano. Isso porque ela trabalha como um antioxidante poderoso que bloqueia a atividade dos radicais livres que impedem o crescimento dos fios e os sinais de envelhecimento. Além disso, ele é importante na produção de colágeno, uma proteína que ajuda a manter a pele e cabelo firmes e elásticos.  

Consumir vitamina C também é importante para facilitar a absorção de ferro no organismo, outro nutriente essencial para nutrição capilar. 

Alimentos ricos em vitamina C incluem: laranja, couve, caju, acerola, manga, pimentão amarelo e mamão.

Vitamina A 

A vitamina A é usada para o crescimento de células no corpo humano, até mesmo no couro cabeludo. Outro fator importante é que a vitamina A mantém a glândula que produz sebo do cabelo em boa forma. O sebo produzido pela glândula é usado pelo organismo para manter o couro cabeludo saudável e o cabelo brilhante. 

Alimentos ricos em vitamina A incluem: cenoura, abóbora, couve e batata doce.

Outras atitudes que podem ajudar na nutrição capilar

O couro cabeludo é uma das últimas partes do corpo humano a receber os nutrientes que são consumidos. Por isso, é  necessário que se mantenha uma alimentação e uma vida saudável, para que não ocorra nenhum tipo de deficiência nutricional que cause problemas como a perda capilar. Outras práticas que você pode adotar para manter a sua nutrição capilar são:

  • Beber bastante água para se manter hidratado;
  • Não passar muito tempo sem comer, para evitar entrar em estado hipoglicêmico;
  • Optar por lanches saudáveis;
  • Variar o seu cardápio alimentar para conseguir todos os nutrientes necessários;
  • Evitar laticínios, eles podem aumentar os sintomas de problemas capilares, como psoríase, eczema e caspa;
  • Fazer hidratação capilar regularmente;
  • Consumir frutas com frequência.

Como fazer a nutrição dos cabelos?

Para além da alimentação saudável, você pode usar alimentos e óleos ricos nesses nutrientes para aplicar ao seu cronograma de nutrição capilar. Algumas pessoas costumam usar óleo essencial de hortelã-pimenta para nutrir todos os tipos de cabelo. 

Para isso, é possível adicionar o óleo de hortelã-pimenta a seus produtos capilares, como shampoos e condicionadores. É importante saber que esse tipo de óleo pode causar irritação ao couro cabeludo, para evitar isso, misture-o com outro óleo carreador. Se quiser saber mais, confira a matéria: “Saiba usar óleo essencial de hortelã-pimenta no cabelo”.

A nutrição capilar também pode ser feita com ingredientes caseiros, usando amido de milho.

Receita de máscara de nutrição capilar com amido de milho

Ingredientes

1 colher de sopa de óleo de coco, ou outros óleos vegetais

1 colher de sopa de açúcar mascavo

½ copo de amido de milho

Modo de preparo

  1. Misture os ingredientes em um pote;
  2. Depois de lavar o cabelo com shampoo, aplique a mistura em todas as mechas de cabelo;
  3. Quando terminar, deixe agir por 30 minutos no cabelo usando uma touca;
  4. Enxague o cabelo e use condicionado;
  5. Deixe secar naturalmente;
  6. Repita esse processo pelo menos uma vez por semana, ou duas vezes caso sofra com cabelo ressecado;