Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

A babosa tem propriedades calmantes, cicatrizantes e é ótima para cuidados com a pele

Babosa é o nome popular pelo qual são conhecidas duas espécies de plantas medicinais, Aloe vera e Aloe succotrina, utilizadas desde a antiguidade para fins medicinais e de beleza. Há cerca de 6 mil anos, os egípcios chamavam a Aloe vera de “planta da imortalidade”. A babosa é muito conhecida por suas propriedades calmantes, cicatrizantes, anestésicas, antitérmicas e anti-inflamatórias, além de ser ótima para hidratar o cabelo e cuidar da pele.

Desde 2011, a Anvisa proíbe a comercialização de sucos ou outros alimentos industrializados contendo Aloe vera. Segundo o parecer técnico da agência, faltam evidências científicas que comprovem a segurança da ingestão de babosa processada e há relatos de reações adversas. Além disso, não há um padrão na composição dos produtos alimentares industrializados a base de Aloe vera, pois existe grande diversidade na forma de plantação, cultivo e extração do gel da babosa. O uso tópico, em cosméticos e aplicações externas, é liberado.

Estudos posteriores, com revisão da literatura acadêmica sobre a babosa, apontam a necessidade de novas pesquisas, já que há fontes que indicam tanto benefícios quanto riscos em relação ao consumo. Em todos os casos, o perigo parece estar no consumo de produtos industrializados que contêm babosa. Além disso, há pessoas que apresentam sensibilidade aos compostos da planta.

Sempre lembrando que, se você tiver suspeita ou um problema sério relacionado ao consumo de babosa, procure orientação médica.

Benefícios da babosa

Alivia prisão de ventre

A babosa ajuda na prisão de ventre e em constipações intestinais, pois possui propriedades laxantes devido ao látex encontrado no gel da planta.

Ajuda a baixar a febre

A planta possui um efeito antitérmico e reduz a temperatura do corpo febril quando é ministrada em uma compressa.

Babosa no cabelo

A babosa no cabelo ajuda protegê-los como se fosse um protetor solar, cuidando do couro cabeludo contra os raios UV. Também evita danos cotidianos causados por clima seco, vento, chuva e oleosidade, deixando o cabelo mais sedoso e brilhante.

Para utilizar babosa no cabelo basta cortar a folha da babosa lateralmente, retirar o gel e aplicar diretamente no cabelo.

Elimina as caspas

Serve no tratamento de caspas e seborreias que atingem o couro cabeludo – para isso é preciso lavar o cabelo com o gel de Aloe vera ou usar produtos que contenham a babosa como ingrediente.

Reduz queda de cabelo

Além de reduzir a queda de cabelo, a babosa pode até evitar a queda completamente.

Uso medicinal da babosa

Trata queimaduras solares

Pode tratar, prevenir ou curar queimaduras solares e é inclusive encontrada em produtos para tratar queimaduras e em protetores solares. Em dúvida sobre o que passar em queimadura de sol? Conheça remédios caseiros e naturais.

Reduz a celulite

Aliada a uma dieta e exercícios, a babosa pode reduzir a celulite.

Trata gripes e resfriados

Por conter propriedades antibióticas, a babosa pode ajudar no tratamento de gripes, resfriados, asma, bronquite e rinite.

Babosa para pele

A babosa na pele atua como um hidratante natural, que deixa a pele mais bonita e previne o envelhecimento.

Combate dores musculares

A babosa tem função anestésica, anti-inflamatória e cicatrizante, uma compressa de babosa pode aliviar dores musculares, dores ósseas, enxaqueca, artrite e reumatismo.

Melhora a saúde digestiva

Por conter ácidos graxos, a planta reduz o inchaço e a irritação do estômago, intestino delgado e cólon, suas propriedades antiácidas auxiliam e previnem a indigestão.

Melhora a imunidade do organismo

A planta aumenta a produção de linfócitos T e melhora a imunidade do organismo, ajudando a combater infecções.

Alivia problemas bucais

A polpa da babosa alivia feridas como aftas, gengivites e estomatites.

Controla o colesterol

Tem uma função ativadora da circulação sanguínea, removendo o excesso de gordura das artérias e ajudando a controlar os níveis de colesterol.

Para que serve a babosa?

Ainda em dúvida sobre os benefícios que a babosa pode trazer para o seu dia a dia? Selecionamos mais algumas formas de usar a babosa como remédio natural:

Combate pedra nos rins

A babosa tem ação desintoxicante e elimina as toxinas, ativando as funções dos rins e do fígado.

Efeitos relaxantes para o corpo

A planta possui propriedades anestesiantes que relaxam os músculos da cabeça – na hora de lavar os cabelos com babosa é só massageá-los, não esquecendo de massagear também o couro cabeludo para obter um efeito antiestresse.

Babosa ajuda a emagrecer

A babosa contém propriedades depurativas e pode ajudar na perda de peso, mas apenas se estiver aliada a uma dieta balanceada e à prática de exercícios.

Antirrugas natural

O gel da babosa é um ótimo hidratante natural que pode ser utilizado na pele e serve também como antirrugas.

Alivia a irritação cutânea

O gel da babosa alivia a irritação cutânea após depilações com cera ou lâminas.

Cicatrização rápida com babosa

Utilizar babosa faz com que as feridas cicatrizem mais rápido, assim como espinhas e acnes.

Babosa acaba com a dor de cabeça

O gel da babosa e algumas gotas de óleo essencial de menta aplicados nas têmporas e na nuca com movimentos circulares aliviam as dores de cabeça.

Contraindicações do uso de babosa

Não há contraindicações sobre o uso externo da babosa e qualquer pessoa pode utilizá-la, inclusive crianças. Só há problemas em casos de alergia, o que também é muito raro.

Já a ingestão de aloe vera é contraindicada para crianças, mulheres grávidas e durante a amamentação, para pessoas que tenham inflamação no útero e no ovário, hemorroidas, fissuras anais, varizes, pedra na bexiga, cistite, disenterias, nefrite, apendicite e prostatite.

A Anvisa proíbe a comercialização de produtos com babosa para consumo. Algumas pessoas podem sentir efeitos colaterais como cólicas e diarreia – se começar a sentir estes sintomas, interrompa o uso da babosa imediatamente e procure ajuda médica.