Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Goji berry é uma fruta pouco conhecida, mas apresenta diversos benefícios à saúde

Imagem editada e redimensionada ivabalk por Pixabay
Goji berry, uma planta de nome científico Lycium barbarum L., é uma espécie pertencente à família Solanaceae — a mesma da berinjela e do pimentão — e uma das frutas mais conhecidas e admiradas na Ásia, utilizada pela tradicional medicina chinesa por mais de 2 mil anos. O goji berry é considerado um dos frutos que mais proporcionam benefícios à saúde. Muito utilizado pelos chineses como parte da dieta alimentícia, o goji berry é comumente consumido junto com outros alimentos e serve como suplemento, podendo ser adicionado a sopas, chás e até mesmo na produção de vinhos.

Goji berry: benefícios para a saúde

O goji berry é rico em nutrientes e compostos bioativos, o que lhe rende a classificação de superfruta – saiba mais na matéria “Os superalimentos são realmente super?“. Além disso, ele possui ação antioxidante, anticâncer e é imunoestimulante.

Um estudo publicado pelo National Center for Biotechnology Information aponta os diversos benefícios que o goji berry pode fornecer à saúde:

  • Retarda o envelhecimento precoce;
  • Aumenta a sensação de bem-estar;
  • Melhora a função sexual;
  • Aumenta a imunidade;
  • Ajuda a prevenir doenças cardiovasculares;
  • Ajuda a diminuir os índices de colesterol;
  • Previne o câncer;
  • Combate a artrite;
  • Ajuda a fortificar os ossos;
  • Ajuda a proteger a pele dos danos do sol.

    Goji berry emagrece?

    goji berry
    Imagem editada e redimensionada de Angela Pham, por Unsplash

    Comumente, comenta-se sobre a ideia de que goji berry emagrece, mas é preciso ter atenção em relação a essa propriedade. É verdade que o goji berry possui apenas 50 calorias por colher de sopa, mas a fruta não deve ser consumida em exagero.

    Além disso, a ingestão em conjunto com ingredientes industrializados, repletos de gordura não saudável, sódio, açúcar e conservantes também não é o ideal.

    Para que a fruta realmente auxilie na perda de peso e em um estilo de vida mais saudável, ela deve estar associada à alimentação balanceada, juntamente com o hábito de praticar exercícios físicos. Por ser estimulante, ela proporciona uma vontade maior de se exercitar – o que pode ajudar no emagrecimento.

    Segundo o Journal of Alternative and Complementary, o consumo diário de goji berry proporciona o aumento do nível de energia e a capacidade de concentração. Ele pode melhorar, ainda, o desempenho atlético, a qualidade do sono e a facilidade de despertar.

    Goji berry: propriedades

    O goji berry é composto por cerca de 15% de proteínas, que são formadas por 19 aminoácidos. Destes, oito fazem parte dos chamados aminoácidos essenciais, que são aqueles que o corpo humano não consegue produzir e precisa obter por meio da dieta.

    Dois exemplos de aminoácidos essenciais presentes no goji berry são a isoleucina e o triptofano (que atua na produção de serotonina). Ambos estão relacionados com as sensações de bem-estar, alegria e satisfação.

    Também estão presentes na composição do goji berry diversos minerais, como zinco, ferro, cobre, cálcio, selênio e fósforo. O beta-caroteno é encontrado em concentrações até maiores que na cenoura. Outras substâncias importantes presentes no goji berry são: antocianinas, que são anti-inflamatórias e cardioprotetoras, luteína e zeaxantina, que protegem os olhos da degeneração macular.

    Outros fatores que fazem do goji berry um aliado para a saúde é a alta concentração de vitaminas — há 2500 mg de vitamina C a cada 100 gramas da fruta — e a presença de vitaminas B1, B2, B6 e E.

    O composto bioativo beta-sisterol também está presente e é muito importante por sua ação anti-inflamatória, por ajudar a equilibrar os níveis de colesterol, e é utilizado no tratamento de impotência sexual e equilíbrio da próstata. Já a ciperona, também contida no alimento, regula a tensão arterial, alivia o desconforto menstrual, protege a célula em nível de DNA e é usada nos transtornos da hepatite B.

    Como consumir goji berry

    A nutricionista Patricia Davidson Haiat, da Universidade Federal do Rio de Janeiro, indica que o consumo de goji berry deve ser de duas colheres de sopa por dia (de 6–15 gramas). A fruta pode ser misturada a outras frutas, saladas, cereais, sucos e iogurtes.

    O goji berry pode ser encontrado para consumo em versão desidratada, em pó ou apenas como extrato em cápsulas. Ainda não foram conduzidos muitos estudos sobre a fruta, mas por enquanto não há efeitos colaterais conhecidos da ingestão diária moderada de goji berry. Com exceção de alguns casos registrados de reações alérgicas, o consumo de goji berry é considerado seguro.

    Confira abaixo uma receita fácil de mousse de iogurte com goji berry:

    Ingredientes

    • ½ xícara (chá) de goji berry desidratado;
    • 1 pote de iogurte natural de leite de coco;
    • 1 caixinha de creme de leite de soja (200g);
    • 2 envelopes de gelatina ágar-ágar sem sabor;
    • 1 xícara (chá) de leite de coco;
    • 10 colheres (sopa) de açúcar demerara.

      Modo de preparo do mousse de goji berry

      1. Deixe o goji berry na água por 30 minutos;
      2. Dissolva 1 pacote da gelatina em 300 ml de água, baixe o fogo e misture o goji berry e 3 colheres (sopa) de açúcar mascavo;
      3. Bata os outros ingredientes com 2 colheres (sopa) de açúcar até conseguir uma mistura homogênea;
      4. Distribua as gelatinas em taças e despeje a mistura cremosa;
      5. Deixe na geladeira por 5 horas. Sirva gelado.
        • Rendimento: 9 porções
        • Tempo de preparo: 50 minutos
        • Calorias: 130 por porção

          Você pode cultivar a árvore de goji berry na sua casa, comprando a semente, mudas e até árvores mais crescidas, para serem plantadas no jardim ou em vasos pequenos.

          Na China, cada muda de goji berry produz, em média, 2 quilos por ano e, para colher o fruto, a demora é, em média, de dois anos. As mudas de goji berry costumam ter um preço acessível e a árvore deve ser plantada em locais com sombra.

          Se o cultivo for dentro de casa, você deve garantir a luminosidade natural para as folhas crescerem. Assim, além de ter em casa uma fruta que vai te fornecer diversos benefícios, ela será orgânica e livre de agrotóxicos.


          Fontes: Healthline e Sutter Health


          Veja também: