Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Rabanete é uma raiz cheia de benefícios a saúde encontrada nas mais diversas formas e cores

Rabanete é um vegetal que costuma ter cor de pele variável e um sabor mais ou menos picante e apimentado. Ele tem diversos tipos de formas, desde as mais arredondadas até grandes e pontudas.

Acredita-se que o rabanete é nativo do sudeste asiático ou da Ásia central. Civilizações gregas e romanas costumavam utilizar do rabanete para preparação de pratos e de remédios caseiros, há aproximadamente 2.500 anos. O alcance do rabanete no resto do mundo surgiu há cerca de mil anos, quando as pessoas começaram a plantar o vegetal e encorajar outros indivíduos a fazerem o mesmo. 

O rabanete se apresenta nos mais diversos tipos de cores, sendo elas: branco, vermelho, preto, amarelo, rosa e roxo. O rabanete vermelho, também chamado de rabanete redondo, é uma das variantes mais conhecidas dessa raiz. Porém, existem outras versões, como o rabanete japonês, que é de cor branca e se assemelha a uma cenoura. 

Apesar de o rabanete vermelho ser o mais comum nos supermercados, variantes como o rabanete melancia, têm ganhado mais espaço entre o gosto popular. Assim como o próprio nome faz referência, o rabanete melancia tem uma cor verde por fora e vermelha em seu interior. 

Valor nutricional

Comparado a outros vegetais com alto teor nutricional, as folhas verdes por exemplo, o rabanete tem tantos nutrientes quanto. Ele  é capaz de ajudar na cura de condições como garganta inflamada, problemas no fígado e inflamação. O uso medicinal do rabanete é encorajado dentro da medicina tradicional chinesa e da Ayurveda.

Confira o perfil nutricional de um copo de rabanete cortado ainda cru (116 gramas):

Calorias: 19

Proteínas: 0.8 gramas

Carboidratos: 4 gramas

Fibra: 1.9 gramas 

Gordura: 0.1 gramas

Principais vitaminas e minerais 

Folato: também é conhecido como vitamina B, consegue sintetizar as células brancas e vermelhas de sangue e é essencial para o processo de criação de DNA e RNA;

Potássio: o mineral regula e mantém os fluidos do corpo em equilíbrio, enquanto presta suporte de atividade elétrica ao coração. Além disso, ele auxilia na função de todo o sistema nervoso;

Vitamina C: esse tipo de vitamina está relacionada a muitas atividades importantes do corpo e pode ajudar com a formação de colágeno e fortalecimento das paredes das veias;

Vitamina B6: uma vitamina solúvel na água, também chamada de piridoxina, que é necessária para o funcionamento de diversas enzimas do corpo, principalmente aquelas que trabalham com o metabolismo. 

Benefícios 

Reduz riscos de diabetes

Químicos como glucosinolato e isotiocianato fazem parte da composição do rabanete, e por isso, ele consegue ajudar a regular os níveis de açúcar no sangue. O consumo de rabanetes também aumenta a produção natural de adiponectina no corpo, e níveis elevados deste hormônio conseguem proteger a pessoa de resistência à insulina.

Por fim, rabanetes são ricos com a coenzima Q10, um antioxidante responsável por bloquear a formação de diabetes. 

Ajuda na digestão

Por ter uma grande quantidade de fibras, o consumo de rabanete diariamente pode fornecer a quantidade necessária para se ter um sistema digestivo funcional. Além disso, o consumo de rabanetes ajuda na prevenção de constipação, refluxo e úlceras gástricas. 

Por sua composição de fibras, ele também é ótimo para regular a produção de bile, proteger o fígado, a vesícula biliar e cuidar da retenção de líquidos.

Aumenta a imunidade

A vitamina C presente no rabanete ajuda a proteger o sistema imunológico de resfriados e gripes. Por melhorar o funcionamento do sistema, o consumo de rabanetes, feito de forma regular, controla o desenvolvimento de radicais livres, inflamação e envelhecimento precoce. 

Faz bem para pele

A junção de vitamina C, zinco e fósforo presentes em um copo de suco de rabanete é perfeita para deixar sua pele com uma aparência mais saudável.  Além disso, esses nutrientes do rabanete conseguem diminuir a acne, erupção cutânea e pele seca. A pasta feita a partir de rabanete é um bom produto para adicionar à sua rotina de skincare.

Essa pasta também pode ser aplicada ao cabelo, ajudando a remover a caspa, prevenir a queda de fios e fortalecer a raiz.

Melhora cardiovascular

Uma alimentação que utiliza bastante rabanete pode ser perfeita para melhorar a saúde cardiovascular. Isso porque os nutrientes presentes no vegetal, como antioxidantes, cálcio e potássio, conseguem diminuir a pressão sanguínea e reduzir os riscos de doenças cardiovasculares. O rabanete também é uma ótima fonte de nitrato, que ajuda a melhorar o fluxo sanguíneo.  

Previne o câncer 

O glucosinolato, presente na composição do rabanete, é um composto que contém enxofre. Ele é responsável por proteger as células de mutações genéticas que podem causar câncer. Ele também pode eliminar celular que tem potencial para se tornarem células cancerígenas no futuro. 

Ajuda no combate a fungos e bactérias

O Candida albicans é um dos fungos que mais são achados no corpo humano, sendo um dos mais difíceis de se tratar. O desequilíbrio do organismo pode aumentar a população desse fungo e levar a infecções vaginais e orais. O rabanete contém compostos anti fungos que podem ter ação contra os efeitos do Candida albicans.

Receita com rabanete

Rabanete assado com mostarda

Ingredientes

  • 1 maço de rabanete (cerca de 10 unidades)
  • 1 colher (chá) de mostarda de Dijon
  • azeite a gosto
  • cebolinha fatiada a gosto
  • sal e pimenta-do-reino a gosto
  1. Preaqueça o forno a 240 ºC (temperatura alta);
  2. Lave bem os rabanetes sob água corrente. Seque, retire os talos e corte o rabanete ao meio. Unte uma assadeira com azeite, espalhe as metades de rabanete com a parte cortada para baixo. Depois regue com um pouco mais de azeite e tempere com sal e pimenta-do-reino;
  3. Deixe assar no forno por 15 minutos. Depois disso, vire cada rabanete com uma espátula e deixe assar por mais cinco minutos. Enquanto ele assa, misture a mostarda com ½ colher de chá de azeite;
  4. Assim que os rabanetes estiverem prontos, transfira-os para uma tigela e misture com a mostarda, enquanto ainda estão quentes. Decore tudo com cebolinha picada e sirva.