Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Uva-passa é controversa, mas faz bem! Confira por que você deveria incluir a fruta na sua rotina alimentar

A uva-passa é um dos alimentos mais versáteis – e polêmicos – da mesa do cidadão brasileiro. Alvo de piadas em rodas de conversa e memes nas redes sociais pela abundância com que aparece nas festas de fim de ano, a fruta reúne defensores e detratores na mesma proporção. Amada ou odiada, no entanto, a uva-passa é fonte inegável de minerais e vitaminas que proporcionam inúmeros benefícios para a saúde.

Resultado da secagem e desidratação da uva in natura, a uva-passa é facilmente encontrada, em diversas cores, no Brasil. O processo de secagem torna as propriedades da uva mais concentradas – ou seja, mais densas tanto em nutrientes, como em açúcares e calorias. Por isso, deve ser consumida com moderação, especialmente se você é diabético ou está de olho na balança.

As passas se originaram no Oriente Médio antes de seguirem para a Europa, onde eram especialmente populares entre os gregos e romanos. Já foram usadas como moeda, como prêmios em eventos esportivos e para tratar doenças como intoxicação alimentar. A uva-passa é um lanche popular em dietas para substituir sobremesas açucaradas e chocolates, graças ao seu sabor doce bem acentuado, capaz de saciar o “desejo” de açúcar.

Ricas em fibras, vitaminas e minerais, as passas são fonte de ferro, potássio, cobre, vitamina B6, manganês e boro, um mineral que ajuda a manter a saúde dos ossos e das articulações, além de acelerar a cicatrização de feridas e melhorar o desempenho cognitivo. Graças às suas propriedades, a uva-passa pode contribuir para prevenção de anemia, doenças cardiovasculares e prisão de ventre. Você pode consumir a própria fruta ou adicioná-la a cereais, granola, iogurte, cookies, pães, bolos e sobremesas.

O uso mais controverso deste fruto seco é nos pratos salgados, como saladas, maionese e arroz, para dar um toque agridoce à refeição. Há quem ame, há quem odeie – mas é quase impossível não dar de cara com pelo menos um prato à base de passas nas ceias natalinas. Se você é do “time uva-passa”, lembre-se que o ideal é restringir o consumo a duas colheres de sopa por dia, porque a fruta contém alto teor de carboidratos, calorias e açúcares, podendo causar picos de glicose no sangue.

8 razões para incluir a uva-passa na sua rotina alimentar

1. Tem alto teor de fibras

As fibras ajudam na digestão e a manter o corpo saciado por mais tempo, retardando o esvaziamento do estômago. Por isso, em poucas quantidades, as uvas-passas podem ser aliadas na perda de peso. As fibras também auxiliam na redução do colesterol ruim.

2. É fonte de ferro

O ferro é importante para a produção de glóbulos vermelhos e para ajudá-los a transportar oxigênio para as células do corpo. O consumo adequado de ferro previne problemas como a anemia.

3. Contém cálcio e boro

O cálcio é essencial para manter os ossos e os dentes fortes, ajudando a prevenir a osteoporose. Já o boro atua, em parceria com a vitamina D e o cálcio, promovendo a saúde das articulações saudáveis.

4. É rica em antioxidantes

A uva-passa é uma boa fonte de fitonutrientes, como fenóis e polifenóis. Esses antioxidantes ajudam a combater os radicais livres, prevenindo danos às células, câncer, doenças do coração e derrame, além de evitar o envelhecimento precoce.

5. Elimina toxinas

As passas contêm potássio e magnésio, que ajudam a reduzir a acidez e a remover as toxinas do organismo, prevenindo doenças como artrite, gota, cálculos renais e doenças cardíacas.

6. Trata infecções

A uva-passa contém fitonutrientes polifenólicos, conhecidos como antioxidantes anti-inflamatórios. Eles têm propriedades antibacterianas que ajudam a diminuir o risco de febre e a matar as bactérias nocivas. Comer uma pequena quantidade diária ajudará você a se manter livre de resfriados e outras infecções semelhantes.

7. Aumenta a libido

As uvas-passas contêm um aminoácido denominado arginina, que aumenta a libido e induz a excitação. Por isso, são aliadas no tratamento de disfunção erétil.

8. Mantém a saúde da visão

Os fitonutrientes polifenólicos antioxidantes presentes na uva-passa ajudam a manter a visão saudável, reduzindo a ação dos radicais livres e prevenindo degeneração celular e catarata. Além disso, as passas têm vitamina A, beta-caroteno e A-carotenóide, que também auxiliam na saúde dos olhos.



Veja também: