Como acabar com caspa com oito remédios caseiros

eCycle

Se você está evitando produtos sintéticos, confira oito remédios caseiros para acabar com caspa

como acabar com caspa
Imagem editada e redimensionada de Kal Visuals, está disponível no Unsplash

Como acabar com caspa é uma busca frequente, pois esse problema afeta até 50% das pessoas. Tudo começa com uma coceira no couro cabeludo e descamação. Mas a caspa também pode apresentar outros sintomas como manchas gordurosas no couro cabeludo e formigamento na pele.

Problemas relacionados à caspa incluem pele seca, dermatite seborreica, sensibilidade a produtos capilares e o crescimento de um tipo específico de fungo que vive no couro cabeludo (confira aqui estudos a respeito: 1, 2).

Se você está evitando produtos sintéticos, confira oito remédios caseiros para acabar com caspa:

1. Óleo essencial de melaleuca

Tradicionalmente, o óleo essencial de melaleuca tem sido usado para tratar desde acne à psoríase.

De acordo com estudo publicado na plataforma PubMed, o óleo essencial de melaleuca tem propriedades antimicrobianas e anti-inflamatórias, que podem ajudar a aliviar os sintomas da caspa.

Outro estudo mostrou que o óleo essencial de melaleuca tem a propriedade de combater à cepa específica do fungo que pode causar tanto a dermatite seborreica quanto a caspa.

Uma análise de quatro semanas mostrou que 41% das pessoas com caspa tratadas com xampu contendo 5% de óleo essencial de melaleuca apresentaram melhoras no sintomas.

Mas se você está pensando em aplicar o óleo essencial de melaleuca, faça o teste de alergia na parte inferior do antebraço. Se você sentir irritação com algumas gotas, retire com óleo de coco, óleo de semente de uva, óleo de amêndoas ou outro óleo neutro como o azeite.

Você pode usar o óleo de coco como óleo carreador, aplicando cinco gotas de óleo essencial de melaleuca em uma colher de sopa de óleo de coco.

Conheça mais benefícios do óleo essencial de melaleuca na matéria: "Óleo essencial de melaleuca: para que serve?".

2. Use o óleo de coco

Bem conhecido por seus múltiplos benefícios para a saúde, o óleo de coco também pode ser usado como um remédio natural para acabar com caspa.

O óleo de coco pode ajudar a melhorar a hidratação da pele e prevenir o ressecamento, que piora a caspa.

Um estudo realizado com 34 pessoas mostrou que o óleo de coco foi tão eficaz quanto o óleo mineral na melhora da hidratação da pele.

Outra pesquisa descobriu que o óleo de coco pode ajudar no tratamento de eczema, uma condição da pele que pode contribuir para o aparecimento da caspa.

Os resultados do estudo mostraram que a aplicação de óleo de coco na pele por oito semanas reduziu os sintomas de eczema em 68%, comparado a apenas 38% do grupo que usou óleo mineral.

O óleo de coco também tem propriedades antimicrobianas, apesar dos efeitos sobre os fungos que causam a caspa não terem sido examinados (confira aqui os estudos a respeito: 2, 3).

3. Aplique babosa

A babosa, também chamada de Aloe vera, é uma planta encontrada com frequência na composição de pomadas, cosméticos e loções.

Quando aplicada na pele, ela ajuda a tratar problemas de pele como queimaduras, psoríase e herpes labial (confira aqui estudo a respeito: 4).

De acordo com uma revisão, a Aloe vera possui propriedades antibacterianas e antifúngicas que ajudam a acabar com a caspa.

Outros descobriram que a babosa é eficaz contra várias espécies de fungos, pode ajudar a controlar infecções fúngicas que causam a perda de cabelo e combate inflamações (confira aqui os estudos a respeito: 5, 6).

4. Evite se estressar

Acredita-se que o estresse impacta muitos aspectos da saúde e do bem-estar, podendo influenciar desde condições crônicas até a saúde mental (confira aqui estudo a respeito: 7).

Embora o estresse em si não cause caspa, pode agravar sintomas como ressecamento e coceira (confira aqui estudo a respeito: 8).

Passar estresse a longo prazo pode suprimir a atividade do sistema imunológico (confira aqui estudo a respeito: 9).

Um sistema imunológico enfraquecido pode reduzir a capacidade do corpo de combater algumas infecções fúngicas e doenças da pele que contribuem para a caspa.

Um estudo realizado com 82 pessoas com dermatite seborreica, uma das causas mais comuns de caspa, mostrou que a maioria dos episódios de dermatite foi precedida por um evento de vida estressante.

Para reduzir os níveis de estresse, tente algumas técnicas como meditação, ioga, respiração profunda ou aromaterapia.

5. Experimente o vinagre de maçã

O vinagre de maçã tem sido associado a uma variedade de benefícios para a saúde, incluindo a melhorar a sensibilidade à insulina e ajudar a perder peso (confira aqui estudos a respeito: 10, 11).

Mas ele também pode ajudar a acabar com a caspa, pois equilibra o pH da pele reduzindo o crescimento de fungos (confira aqui os estudos a respeito: 12, 13).

6. Aumente a ingestão de ômega-3

Ácidos graxos ômega-3 desempenham um papel importante no corpo. Eles são cruciais para o funcionamento do coração, do sistema imunológico, dos pulmões e ajudam a hidratar a pele, contribuindo para a cicatrização de feridas e prevenção do envelhecimento precoce (confira aqui estudos a respeito 14, 15).

Uma deficiência de ácidos graxos ômega-3 pode causar uma série de sintomas, incluindo cabelos secos, pele seca e até mesmo caspa (confira aqui estudo a respeito: 16).

Os ácidos graxos ômega-3 também podem reduzir a inflamação, o que pode ajudar a aliviar a irritação e acabar com caspa (confira aqui estudo a respeito: 17).

Alimentos ricos em ômega-3, como sementes de linhaça, sementes de chia e nozes são fontes de ômega-3. Confira quais são os alimentos ricos em ômega-3 na matéria: "Alimentos ricos em ômega 3, 6 e 9: exemplos e benefícios". Mas, cuidado, ômega 3 em excesso pode fazer mal.

7. Coma mais probióticos

Os probióticos são micro-organismos benéficos para a saúde, protegendo o organismo de alergias, níveis altos de colesterol e obesidade (confira aqui estudos a respeito: 18, 19).

Eles também podem ajudar a melhorar a função imunológica, o que pode contribuir para acabar com infecções fúngicas que causam a caspa (confira aqui estudo a respeito: 20).

Um estudo mostrou que tomar probióticos por 56 dias reduziu significativamente a gravidade da caspa em 60 pessoas.

Os probióticos também mostraram ajudar a diminuir os sintomas de doenças da pele, como eczema e dermatite, especialmente em bebês e crianças (confira aqui estudos a respeito: 21, 22, 23).

Os probióticos estão disponíveis em forma de suplemento, mas o ideal é obtê-los por meio de alimentos probióticos como kombuchá, kimchi, tempeh, chucrute e natto. Saiba mais sobre eles na matéria: "O que são alimentos probióticos?".

8. Use bicarbonato de sódio

Acredita-se que o bicarbonato age como um esfoliante suave removendo as células mortas da pele, a descamação e a coceira. Ele também possui propriedades antifúngicas que podem ajudar a acabar com a caspa.

Um estudo mostrou que que o bicarbonato de sódio inibiu completamente o crescimento de fungos em 79% das amostras após sete dias.

Outro estudo, que analisou os efeitos do bicarbonato de sódio em 31 pessoas com psoríase, mostrou que ele reduziu significativamente a coceira e a irritação após três semanas.

Para conhecer mais benefícios e como não usar o bicarbonato de sódio, dê uma olhada nas matérias: "As diversas utilidades do bicarbonato de sódio" e Seis usos incorretos do bicarbonato de sódio".


Adaptado de PubMed e Healthline

Veja também:


 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail