Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Tontura é uma nomenclatura que abrange uma série de sintomas e sensações como fraqueza, desmaio, instabilidade e cansaço. Esta condição faz com que o indivíduo tenha a falsa sensação que ele e tudo que está ao seu redor está se movendo e girando. O nome dado para essa sensação é vertigem.

Sintomas

A tontura não é uma doença, e sim um sintoma que pode ocorrer como resultado de diversos problemas de saúde. Essa sensação afeta órgãos sensoriais, como os olhos e o ouvido, o que pode fazer com que a pessoa acabe desmaiando. A presença frequente de tontura pode afetar significativamente a vida do indivíduo e ainda apontar para um diagnóstico médico mais grave. 

Existem dois sintomas diferentes que podem causar a sensação de tontura, que é caracterizada pela fraqueza e quase desmaio. Eles são:

Vertigem: o indivíduo sente que ele e as coisas ao seu redor estão girando e se movendo. Ela também pode causar enjoos e a sensação de estar se inclinando para um lado.

Desequilíbrio: é a perda de equilíbrio que afeta a balança corporal. 

Além disso, é possível sentir instabilidade, sensação de flutuação e cabeça pesada. Ao levantar ou andar, a pessoa pode fazer com que esses sintomas fiquem pior. Mexer a cabeça de forma bruta também pode acabar piorando o quadro. A tontura pode vir acompanhada de náusea e pode durar de minutos até dias.

Possíveis causas 

Existem diversas causas possíveis para a tontura, desde efeitos colaterais de medicação até mesmo doenças que causam perturbação do ouvido interno. Algumas causas são momentâneas, e podem ocorrer apenas durante um curto período de tempo. Enquanto outras vêm como decorrência de diagnósticos de doenças e podem acontecer de maneira recorrente. 

Doença celíaca

A doença celíaca é uma intolerância permanente ao glúten, uma patologia autoimune (ocorre quando o sistema imunológico ataca e destrói tecidos saudáveis do corpo por engano) congênita que causa danos ao intestino delgado quando o indivíduo ingere glúten, causando má absorção de nutrientes e outros sintomas.

O glúten pode causar uma inflamação generalizada no organismo e como consequência desta a pessoa com doença celíaca pode apresentar tontura. 

Desidratação ou superaquecimento

Uma pessoa que está em um lugar com temperaturas muito altas, ou que não bebe muita água regularmente, pode experienciar tontura. Isso porque a tontura é um dos sintomas de condições como desidratação ou hipertermia – condição na qual o corpo humano apresenta aumento significativo na temperatura corporal. 

Envenenamento por monóxido de carbono

Os sintomas do envenenamento por monóxido de carbono se assemelham aos da gripe. Entre eles estão a dor de cabeça, tontura, fraqueza, estômago irritado, vômito, dor no peito e confusão. 

Medicamentos 

Certos medicamentos apresentam tontura como um de seus efeitos colaterais. Entre eles estão os antidepressivos, anticonvulsivos, sedativos e tranquilizantes. Em geral, qualquer medicamento que reduz a pressão sanguínea pode causar sintomas de tontura e desmaio. 

Baixo nível de ferro no corpo (anemia)

Uma pessoa com diagnóstico de anemia e que tem uma alimentação pobre em ferro também pode apresentar sintomas de tontura, fadiga, fraqueza e pele pálida. 

Baixo açúcar no sangue (hipoglicemia)

Essa condição costuma acontecer com frequência em pessoas com diabetes que utilizam insulina. A tontura pode vir acompanhada de suor e ansiedade. 

Transtorno de ansiedade  

Quem sofre de algum tipo de transtorno de ansiedade pode acabar tendo quadros de vertigem ou tontura. Estes sintomas aparecem principalmente quando o indivíduo está tendo ataques de pânico, sofrendo do medo de sair de casa ou estar em lugares com muitas pessoas, um tipo de  medo também conhecido como agorafobia. 

Condições neurológicas 

Alguns transtornos neurológicos apresentam a tontura e a perda de equilíbrio corporal como sintomas. Essas doenças podem ser a de Parkinson ou esclerose múltipla.

Problemas de circulação que causam tontura

A tontura pode ocorrer também quando o coração não está bombeando sangue o suficiente para o cérebro humano. Desta maneira, existem dois problemas de circulação que podem causar essa sensação.

Má circulação sanguínea

A cardiomiopatia, ataque cardíaco, arritmia cardíaca e ataque isquêmico transitório podem causar sintomas de tontura no ser humano. 

Queda de pressão sanguínea

Caso ocorra uma queda drástica na pressão sanguínea arterial, o indivíduo pode apresentar tontura breve ou sensação de desmaio. Isso pode acontecer caso a pessoa se levanta muito rápido ou se sente de forma repentina. 

Problema do ouvido interno que causam tontura

Para falar sobre tontura em casos de doenças no ouvido interno, é preciso saber que o equilíbrio corporal depende de várias partes do sistema sensorial. Os órgãos sensoriais que são essenciais para controlar o corpo são os olhos, os nervos sensoriais e o ouvido interno. 

O ouvido interno tem como função auxiliar a detectar a gravidade e o movimento de ir e vir do corpo.  Quando uma pessoa possui algum tipo de transtorno nessa região, o cérebro recebe sinais confusos do ouvido interno, que não batem com aquilo que os olhos e os nervos sensoriais estão captando. A tontura acaba acontecendo enquanto o cérebro tenta resolver a situação. 

Vertigem posicional paroxística benigna (BPPV)

Essa condição acontece quando a pessoa tem rápidas mudanças no movimento da cabeça, seja por se mover rápido demais ou apenas por se virar. O indivíduo irá sentir uma leve e falsa sensação de que o mundo ao seu redor está em movimento, e que ele está girando. 

Infecção

Existe uma infecção chamada neurite vestibular, que ocorre no nervo vestibular do ouvido, e pode causar tontura intensa e constante. Caso você também apresente perda de audição regularmente, isso pode ser um sinal de labirintite. Acompanhamento médico é necessário.

Doença de Ménière

A doença de Ménière é causada por uma acumulação excessiva de fluido no ouvido interno. O indivíduo diagnosticado com essa doença vai apresentar episódios súbitos de tontura e também pode ter perda auditiva flutuante, zumbido no ouvido ou sensação de ouvido tapado.

Enxaqueca

Pessoas que sofrem com enxaqueca costumam ter episódios de vertigem ou outros tipos de tontura até mesmo quando não estão tendo dor de cabeça. A tontura pode durar horas ou minutos e também pode estar ligada a dor ou a sensibilidade ao som. 

Quando buscar ajuda médica

Alguns episódios de tontura podem ser resolvidos de forma prática. Como quando se tontura por desidratação em um dia muito quente ou em um dia que você não se alimentou de nada. Para melhorar os sintomas, basta se hidratar e alimentar da forma correta, descansar e tomar muito cuidado quando for voltar às atividades normais. 

No entanto, em certas situações a sensação de tontura é constante e não pode ser resolvida de maneira simples sem um acompanhamento médico. Quando você passa a apresentar outros sintomas, como doenças do ouvido interno ou problemas de circulação, é preciso buscar ajuda de um profissional de saúde.

Assim, o médico irá analisar o seu quadro de saúde para descobrir o diagnóstico certo, e logo encaminhar o tratamento adequado.

Conte ao seu médico caso você passe pelas seguintes situações enquanto estiver com tontura:

  • Ferimento na cabeça;
  • Dor de cabeça;
  • Dor no pescoço;
  • Febre alta;
  • Visão embaçada;
  • Perda de audição;
  • Dificuldade de fala;
  • Entorpecimento ou formigueiro;
  • Sonolência dos olhos ou da boca;
  • Perda de consciência;
  • Dor no peito;
  • Vômito contínuo.

Todas essas situações podem significar um problema sério de saúde e devem ser acompanhadas com cautela. 

O que fazer em casos de tontura

É preciso tomar muito cuidado quando se tem um episódio de tontura. Afinal, dependendo da ocasião o indivíduo pode acabar causando um acidente ou até mesmo se machucar. Por isso, é preciso ficar de olho nos sintomas, e evitar dirigir ou qualquer outra atividade que pode acarretar em acidentes

Ao sentir tontura você pode:

  • Se sentar ou deitar assim que sentir os sintomas até eles irem embora. O que pode ajudar a evitar quedas ou machucados;
  • Usar uma bengala ou cadeira de rodas enquanto o episódio de tontura não vai embora;
  • Se segurar em corrimãos ao subir e descer escadas;
  • Evitar mudar de posição de forma súbita;
  • Evite tomar cafeína, álcool ou usar tabaco pois essas substâncias pioram a sensação de tontura;
  • Beba água e fique em algum lugar bem ventilado.