Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Imagem de Anh Nguyen em Unsplash

Alimentos que causam enxaqueca podem ser mais comuns do que você imagina! Enquanto alguns alimentos podem ajudar a aliviar as crises de enxaqueca, outros, ao contrário, pioram e muito o problema. Mas, às vezes, é difícil reconhecer os gatilhos no meio de tudo o que bebemos e comemos ao longo do dia.

De acordo com Vincent Martin, professor do Departamento de Medicina Interna da Universidade de Cincinnati, em entrevista ao portal Just Naturally Health, alimentos processados e álcool são potenciais gatilhos para dores de cabeça. Os nitritos e nitratos presentes em carnes processadas e embutidos, como a salsicha, por exemplo, aumentam a dilatação dos vasos sanguíneos, desencadeando as crises.

Segundo o professor, existem duas abordagens diferentes para prevenir dores de cabeça com dieta. A primeira seria uma dieta de eliminação que evitasse alimentos e bebidas conhecidos por causar enxaqueca. A segunda se basearia em seguir um plano alimentar abrangente, cuja própria composição pode prevenir as dores.

Um dos gatilhos mais importantes para a enxaqueca, explica Martin, é a retirada da cafeína quando o seu corpo está habituado a ela. O problema é que grandes quantidades de cafeína podem causar ansiedade e sintomas depressivos, além das dores de cabeça.

O MSG, um intensificador de sabor usado em uma variedade de alimentos processados, incluindo alimentos congelados ou enlatados, sopas prontas, salgadinhos, molhos para salada, sais de temperos, ketchup e molho barbecue, também pode contribuir bastante para as dores de cabeça.

Outro gatilho pode ser o glúten, mas somente em pessoas que sofrem de doença celíaca. Em caso de dúvidas, procure orientação médica. O diagnóstico da doença pode ser estabelecido por meio de um teste de sangue ou biópsia intestinal.

Outros alimentos que causam enxaqueca

  • Queijo envelhecido (queijo azul, brie, cheddar, stilton inglês, feta, gorgonzola, mussarela, muenster, parmesão, suíço)
  • Álcool (vinho tinto, cerveja, uísque, uísque e champanhe são os gatilhos de enxaqueca mais comumente identificados)
  • Amendoim, manteiga de amendoim, amêndoas e outras nozes e sementes
  • Pizza ou outros produtos à base de tomate
  • Produtos de batata frita
  • Fígados de frango e outras carnes de órgãos, patê
  • Peixe defumado ou seco
  • Alimentos em conserva (picles e azeitonas)
  • Pão fermento, produtos de fermento recém-assados ​​(donuts, bolos, pães caseiros e pãezinhos)
  • Levedura de cerveja encontrada em suplementos naturais
  • Pão, biscoitos e sobremesas contendo queijo
  • A maioria dos feijões, incluindo lima, italiano, pólo, largo, fava, marinho, pinto, ervilhas, garbanzo, lentilhas e feijões e ervilhas secos
  • Cebola, alho
  • Abacate
  • Algumas frutas cítricas, mamão, ameixas vermelhas, framboesas, kiwi e abacaxi
  • Frutas secas (figos, passas, tâmaras)
  • Sopas feitas de extratos de carne ou caldo (não caldo caseiro ou cubos de caldo que não contenham MSG ou “todos os conservantes naturais” no rótulo)
  • Sopas enlatadas
  • Laticínios cultivados, creme de leite, leitelho, iogurte
  • Chocolate
  • Bebidas com cafeína, incluindo café, chá e refrigerantes
  • Aspartame e outros adoçantes artificiais
  • Carnes contendo nitrato ou nitrito, como cachorros-quentes, salsichas, bacon, pepperoni e carnes curadas ou processadas
  • Produtos que contêm glutamato monossódico (MSG), como shoyu e uma variedade de alimentos embalados. Outros nomes para o MSG são glutamato monopotássico, fermento autolisado, proteína hidrolisada e caseinato de sódio.
  • Bebidas alcoólicas, porque contêm aldeídos e sulfetos que estreitam os vasos sanguíneos e agravam as crises

Se você sofre de enxaqueca regularmente, mas ainda não conseguiu identificar quais alimentos podem desencadear o problema, experimente rastreá-los em um diário alimentar.

Você pode considerar-se sensível a um determinado alimento ou bebida se tiver um episódio de enxaqueca consistente de 20 minutos a 2 horas depois de consumi-lo. Lembre-se de que atividade física regular também auxilia no alívio dos sintomas.

Experimente alimentos que podem aliviar a enxaqueca

Procure por alimentos ricos em ômega-3, que ajuda o organismo a combater inflamações. Folhas verdes, como espinafre, são ricas em magnésio, uma substância relaxante. Frutas e legumes que são fontes de vitaminas do complexo B, como cenoura e maçã, também são excelentes opções. Já o gengibre tem ação analgésica.


Fontes: Just Naturally Health e Cleveland Clinic


Veja também: