Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Anemia pode ser falta de ferro. Entenda e veja como se prevenir

Anemia ferropriva é uma condição causada pela deficiência de ferro. Existem diversos tipos de anemia, que é uma doença causada pela carência de hemoglobina no sangue, proteína existente no interior das hemácias cuja principal função é o transporte de oxigênio.

Essa condição pode ser provocada pela deficiência de vários outros nutrientes além do ferro, como zinco, vitamina B12 e proteínas. No entanto, a ferropriva é a mais comum: a falta de ferro é a causa de 90% dos casos de anemia.

Riscos da anemia ferropriva

A deficiência de ferro é uma condição perigosa para a saúde do organismo. O ferro é um nutriente essencial para a manutenção da vida, uma vez que atua principalmente na fabricação de células vermelhas do sangue e no transporte do oxigênio para todas as células do corpo.

Apesar da anemia ferropriva ser comum, muitas pessoas não sabem que sofrem com ela. Isso porque, mesmo apresentando os sintomas durante anos, as pessoas não os relacionam com a doença e não procuram ajuda especializada.

Em mulheres em idade fértil, a causa mais comum de anemia ferropriva é a perda de ferro no sangue devido à menstruação intensa ou à gravidez. Uma dieta pobre em ferro e vitamina C ou certas doenças intestinais que afetam a forma como o corpo absorve o ferro também podem causar anemia ferropriva.

Principais vítimas

Apesar do grupo mais afetado pela anemia ser o das mulheres em fase de reprodução, gestação e lactação, a doença pode afetar qualquer pessoa em qualquer fase da vida.

Certos distúrbios ou cirurgias que afetam os intestinos também podem interferir na forma como o organismo absorve ferro. E mesmo se houver ingestão suficiente de ferro na dieta, a doença celíaca ou cirurgia intestinal podem limitar a quantidade de ferro absorvida pelo intestino.

Sintomas de anemia ferropriva e diagnóstico

Os sinais e sintomas de anemia ferropriva são inespecíficos. É necessário realizar exames laboratoriais de sangue para confirmar o diagnóstico. De acordo com o Ministério da Saúde, os principais sinais e sintomas de anemia ferropriva são:

  • Fadiga generalizada;
  • Falta de apetite;
  • Palidez de pele e da parte interna do olho e das gengivas;
  • Menor disposição para o trabalho;
  • Dificuldade de aprendizagem;
  • Apatia (pessoa muito parada);
  • Retardamento do crescimento;
  • Baixo peso ao nascer;
  • E mortalidade perinatal.

Além desses sintomas, a anemia ferropriva está associada a até 50% das mortes de mulheres que dão à luz.

Outros sintomas de anemia podem ser:

  • Fraqueza;
  • Falta de ar;
  • Tontura;
  • Vontade de comer coisas estranhas que não são alimentos, como sujeira, gelo ou argila;
  • Formigamento nas pernas;
  • Inchaço ou dor da língua;
  • Mãos e pés frios;
  • Batimentos cardíacos rápidos ou irregulares;
  • Unhas quebradiças;
  • Dores de cabeça.

Prevenção

Para evitar o desenvolvimento de anemia ferropriva é necessário consumir boas fontes de ferro. E o ferro pode ser fornecido ao organismo por alimentos de origem animal e vegetal. Entretanto, ao contrário do que muitas pessoas pensam, o leite e o ovo não são fontes de ferro.

Entre os alimentos de origem vegetal, destacam-se como fonte de ferro:

  • folhosos verde-escuros (exceto espinafre), como agrião, couve, cheiro-verde, taioba;
  • as leguminosas (feijões, fava, grão-de-bico, ervilha, lentilha);
  • grãos integrais;
  • nozes e castanhas;
  • melado de cana, rapadura e açúcar mascavo.

Vale lembrar que, para absorver o ferro dos vegetais, é necessário consumir quantidades suficientes de vitamina C, cujas fontes podem ser limão, laranja, kiwi, entre outras.

Tratamento

A anemia ferropriva normalmente é tratada com suplementos de ferro ou mudanças na dieta. Se você suspeita que está anêmico, consulte um médico, pois ele saberá diagnosticar e indicar o tratamento mais adequado para o seu caso.

Diagnosticar e tratar por conta própria a anemia por deficiência de ferro pode resultar em efeitos adversos para a saúde, devido ao excesso de ferro no sangue.

As complicações de muito ferro no sangue incluem danos no fígado e constipação. Se tiver sintomas de anemia por deficiência de ferro, fale com o seu médico.