Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Parente da jaca, fruta-pão é versátil e rica em nutrientes poderosos para manter a saúde da pele e do organismo

Imagem de PublicDomainPictures em Pixabay

A fruta-pão (Artocarpus altilis), também conhecida como jaca-de-pobre, é o fruto de uma árvore de origem asiática, que pode chegar a 20 metros de altura. As frutas podem ser consumidas cozidas, fritas, refogadas e assadas, em pratos salgados, ou in natura.

Quando assada ou frita, pode ser cortada em fatias finas para ser consumida como chips. A fruta-pão, cuja aparência é muito semelhante à da jaca, também pode ser uma opção para churrascos vegetarianos, colocando o fruto inteiro na grelha ou na churrasqueira. No Brasil, a fruta é mais comum no Nordeste.

A polpa da fruta-pão é rica em vitaminas e minerais benéficos à saúde. É fonte de fibras, carboidratos simples, potássio, cálcio, selênio, magnésio, vitamina K, vitamina E, folato, riboflavina, niacina e vitaminas do complexo B (como as vitaminas B1, B2 e B6). Além disso, o chá feito das folhas da árvore é um aliado importante no tratamento de diabetes e pressão alta.

Existem dois tipos de fruta-pão. A apyrena, que não possui sementes, gera frutos de massa; por isso, essa variante é conhecida como fruta-pão de massa. Já a seminífera, conhecida como fruta-pão de caroço, possui sementes comestíveis em abundância, mas sua polpa não é comestível. O consumo de fruta-pão é indicado para melhorar diversas condições de saúde, como artrite, dor nas costas, diarreia, febre, asma e dor de estômago.

Propriedades nutricionais

A fruta-pão costuma ser comparada a outros alimentos ricos em carboidratos, como batatas e arroz branco. Como base de comparação, uma porção de 100 gramas (cerca de 1/2 xícara) de fruta-pão contém cerca de 32 gramas de carboidratos, enquanto a mesma porção de uma batata contém cerca de 16 gramas de carboidratos e uma porção de 1/2 xícara de arroz contém cerca de 29 gramas de carboidratos.

Por outro lado, há menos de um grama de gordura em uma xícara de fruta-pão crua, tornando-o um alimento naturalmente com baixo teor de gordura, que é uma gordura poli-insaturada saudável. Mas é preciso tomar cuidado com o preparo! Se fruta-pão for preparada com óleos, banha ou manteiga, o conteúdo de gordura aumentará e, se manteiga ou outra gordura animal for usada no preparo, você também aumentará a ingestão de gordura saturada.

Embora a fruta-pão não seja uma fonte significativa de proteína, fornecendo cerca de 2,4 gramas por porção, ela contém quase duas vezes mais proteína do que uma porção semelhante de arroz branco ou batata. As proteínas contidas no fruto são, principalmente, leucina e licina, aminoácidos essenciais que devem ser consumidos nos alimentos, porque o corpo é incapaz de produzi-los.

Benefícios da fruta-pão para a saúde

A fruta-pão é amplamente elogiada como um alimento com benefícios medicinais e para a saúde. Por exemplo, os povos nativos da Indonésia e das ilhas do Pacífico tradicionalmente usam a polpa da fruta como um tônico para o fígado e como um tratamento para cirrose hepática e hipertensão.

Esta fruta também é uma fonte rica de compostos fenólicos prenilados que são conhecidos por terem propriedades anti-inflamatórias. Por isso, ela é consumida para auxiliar o tratamento de dores reumáticas e musculares. Além disso, pode ser usada para fazer farinha, como um substituto mais econômico, nutritivo e sem glúten da farinha de trigo.

E tem mais: os nutrientes da fruta ainda ajudam a baixar o colesterol, a combater infecções e a manter a saúde da pele e dos cabelos. O potássio, nutriente amigo do coração, controla a pressão arterial e a frequência cardíaca. Confira mais alguns benefícios do consumo deste saudável alimento!

1. Promove a saúde do coração

A fruta-pão é uma boa fonte de potássio, que  ajuda a reduzir a pressão arterial no corpo e controla a frequência cardíaca, reduzindo os efeitos do sódio. As fibras reduzem o colesterol ruim, evitando sua absorção no intestino, e os níveis de triglicérides, uma das principais causas de ataques cardíacos.

2. Faz bem para a pele

O consumo regular de suco de fruta-pão dá à pele uma aparência sedosa e jovem. O teor de vitamina C presente na fruta-pão ajuda a promover a produção de colágeno, que proporciona elasticidade à pele. A fruta-pão inibe a atividade de enzimas pró-inflamatórias e evita a superprodução de óxidos nítricos, prevenindo inflamações.

3. Controla diabetes

A fruta-pão é um superalimento para diabéticos. As fibras consomem muita energia para serem digeridas e, portanto, ajudam a controlar o nível de armazenamento de energia, esgotando o conteúdo de açúcar no sangue.

4. Auxilia na digestão

As fibras eliminam as toxinas do intestino, ajudando no funcionamento adequado do intestino. Ele evita doenças relacionadas à digestão, como azia, acidez, úlcera e gastrite, removendo compostos tóxicos do intestino. Além disso, a fruta-pão protege a membrana mucosa do cólon, afastando produtos químicos cancerígenos.

5. Promove a saúde óssea

Para fortalecer os ossos e mantê-los longe de doenças, um dos nutrientes mais importantes, além do cálcio, são os ácidos graxos ômega. A fruta-pão atende perfeitamente esses requisitos e garante a manutenção da boa saúde óssea.

6. Previne infecções

A fruta-pão contém boas quantidades de antioxidantes que ajudam o corpo a desenvolver resistência contra agentes infecciosos. Ele também ajuda a combater os radicais livres nocivos do corpo, que levam ao envelhecimento precoce e doenças neurodegenerativas.

Riscos e precauções

Não existem grandes riscos associados ao consumo de fruta-pão, mas grávidas e lactantes devem moderar o consumo. Além disso, embora seja um evento raro, a fruta pode causar alergias em pessoas sensíveis a bananas, por exemplo. Pessoas que sofrem de hipotensão devem evitar este alimento, que reduz a pressão arterial.


Fontes: Health Benefits Times, Webmd e Very Well Fit


Veja também: