Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Entenda mais sobre as gorduras, seus tipos, benefícios e impactos na saúde

A gordura é uma classe de lipídios (biomoléculas insolúveis em água), chamada de triglicerídeos. Elas são responsáveis pela absorção das vitaminas A, D, e E, ajudam o corpo a produzir hormônios e energia e ajudam na regulação da temperatura corporal. 

Mesmo, muitas vezes sendo consideradas ruins, nem todas as gorduras são maléficas à saúde. Elas podem ser divididas entre o grupo das “saudáveis” e “não saudáveis”. Uma dieta balanceada requer a ingestão de gorduras saudáveis para a regulação dos níveis de colesterol e para produzir energia. 

Existem quatro tipos de gordura:

Gordura monoinsaturada

A gordura monoinsaturada é um tipo de gordura vegetal, encontrada em alimentos como o abacate, as nozes e óleos vegetais. Ela é considerada uma das “gorduras saudáveis”. Seu consumo ajuda a reduzir os níveis do colesterol LDL, ou “colesterol ruim”, e na produção e mantimento das células. 

Gordura poliinsaturada

A gordura poliinsaturada é outro tipo de “gordura saudável”. Ela é encontrada em alguns tipos de peixe, óleos vegetais — como o de girassol —, sementes de girassol e gergelim. Ela também ajuda a reduzir o colesterol LDL e a fornecer ômega-3 e ômega-6.

Ômega-3 e ômega-6 são tipos de gorduras consideradas essenciais, ou seja, que não são produzidas pelo organismo e precisam ser ingeridas. 

Gordura saturada

A gordura saturada é um tipo de “gordura não saudável”. Ela está associada ao desenvolvimento de doenças cardiovasculares causadas pelo aumento do colesterol. Comidas ricas em gorduras saturadas são carnes processadas, pizzas e frituras e também podem resultar no aumento do peso corporal. 

Ela pode ser consumida em pequenas quantidades e em moderação.

Gordura trans

A gordura trans também é uma “gordura não saudável”. Elas geralmente são encontradas em produtos processados. Ela está associada ao aumento do colesterol LDL e da diminuição do “colesterol bom”. Além de ser um agente para o aumento de peso, ela também pode ser um fator no desenvolvimento de diabetes tipo 2.