Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Entenda por que o colesterol LDL é considerado o "colesterol ruim" e os perigos associados a altos níveis no sangue

colesterol LDL é conhecido popularmente como colesterol “ruim”, porque se acumula nas paredes dos vasos sanguíneos. Esse acúmulo aumenta as chances de desenvolver problemas de saúde, como ataque cardíaco ou derrame. O LDL é uma pequena bolha formada por uma borda externa de lipoproteína com um centro de colesterol. Seu nome completo é “lipoproteína de baixa densidade”.

O colesterol por si só não é perigoso. Na verdade, o corpo precisa dele para proteger seus nervos e produzir células e hormônios saudáveis. Parte do colesterol vem dos alimentos que você ingere, e seu fígado produz mais. Ele não se dissolve no sangue, então as proteínas o carregam para onde ele precisa ir. Esses transportadores são chamados de lipoproteínas.

O que é colesterol?

O colesterol é uma substância cerosa semelhante à gordura encontrada em todas as células do corpo. Seu fígado produz colesterol, e ele também está presente em alguns alimentos, como carnes e laticínios. O corpo humano precisa de um pouco de colesterol para funcionar corretamente. Por outro lado, ter muito colesterol no sangue aumenta o risco de doença arterial coronariana e outras complicações e saúde relacionadas.

O que são LDL e HDL?

LDL e HDL são dois tipos de lipoproteínas. Eles são uma combinação de gordura (lipídio) e proteína. Os lipídios precisam estar ligados às proteínas para que possam se mover no sangue. LDL e HDL têm finalidades diferentes.

LDL significa lipoproteínas de baixa densidade. Já HDL significa lipoproteínas de alta densidade. Este último é chamado de colesterol “bom”, porque transporta o colesterol de outras partes do corpo de volta para o fígado.

O fígado, então, remove o colesterol do corpo. Níveis elevados de HDL podem proteger contra ataques cardíacos e derrames, enquanto o inverso acontece com o LDL. Normalmente, quanto maiores são os seus níveis de LDL no sangue, menores são os níveis de HDL – e vice-versa.

Altos níveis de colesterol LDL e doenças: entenda a relação

Se você tem um nível alto de LDL, isso significa que há muito colesterol LDL no sangue. Esse LDL extra, junto com outras substâncias, forma a placa. A placa se acumula em suas artérias e provoca uma condição chamada aterosclerose.

A doença arterial coronariana ocorre quando o acúmulo de placa ocorre nas artérias do coração. Isso faz com que as artérias se tornem endurecidas e estreitas, o que retarda ou bloqueia o fluxo sanguíneo para o coração.

Como o sangue transporta oxigênio para o coração, isso significa que o coração pode não conseguir obter oxigênio suficiente. Isso pode causar angina (dor no peito) ou, se o fluxo sanguíneo estiver completamente bloqueado, um ataque cardíaco.

Como posso saber qual é o meu nível de LDL?

Um exame de sangue pode medir seus níveis de colesterol, incluindo LDL. Quando e com que frequência você deve fazer este teste depende de sua idade, fatores de risco e histórico familiar. As recomendações gerais são:

Para pessoas com 19 anos ou menos:

  • O primeiro teste deve ser feito entre 9 a 11 anos de idade.
  • Crianças e adolescentes devem refazer o teste a cada 5 anos.
  • Algumas crianças e adolescentes podem fazer o teste a partir dos 2 anos de idade, caso haja histórico familiar de colesterol alto, ataque cardíaco ou derrame.

Para pessoas com 20 anos ou mais:

  • Os adultos mais jovens devem refazer o teste a cada 5 anos;
  • Homens de 45 a 65 anos e mulheres de 55 a 65 anos devem fazer o exame de colesterol a cada 1 ou 2 anos.

O que causa altos níveis de colesterol LDL no sangue?

Uma série de coisas pode afetar os seus níveis de LDL – alguns fatores são controláveis; outros, nem tanto. Confira exemplos.

Dieta

gordura saturada e a taxa de colesterol nos alimentos que você ingere aumentam o nível de colesterol LDL no sangue.

Peso

O excesso de peso tende a aumentar seu nível de LDL, diminuir seu nível de HDL e aumentar seu nível de colesterol total.

Sedentarismo

A falta de atividade física pode levar ao ganho de peso, o que pode elevar seu nível de LDL. Por isso, praticar exercício físico é fundamental para evitar risco cardiovascular.

Tabagismo

Fumar reduz o colesterol HDL. Como o HDL ajuda a remover o LDL das artérias, se você tiver menos HDL, isso pode contribuir para que você tenha um nível de LDL mais alto.

Idade e sexo biológico

Conforme as mulheres e os homens envelhecem, seus níveis de colesterol aumentam. Antes da idade da menopausa, as mulheres têm níveis de colesterol total mais baixos do que os homens da mesma idade. Após a idade da menopausa, os níveis de LDL das mulheres tendem a aumentar.

Genética e histórico familiar

Seus genes determinam parcialmente a quantidade de colesterol que seu corpo produz. O colesterol alto pode ocorrer em famílias. Por exemplo, a hipercolesterolemia familiar (FH) é uma forma hereditária de colesterol alto no sangue.

Medicação

Certos medicamentos, incluindo esteroides, alguns medicamentos para pressão arterial e medicamentos para HIV podem aumentar os níveis de LDL no sangue.

Outras condições de saúde

Doenças como doença renal crônica, diabetes e HIV/AIDS podem causar um nível mais alto de LDL.

Qual deve ser o meu nível de LDL?

Com o colesterol LDL, números menores são melhores, porque um nível alto de LDL pode aumentar o risco de doença arterial coronariana e problemas relacionados. Confira os valores de referência, de acordo com a Sociedade Brasileira de Cardiologia:

Colesterol HDL (bom)

  • Baixo: inferior a 40 mg/dl
  • Bom: acima de 40 mg/dl 
  • Ideal: acima de 60 mg/dl

Colesterol LDL (ruim):

  • Pessoas jovens, sem doenças e hipertensão bem controlada: até 130 mg/dl
  • Indivíduos com 1 ou 2 fatores de risco (como tabagismo, pressão alta, obesidade, diabetes e outros): até 100 mg/dl
  • Pessoas com alto risco cardiovascular e vários fatores de risco: até 70 mg/dl
  • Indivíduos com risco cardiovascular muito alto: até 50 mg/dl

O que fazer para reduzir meus níveis de colesterol LDL no sangue?

Alimentação saudável

Alimentos diferentes reduzem o colesterol ruim de várias maneiras. Alguns fornecem fibra solúvel, que liga o colesterol e seus precursores no sistema digestivo e os arrasta para fora do corpo antes de entrarem em circulação. Outros fornecem gorduras poli-insaturadas, que reduzem diretamente o LDL. E alguns contêm esteróis e estanóis vegetais, que bloqueiam a absorção do colesterol pelo corpo.

Para baixar o colesterol, em alimentos aveiacevadafeijãoberinjela, quiabo, nozesamêndoas, castanhas, óleos vegetais, frutas, chocolate amargosojatofu, peixes gordurosos e suplementos de fibras, como psyllium.

De acordo com o relatório publicado pela OMS, as medidas de prevenção ao colesterol alto são:

  • Evitar alimentos que contêm gordura saturada, como manteiga e outros derivados de leite, carne processada (salsicha, hambúrgueres, entre outros) chocolate, gema de ovo, carne suína, banha, entre outros.
  • Consumo moderado de produtos que contêm gordura insaturada: óleo de girassolsemente de abóbora, de girassol, oleaginosas, entre outros.
  • Consumo de ao menos cinco porções diárias de frutas e vegetais: bananalaranjamanga, maçã, tomate e vegetais cozidos.

Pratique atividade física

As atividades físicas aeróbicas colaboram na manutenção do peso corpóreo, diminuem o nível de açúcar e gordura no sangue, reduzem a pressão arterial, melhoram a circulação sanguínea e fortalecem os músculos cardíacos. Por isso, também vale colocar em prática esse hábito.

Pare de fumar

Como já foi dito, o tabagismo contribui para o aumento do colesterol ruim no sangue. Se você não consegue parar sozinho, procure ajuda.