Os incríveis benefícios do guaraná para a saúde

eCycle

Fruto da planta Paullinia cupana, nativa da Amazônia, o guaraná é rico em antioxidantes benéficos para a saúde

guaranáImagem editada e redimensionada de AnitaFortis, disponível no Wikimedia e licenciada sob CC-BY 3.0

Guaraná (Paullinia cupana) é uma planta nativa da Amazônia, encontrada no Brasil, no Peru, na Colômbia e na Venezuela. O guaraná foi originalmente cultivado como planta medicinal pelo povo Sateré-Mawé do Brasil, que continua liderando a colheita sustentável dessa planta.

O fruto maduro do guaraná tem o tamanho aproximado de um grão de café e assemelha-se a um olho humano, com uma casca vermelha que envolve uma semente preta coberta por um arilo branco.

As sementes da planta, geralmente utilizadas para fins medicinais, têm até três vezes a quantidade de cafeína que os grãos de café. As sementes também são ricas em taninos e nos estimulantes teofilina e teobromina. Por isso, o guaraná é eficaz para diminuir a fadiga, aumentar o estado de alerta mental e promover a perda de peso.

Comercialmente, a planta do guaraná é utilizada na fabricação de xaropes, barras, pós, refrigerantes e bebidas energéticas, que prometem combater o cansaço físico e mental. Por suas incríveis propriedades terapêuticas, as tribos amazônicas utilizam o fruto há séculos para combater diversos males.

Ele contém uma gama impressionante de estimulantes, como cafeína, teofilina e teobromina. O guaraná também possui antioxidantes, como taninos, saponinas e catequinas. Confira os benefícios que esse conjunto de substâncias proporciona para a sua saúde.

Benefícios para a saúde

1. Aumenta a disposição

Um estudo de 2011 com pacientes com câncer de mama submetidas à quimioterapia sistêmica e um estudo de 2018 com pacientes com doença renal crônica constataram que a ingestão de guaraná reduzia significativamente a fadiga, em comparação com a ingestão de um placebo.

Além disso, os efeitos antioxidantes dos extratos de guaraná foram observados em ensaios pré-clínicos, segundo os quais o estresse oxidativo se mostra promissor como um potencial biomarcador para a síndrome da fadiga crônica.

2. Combate os radicais livres

O guaraná é rico em compostos que possuem propriedades antioxidantes, que neutralizam moléculas potencialmente prejudiciais chamadas radicais livres. Essas moléculas podem interagir com partes de suas células e causar danos relacionados ao envelhecimento, doenças cardíacas, câncer e outras complicações de saúde.

Estudos em tubos de ensaio descobriram que as propriedades antioxidantes do guaraná podem combater o crescimento de células cancerígenas e reduzir o risco de doenças cardíacas e o envelhecimento da pele.

3. Melhora a concentração

O guaraná é mais conhecido como ingrediente em bebidas energéticas populares. É uma excelente fonte de cafeína, que ajuda você a manter o foco e a energia mental.

A cafeína age bloqueando os efeitos da adenosina, um composto que ajuda a relaxar o cérebro. Um estudo descobriu que as pessoas que tomaram um suplemento vitamínico contendo guaraná se sentiram menos cansadas ao completar vários testes, em comparação com aquelas que tomaram um placebo.

4. Auxilia na perda de peso

A cafeína presente no guaraná é capaz de acelerar o metabolismo em até 11% num período de 12 horas. Um metabolismo mais rápido significa que seu corpo queima mais calorias em repouso. Além disso, estudos em tubos de ensaio descobriram que o guaraná pode suprimir genes responsáveis pela produção de células de gordura, além de promover genes que a retardam.

5. Protege contra doenças oculares relacionadas à idade

Fatores como luz solar, dieta inadequada e certas opções de estilo de vida como fumar podem desgastar seus olhos com o tempo e aumentar o risco de doenças relacionadas aos olhos. Mas o guaraná contém compostos que combatem o estresse oxidativo, um importante fator de risco para problemas de visão relacionados à idade, como degeneração macular, catarata e glaucoma.

6. Alivia a diarreia crônica e trata a constipação

O guaraná é usado há séculos como um tônico estomacal natural para tratar problemas digestivos, como diarreia crônica e constipação.

Os taninos presentes no guaraná são conhecidos por sua adstringência, o que significa que podem ligar e contrair tecidos. Isso permite que os taninos impermeabilizem as paredes do trato digestivo, restringindo a quantidade de água secretada para os intestinos.

7. Melhora a saúde do coração

O consumo de guaraná pode reduzir o risco de doenças cardíacas de duas maneiras. Em primeiro lugar, os antioxidantes do guaraná parecem ajudar o fluxo sanguíneo e podem prevenir a formação de coágulos sanguíneos, de acordo com pesquisas.

Além disso, estudos mostraram que o guaraná pode diminuir a oxidação do colesterol LDL “ruim”. O colesterol LDL oxidado pode contribuir para o acúmulo de placas nas artérias.

8. Mantém a saúde e o viço da pele

Com poderosas propriedades antioxidantes e antimicrobianas, o guaraná é popular na indústria de cosméticos como ingrediente em cremes, loções, sabonetes e produtos para os cabelos antienvelhecimento.

Além disso, seu conteúdo de cafeína auxilia o fluxo sanguíneo para a pele. Estudos em tubos de ensaio mostraram que os antioxidantes do guaraná podem reduzir significativamente os danos à pele relacionados à idade.

Possíveis efeitos colaterais

Embora o consumo moderado de guaraná seja seguro para a maioria das pessoas, a ingestão de cafeína em altas doses por períodos prolongados pode causar efeitos colaterais, como insônia, nervosismo e inquietação, irritação do estômago, náuseas, vômitos, aumento da frequência cardíaca e pressão arterial, respiração rápida, tremores, delírio, diurese e outros efeitos colaterais.

Grandes doses de guaraná podem causar dor de cabeça, ansiedade, agitação, zumbido nos ouvidos, dor ao urinar, cólicas estomacais e batimentos cardíacos irregulares. Pessoas que tomam guaraná regularmente podem apresentar sintomas de abstinência de cafeína ao reduzirem a dose usual.

Ao consumir, prefira formas mais naturais do guaraná, evitando refrigerantes e bebidas energéticas que contêm açúcar e são potencialmente prejudiciais para a saúde.


Fontes: Healthline, Webmd e Very Well Health


Veja também:


 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail

Utilizamos cookies para oferecer uma melhor experiência de navegação. Ao navegar pelo site você concorda com o uso dos mesmos. Saiba mais ×