Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Chás medicinais têm princípios ativos que podem ajudar em gripes, resfriados, dores e outros problemas

Chás medicinais são feitos com ervas e plantas medicinais. Essas plantas possuem princípios ativos que ajudam a tratar determinados sintomas e problemas de saúde, tais como cólicas, dor de garganta, resfriados, entre outros.

Os chás medicinais são utilizados há centenas de anos como remédios naturais. Além de contribuírem com a saúde e o bem-estar, eles também são saborosos e podem ser bons companheiros nos dias mais frios. Conheça alguns deles:

1. Chá de camomila

O chá de camomila é um chá medicinal popularmente conhecido por sua função calmante. Uma de suas principais propriedades é auxiliar e melhorar o sono.

Um estudo feito com 80 mulheres no período pós-parto com problemas de sono mostrou que beber chá de camomila por duas semanas melhorou a qualidade de sono e reduziu os sintomas de depressão.

Além disso, o chá de camomila pode melhorar a digestão, amenizar a ansiedade, fazer bem para a pele e aliviar a dor de cabeça.

2. Chá de hortelã

O chá de hortelã é utilizado para tratar cólica menstrual, resfriado, síndrome do intestino irritável e refluxo. Ele também pode aliviar asma, sinusite e entupimento nasal.

As folhas de hortelã podem aliviar dores musculares, dores de cabeça e dores de estômago.

Um estudo clínico feito com 35 pessoas com enxaqueca mostrou que o óleo essencial de hortelã-pimenta aplicado na testa e nas têmporas reduziu significativamente a dor após duas horas em comparação com o óleo de placebo.

Portanto, além de se deliciar com o chá dessa erva medicinal, você também pode buscar seus efeitos com a aromaterapia.

3. Chá de erva-cidreira

A erva-cidreira é uma planta com propriedades medicinais que pode acalmar, melhorar a digestão, controlar a pressão, aliviar a dor de cabeça e combater a insônia e a perda de apetite.

Em uma pesquisa, pessoas que tomaram chá de erva-cidreira durante seis semanas melhoraram a elasticidade das artérias, algo que influencia no controle de doenças cardíacas, acidente vascular cerebral e declínio mental.

Outro pequeno estudo descobriu que o extrato de erva-cidreira ajudou a reduzir o estresse e melhorar as habilidades de processamento matemático.

4. Chá de gengibre

O chá de gengibre é um dos chás medicinais que combatem doenças. Ele pode melhorar o controle de açúcar no sangue e aumentar a sensação de saciedade, por isso, também pode ajudar no emagrecimento.

O gengibre contém uma grande quantidade de antioxidantes, ajuda a combater a inflamação e estimula o sistema imunológico.

Uma série de estudos descobriu que as cápsulas de gengibre também reduzem a dor associada à menstruação (confira estudos a respeito: 1, 2).

Além disso, o chá de gengibre é um excelente remédio natural para aliviar enjoo, inclusive na gravidez.

5. Chá de hibisco

O chá de hibisco é conhecido por auxiliar no emagrecimento, mas ele também oferece diversos outros benefícios. Ele reduz os sintomas de depressão e ansiedade, por possuir diversas vitaminas e minerais, relaxando a mente e o corpo.

Estudos descobriram que o chá de hibisco reduz a pressão alta (confira estudos a respeito: 3, 4). Outra pesquisa concluiu que o extrato de hibisco é capaz de reduzir o colesterol e os níveis de triglicérides, podendo ajudar a evitar o risco de obesidade.

6. Chá de equinácea

O chá de equinácea é um dos chás medicinais bastante utilizado para reduzir resfriados. Um estudo concluiu que a equinácea pode ajudar a impulsionar o sistema imunológico, ajudando o corpo a combater vírus e infecções.

Outro estudo concluiu que beber chá de equinácea pode reduzir a duração de problemas no trato respiratório superior, bem como a gripe. Mas outros estudos afirmam que ainda não há comprovação a respeito dos benefícios dos chás de equinácea para a saúde (confira aqui os estudos 5 e 6).

7. Chá de maracujá

As folhas, caules e flores da planta passiflora são usados para fazer chá de maracujá, que costuma ser utilizado para aliviar a ansiedade.

Um estudo descobriu que o chá de maracujá também melhorou significativamente a qualidade de sono. Outra pesquisa mostrou que a planta pode aliviar os sintomas de ansiedade, irritabilidade e agitação.

8. Chá de sálvia

A Salvia officinalis é uma planta usada para o tratamento de convulsões, úlceras, gota, reumatismo, inflamação, tontura, tremores, paralisia, diarreia e hiperglicemia.

Estudos recentes mostraram que a Salvia officinalis apresenta uma série de atividades farmacológicas no organismo, incluindo propriedades anticancerígenas, anti-inflamatórias, antinociceptivas (que reduzem a capacidade de perceber a dor), antioxidantes, antimicrobianos e antimutagênicos (reduzem mutações genéticas).

Uma série de estudos encontrou melhorias no humor, função mental e memória em adultos saudáveis depois que eles tomaram um dos vários tipos diferentes de extrato de sálvia (confira estudos a respeito: 7, 8, 9, 10).

9. Chá verde

O chá verde é uma bebida feita a partir da planta Camellia sinensis, que também dá origem a outros tipos de chá, como o chá preto e o chá oolong.

Alguns estudos mostraram que os compostos de catequina presentes no chá verde proporcionam efeitos protetores sobre os neurônios de animais, o que indica um potencial de redução do risco de desenvolvimento das doenças de Alzheimer e de Parkinson em humanos (confira aqui os estudos: 11, 12, 13).

Além disso, o chá verde pode melhorar a função cerebral, diminuir o risco de câncer, melhorar a saúde bucal e prevenir inflamações.

10. Chá de erva-doce

A erva-doce tem propriedades calmantes. Seu chá é comumente usado para aliviar as cólicas menstruais, cólicas em bebês e auxiliar no tratamento de distúrbios do sono.

A erva-doce também possui propriedades alcalinizantes que ajudam a controlar resfriados, distúrbios da menopausa, inflamações, gases, problemas digestivos e diuréticos.

11. Chá de canela

O chá de canela é feito a partir da casca interna da árvore da espécie Cinnamomum. A canela tem sido usada como ingrediente ao longo da história, remontando ao antigo Egito, quando costumava ser rara e valiosa, e era considerada um presente digno para reis. Hoje em dia, ela é mais acessível, está disponível em grande parte dos supermercados e é encontrada em várias receitas.

Estudos mostraram que o chá de canela é rico em antioxidantes que protegem o organismo contra os danos oxidativos causados ​​pelos radicais livres. Ele ainda tem propriedades anti-inflamatórias, acelera o metabolismo, reduz o risco de doença cardíaca, melhora a sensibilidade à insulina, previne doenças neurodegenerativas e alivia desconfortos menstruais.

12. Chá de amora

O chá de amora geralmente é feito a partir da folha de amora. Ele é rico em vitaminas e minerais e é muito utilizado para tratar desconfortos e doenças, como sintomas de resfriado, diabetes e problemas nos vasos sanguíneos.

A amora é rica em antocianina, uma substância que confere propriedades como efeitos antioxidantes, anti-inflamatórios, reforço para memória de curto prazo, prevenção do glaucoma e proteção ao coração.

13. Chá oolong

O chá oolong é feito das folhas da planta Camellia sinensis, a mesma planta utilizada para fazer o chá verde e o chá preto. A diferença entre as bebidas é a maneira como o chá é processado.

Ele pode ajudar a prevenir diabetes e a perder peso. Pesquisas relacionaram o chá oolong à redução da pressão arterial, dos níveis de colesterol e do risco de doenças do coração (confira estudos a respeito: 14, 15, 16).

14. Chá de louro

A folha de louro é popular no Brasil, sendo utilizada principalmente como tempero e para o chá de louro. Essa bebida pode reduzir a inflamação de feridas e aliviar dores de estômago ou cólica.

Um estudo analisou o efeito do extrato de folha de louro sobre pedras dos rins e chegou à conclusão de que, juntamente com oito outras ervas medicinais tradicionais, a folha de louro foi capaz de reduzir a quantidade de urease no organismo. Isso significa que ela tem potencial para auxiliar o tratamento de pedras nos rins.

15. Chá de pitanga

O chá de pitanga, muito apreciado na medicina popular, é feito a partir da folha da pitangueira, uma árvore de nome científico Eugenia uniflora L., pertencente à família das mirtáceas. Ele possui propriedades medicinais e é bastante utilizado para tratar diarreia.

16. Chá preto

O chá preto é um dos chás medicinais feitos com a planta Camellia sinensis. Ele oferece uma variedade de benefícios para a saúde, pois contém antioxidantes e compostos que podem ajudar a reduzir a inflamação no organismo.

O chá preto contém outro grupo de antioxidantes chamados flavonoides, que são conhecidos por fazerem bem à saúde do coração. Consumi-los regularmente pode ajudar a reduzir muitos fatores de risco para doenças cardíacas, incluindo pressão alta, colesterol alto, níveis elevados de triglicérides e obesidade (confira aqui estudo a respeito: 17).

17. Camellia sinensis

No Brasil e em Portugal, qualquer bebida feita por meio do processo de infusão de frutos, folhas, raízes e ervas é chamada de chá; mas o “verdadeiro” chá é uma bebida produzida a partir das folhas da Camellia sinensis.

A planta, dependendo do processo de oxidação das folhas, pode dar origem ao chá branco, verde, oolong e preto. Entre suas propriedades medicinais, a Camellia possui teofilina, uma substância que pode ser usada nos tratamentos de asma e doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC), e tanino, que atua como cicatrizante, adstringente, antidiarreico e antioxidante.

18. Chá de alecrim

O chá de alecrim contém propriedades que geram inúmeros benefícios para o organismo. Ele serve para melhorar a digestão e a função cognitiva, prevenir o câncer, tratar problemas de pele, reduzir inflamações e aliviar a dor associada a elas, diminuir a ansiedade e para melhorar a função hepática e a saúde do cabelo.

Esse chá também é antisséptico, estimulante, expectorante, diurético, descongestionante e relaxante muscular. Assim, pode ajudar nos cuidados com a pele, estimular a circulação sanguínea e auxiliar na digestão.

19. Chá de lavanda

O chá de lavanda faz bem para ansiedade e depressão, pode aumentar o sono, aliviar cólicas menstruais e melhorar a saúde da pele.

A lavanda pode ajudar em casos de náusea, acne, dor de dente, irritações de pele, dores de cabeça e queda de cabelos. Suas propriedades medicinais podem ser aproveitadas a partir do chá e do óleo essencial de lavanda.

20. Chá de casca de cebola

O chá de casca de cebola tem potencial benéfico para a saúde, pois é na casca da cebola que se encontra a maior parte dos minerais e compostos benéficos do vegetal, sendo cerca de 96% de todo o conteúdo mineral da cebola.

As camadas exteriores da cebola são fonte de substâncias antioxidantes e flavonoides com ação anti-inflamatória, vasodilatadora, analgésica e anticancerígena.

21. Chá de oliveira

O chá de oliveira é uma bebida obtida a partir da infusão das folhas da planta cujo nome científico é Olea europaea L., uma árvore da família das oleáceas.

O extrato, o chá e o pó da folha de oliveira são utilizados em vários países devido ao potencial de seus compostos bioativos, que podem ter efeitos antioxidantes, anti-hipertensivos, propriedades anti-inflamatórias, hipoglicêmicas e hipocolesterolêmicas.

O efeito antioxidante das folhas de oliveira evita o estresse oxidativo das células, o que previne o envelhecimento precoce.

Chás para emagrecer

Além de servirem para emagrecer, alguns chás medicinais ajudam a reduzir a gordura abdominal. Escolher consumir chás para emagrecer no estilo caseiro e natural pode ser uma alternativa saudável. Os melhores chás medicinais para emagrecer são:

  • Chá verde;
  • Chá vermelho pu erh;
  • Chá preto;
  • Chá oolong.

Chás para menopausa

Há alguns chás medicinais que podem servir como alternativa ou complemento às outras formas de terapia para alívio dos sintomas de menopausa.

O tratamento hormonal para alívio dos sintomas da menopausa pode apresentar efeitos colaterais em algumas pessoas, por isso, a busca por chás para menopausa tem se tornado cada vez maior. São eles:

  • Chá de erva-de-são-cristóvão;
  • Chá de ginseng;
  • Chá de dong quai (Angelica sinensis) e camomila;
  • Chá de amora;
  • Chá verde;
  • Chá ginkgo biloba.

Fontes: Health e Healthline.

Veja também: