Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Chá de lavanda serve para tratar ansiedade, insônia, cólicas menstruais e tem benefícios para a pele

Imagem editada e redimensionada de Amy Treasure, está disponível no Unsplash

O chá de lavanda é feito a partir da infusão de botões roxos da planta Lavandula angustifolia em água quente. Ele melhora o humor, promove o sono, melhora a saúde da pele, alivia cólicas menstruais, entre outros benefícios.

1. Faz bem para ansiedade e depressão

A lavanda é amplamente utilizada na aromaterapia para melhorar quadros de ansiedade, depressão e fadiga. Estudos sugerem que os compostos presentes na lavanda podem estimular a atividade em certas áreas do cérebro e influenciar a transmissão de impulsos entre as células cerebrais, melhorando o humor e produzindo um efeito calmante.

Embora seja demonstrado que o perfume do extrato de lavanda e as preparações orais de óleo essencial de lavanda melhorem o humor e acalmam a mente, não está claro o chá de lavanda tenha os mesmos benefícios (confira aqui estudo a respeito: 1).

Um estudo realizado com 80 novas mães em Taiwan descobriu que aquelas que bebiam uma xícara (250 ml) de chá de lavanda por dia durante dua semanas, enquanto tomavam um tempo para apreciar o aroma do chá, relataram menos fadiga e depressão, em comparação com aquelas que não sentiam o aroma nem bebiam o chá de lavanda. No entanto, houve relatos semelhantes de fadiga e depressão entre os dois grupos após quatro semanas, sugerindo que os benefícios são mais úteis no início.

2. Pode aumentar o sono

Não há estudos específicos sobre o efeito do chá de lavanda na qualidade do sono, mas estudos realizados com outros derivados de lavanda são promissores. Um estudo realizado em 158 novas mães no período pós-parto constatou que as mulheres que inspiraram profundamente dez fragrâncias de lavanda quatro dias por semana durante oito semanas tiveram uma qualidade de sono significativamente melhor do que aquelas do grupo placebo.

Outro estudo com 79 estudantes universitários que relataram problemas de sono mostrou que praticar higiene do sono e sentir o aroma de lavanda melhoraram a qualidade do sono. Com base nesses resultados, é possível que relaxar com uma xícara de chá de lavanda antes de dormir possa ajudá-lo a dormir melhor. Isso pode ser especialmente verdadeiro se você dedicar um tempo para apreciar e sentir o perfume natural dessa planta.

3. Pode aliviar cólicas menstruais

Cólicas na parte inferior do abdômen antes ou durante um ciclo menstrual são um problema comum entre as mulheres. A lavanda pode ser uma aliada nesse sentido.

Um estudo em 200 mulheres adultas jovens no Irã descobriu que sentir o aroma de lavanda por 30 minutos por dia nos primeiros três dias de um ciclo menstrual levou a cólicas significativamente menos dolorosas após dois meses, em comparação com o grupo controle (5).

Outras pesquisas sugerem que a massagem com óleo essencial de lavanda também ajuda nas cólicas menstruais, mas não houve estudos sobre a ingestão de chá de lavanda ou suplementos (6).

Ainda assim, beber chá de lavanda e apreciar seu aroma pode ajudar, embora sejam necessárias mais pesquisar a respeito.

4. Pode melhorar a saúde da pele

Alguns estudos demonstraram que o óleo essencial de lavanda apresenta efeitos anti-inflamatórios e antibacterianos (confira aqui os estudos: 7, 8, 9).

Como resultado, é usado em aplicações tópicas para ajudar a combater a acne, melhorar condições inflamatórias da pele como psoríase e curar feridas ou abrasões.

Um estudo realizado em ratos descobriu que a aplicação tópica de óleo essencial de lavanda em dias alternados durante 14 dias diminuiu significativamente a área das feridas, em comparação com o grupo controle. Isso ocorre principalmente porque o óleo essencial de lavanda promove a síntese do colágeno proteico estrutural. Esses resultados sugerem que certas formas de lavanda podem promover a cicatrização da pele e a formação de colágeno.

Como fazer chá de lavanda e precauções

Embora a pesquisa sólida sobre o chá de lavanda seja escassa, beber uma xícara desse chá pode ser reconfortante e oferecer alguns benefícios.

Para fazer chá de lavanda, você pode embeber saquinhos de chá comprados em lojas em água quente ou preparar o seu. Despeje uma xícara (250 ml) de água sobre 1/2 colher de chá de botões de lavanda soltos e deixe em infusão por alguns minutos.

Como acontece com a maioria dos chás e ervas, existem algumas precauções a serem consideradas antes de tomar chá de lavanda.

Houve pelo menos um relato de caso de desenvolvimento de um batimento cardíaco anormalmente rápido após o consumo de chá de lavanda (11).

Em termos de extratos de lavanda, eles estão disponíveis nas formas de óleo e suplemento. Não existem doses padronizadas para suplementos e os óleos de lavanda devem ser usados ​​com cautela. Óleo essencial de lavanda não deve ser ingerido.

Para uso tópico, misture algumas gotas de óleo essencial de lavanda com um óleo carreador, como óleo de gergelim ou jojoba, antes de esfregar na pele. Você também pode fazer um teste de alergia para ver como sua pele reage ao óleo essencial de lavanda diluído antes de usá-lo mais livremente.

Não aplique óleo essencial de lavanda não diluído na pele, pois isso pode causar irritação e inflamação.

Para usar o óleo essencial de lavanda na aromaterapia, coloque algumas gotas em uma bola de algodão ou lenço de papel e inspire. Você também pode usar um difusor de óleo essencial.

Devido a seus possíveis efeitos no sistema nervoso, procure orientação médica antes de usar qualquer forma de lavanda, se você tiver problemas cardíacos, problemas de saúde subjacentes ou tomar medicamentos.

Não se sabe se os óleos de lavanda ou chá são seguros para mulheres grávidas e que amamentam.


Texto originalmente escrito por Lizzie Streit para o Healthline e adaptado para o idioma português por Stella Legnaioli

Veja também: