Ovovegetarianismo: que dieta é essa?

eCycle

Conheça o ovovegetarianismo, dieta que une os benefícios da alimentação vegetariana ao hábito de consumir ovo

ovovegetarianos
Imagem de RitaE no Pixabay

O ovovegetarianismoé uma das diversas categorias que compõem um grupo maior: os vegetarianos. Como o próprio nome diz, ovovegetarianossão pessoas que seguem uma dieta vegetariana que também inclui ovo e seus derivados, como, por exemplo, a maionese. Nas últimas décadas, as várias vertentes do vegetarianismo têm conquistado cada vez mais adeptos, graças aos benefícios que proporcionam para a saúde e para o meio ambiente.

A motivação ética para escolher o ovovegetarianismo, ou seja, excluir produtos lácteos da dieta, se baseia no fato de que a indústria de laticínios recorre à extrema crueldade para se sustentar. Animais criados para fornecer leite são frequentemente submetidos a tratamentos cruéis e mantidos em espaços muito restritos e pouco higiênicos, o que acaba causando doenças e mortes em condições extremamente dolorosas. Além disso, as fêmeas são forçadas a engravidar diversas e repetidas vezes, e os bezerros que nascem dessas gestações não têm acesso ao leite materno.

Ovovegetarianosprocuram manter critérios específicos para os produtos que compram, uma vez que a indústria de ovos também não está isenta de crueldade. A escolha mais ética são os ovos não fertilizados e obtidos de galinhas livres, que não criadas em gaiolas, têm alimentação mais adequada e maior qualidade de vida. Intolerância à lactose e quantidades prejudiciais de gordura e glúten em produtos lácteos são algumas das razões que têm atraído cada vez mais pessoas para o ovovegetarianismo.

Vantagens de uma dieta ovovegetariana

Acessível

Em comparação com os dois extremos do espectro da dieta – uma dieta não vegetariana e uma dieta vegana –, a alimentação ovovegetariana pode ser bastante econômica e saudável.

Normalmente, dietas não vegetarianas se tornam caras quando opções saudáveis ​​e higiênicas de carne são consideradas. Ovos, ao contrário, costumam unir qualidade e baixo valor, mesmo quando a opção é por produtos orgânicos e de galinhas criadas livres, que são um pouco menos acessíveis do que os comuns.

Uma alimentação vegana também pode não ser tão acessível para qualquer bolso, uma vez que uma refeição balanceada e nutritiva requer, em alguns casos, alternativas difíceis de serem encontradas, o que faz os preços subirem. Entretanto, é importante ressaltar que opções veganas têm sido cada vez mais procuradas pelo público consumidor, o que tende a elevar a oferta desses produtos e, consequentemente, reduzir os preços. Além disso, é possível manter uma dieta vegana de baixo valor monetário e alto valor nutricional consumindo alguns suplementos, consultando profissionais da área de nutrição e fazendo as escolhas certas.

Os ovos, por sua vez, fornecem proteínas em abundância, estão disponíveis em qualquer mercado ou feira e ainda são acessíveis. Além disso, são fontes de sais minerais, ômega-3 e vitaminas A, D, E e B12, que são benéficas para olhos, pele, ossos e memória. A vitamina B-12 e o ômega-3 podem ser suplementados, mas só são encontrados naturalmente em produtos de origem animal. Por isso, os ovos são uma excelente alternativa para aqueles que desejam eliminar a carne da dieta, mantendo os benefícios dos nutrientes alimentícios.

Eco-friendly

A indústria da carne acarreta um enorme impacto ambiental. A criação de gado passa longe de ser sustentável, porque envolve emissões de gases do efeito-estufa comparáveis ​​às emissões de grandes automóveis.

Além disso, essa indústria depende de pastagens de larga extensão para a criação de gado, sendo responsável pelo desmatamento de enormes áreas de florestas. Especialistas afirmam que o futuro do planeta depende da diminuição do consumo de carne, em um esforço que deve atingir todos os países.

Benéfica para a saúde

As dietas vegetarianas são geralmente muito mais saudáveis ​​do que as dietas não vegetarianas. Elas garantem maior ingestão de fibras e evitam todos os riscos à saúde associados à carne. As fibras ajudam a manter um índice de massa corporal baixo, porque melhoram o metabolismo, saciam e reduzem a fome excessiva. Além disso, também auxiliam no equilíbrio da flora intestinal, que é responsável pela saúde de todo o organismo.

As dietas vegetarianas ainda podem ser aliadas de pessoas que querem emagrecer com saúde, já que a maioria dos alimentos vegetarianos contém poucas calorias. Como eliminam laticínios e produtos lácteos da rotina, ovovegetarianos também correm menores riscos de contrair várias doenças causadas pela alta ingestão de açúcar e gordura insaturada em produtos alimentícios.

Riscos e preocupações potenciais

Ingestão inadequada de proteína

Vários tipos de carne constituem a principal fonte de proteína em dietas não vegetarianas. Em uma dieta vegetariana, a ingestão de proteínas pode cair abaixo da quantidade necessária se não for cuidadosamente suplementada com opções à base de plantas.

Legumes e nozes são boas fontes de proteína para vegetarianos. Ovovegetarianos têm uma opção adicional de ovos e derivados. A clara do ovo é uma excelente fonte de proteína.

Deficiência de nutrientes

Pessoas que seguem uma dieta vegetariana estrita podem sofrer com a deficiência de certas vitaminas e minerais. Vitamina B12, vitamina D, ácidos graxos ômega-3 e minerais como cálcio, ferro e zinco são os nutrientes mais comumente negligenciados entre os vegetarianos.

Essas deficiências são potencialmente perigosas. No entanto, existem várias opções baseadas em plantas para compensar a ausência desses nutrientes. Alimentos fortificados muitas vezes têm vitaminas e minerais adicionados artificialmente em produtos alimentícios, como leite de base vegetal e cereais matinais.

Alimentos processados

A escolha de uma dieta vegetariana não implica necessariamente manter uma dieta saudável. Fast-foods vegetarianos e processados são cada vez mais comuns no Brasil -- e são tão prejudiciais quanto qualquer outra dieta.

Se você escolher o ovo-vegetarianismo por seus benefícios à saúde, deve incluir alimentos integrais e vegetais verdes em suas refeições. Lembre-se de evitar o consumo de alimentos industriais processados ​​sempre que puder. As alternativas à carne processada podem ser tentadoras, mas oferecem tantos prejuízos à saúde quanto produtos à base de carne.



Veja também:

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail

Utilizamos cookies para oferecer uma melhor experiência de navegação. Ao navegar pelo site você concorda com o uso dos mesmos. Saiba mais ×