Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Aprenda o que são especiarias, temperos que podem ser benéficos para sua saúde

Se preferir, vá direto ao ponto Esconder

Especiarias são, por definição, as cascas secas, raízes, frutos, sementes e galhos de plantas que podem ser usados para temperar alimentos. As folhas das plantas, porém, não são consideradas especiarias, mas sim, ervas. 

O grande comércio das especiarias teve início em 1498, quando o explorador português Vasco da Gama saiu em busca de uma rota direta a lugares onde o mercado de especiarias era vasto e barato — chegando à Índia. Depois disso o seu uso foi popularizado e as especiarias agora são usadas no mundo inteiro.

Depois de mais de 2 mil anos a Índia continua sendo o maior exportador e consumidor de especiarias do mundo.  

As principais especiarias são pimenta-do-reino, canela, noz-moscada, cravo-da-índia, anis-estrelado, baunilha, cardamomo, gengibre, pimenta-malagueta, mostarda em grão, açafrão, pimenta-da-jamaica.

Benefícios

Ao longo do tempo foi descoberto que as especiarias não servem apenas para adicionar gosto a comidas. Elas também possuem diversos fatores benéficos para a saúde do ser humano, como ações anti-inflamatórias. As inflamações crônicas são muitas vezes associadas a diabetes, câncer e doenças cardiovasculares. 

A American Society for Nutrition conduziu uma pesquisa que analisava os efeitos cardiometabólicos das especiarias quando adicionadas a uma dieta norte-americana. Foi comprovado que a pressão sanguínea dos participantes era reduzida em 24 horas depois do consumo de alimentos com altos níveis de especiarias e ervas. 

Lista de algumas especiarias e seus benefícios:

  • Açafrão ou cúrcuma

Com ação antialérgica, digestiva, inibidora de gases intestinais, anti-inflamatória e cicatrizante, o açafrão pode tratar diversos problemas de saúde, como patologias respiratórias. A curcumina também tem sido utilizada no tratamento de artrite, diabetes, doença de Crohn, doenças do coração, osteoporose, doença de Alzheimer, psoríase e até mesmo alguns tipos de câncer.

  • Gengibre

Um estudo descobriu que suplementos de gengibre, tomados em conjunto com medicamentos que inibem vômito, reduziram a náusea decorrente da quimioterapia em 40% nos pacientes estudados. Pesquisas também mostraram que ele pode minimizar dores musculares, atuar como anti-inflamatório, ajudar a aliviar cólica menstrual e enxaqueca.

  • Noz-moscada

A noz-moscada conta com agentes anti-inflamatórios, antioxidantes, antidepressivos e anti-bacterianos. Além disso, ela é capaz de reduzir fatores de risco para doenças cardíacas e níveis de açúcar no sangue. 

  • Canela 

O cinamaldeído, presente na composição da canela, tem propriedades antivirais, antibacterianas e anti-fungal. A canela também apresenta altos níveis de polifenóis, que apresentam efeitos antioxidantes. A sua produção de óxido nítrico também foi associada à redução da pressão sanguínea.

  • Cardamomo

Por conta de seus poderes antioxidantes e diuréticos, o cardamomo está associado a redução da pressão sanguínea e a produção de agentes anti-inflamatórios. A especiaria também é muito usada para tratar dores de estômago e úlceras. Quando usado na aromaterapia, o cardamomo exala um odor que foi relacionado a maior produção de oxigênio durante exercícios.

Usos

As especiarias são usadas mundialmente e em peso. A necessidade de adicionar sabor em diferentes pratos faz com que a sua comercialização seja constante. Além de seu consumo, as especiarias têm usos variados, como aromatizantes, desinfetantes e até objetos de decoração. Elas também são utilizadas na preparação de óleos, cosméticos, incensos e medicamentos.