Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Entenda por que a zeaxantina é um carotenoide importante para a saúde ocular e descubra como manter seus níveis em dia

Imagem de Bacila Vlad no Unsplash

A zeaxantina, junto com seu par luteína, é um carotenoide importante para a saúde dos olhos. Esses dois antioxidantes são responsáveis por dar cor a alimentos como pimentão e uva. Ambas são antioxidantes potentes e oferecem uma gama de benefícios à saúde. A luteína e a zeaxantina defendem o organismo contra moléculas instáveis ​​chamadas radicais livres.

Esses compostos protegem as proteínas, gorduras e DNA do organismo dos radicais livres, além de ajudar a reciclar a glutationa, outro antioxidante importante. Ourtos efeitos pouco comentados da ação conjunta da luteína e zeaxantina é a redução do colesterol LDL “ruim” e consequentemente diminuição do risco de doenças cardíacas.

A luteína e  a zeaxantina se acumulam na retina, particularmente na região da mácula e atuam como antioxidantes importantes nessa área, protegendo os olhos dos radicais livres prejudiciais. A luteína e a zeaxantina também atuam como protetor solar natural, absorvendo o excesso de luz. Elas são famosas por protegerem os olhos da luz azul, prevenindo a degeneração macular relacionada à idade. Outras doenças que podem ser prevenidas com luteína e zeaxantina são catarata, retinopatia diabética, descolamento de olho e uveíte (um tipo de inflamação ocular).

Também faz bem para pele

Um estudo em animais de duas semanas mostrou que os ratos que receberam 0,4% de dietas enriquecidas com luteína e zeaxantina tiveram menos inflamação da pele induzida por UVB do que aqueles que receberam apenas 0,04% desses carotenoides.

Outro estudo em 46 pessoas com pele seca de leve a moderada descobriu que aquelas que receberam 10 mg de luteína e 2 mg de zeaxantina melhoraram significativamente o tom de pele, em comparação com o grupo de controle.

Entretanto, em excesso, a luteína e a zeaxantina podem tornar a pele amarelada.

Devo suplementar?

Alguns médicos recomendam que pessoas acima de 50 anos suplementem luteína e zeaxantina como forma de prevenir a perda visual ou doenças oculares. Esses suplementos geralmente são provenientes de flores de calêndula e misturados com ceras, mas também podem ser feitos sinteticamente. A ingestão recomendada é de 10 mg de luteína e 2 mg de zeaxantina.

Alimentos ricos em luteína e zeaxantina



Veja também: