Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Páprica doce, páprica picante e páprica defumada são versões de pimentão em pó que adicionam sabor e nutrientes aos pratos

Se preferir, vá direto ao ponto Esconder

A páprica é um pó vermelho feito a partir de pimentões e pimentas muito utilizado no Brasil e nos países ibéricos como tempero. Ela possui nutrientes e pode ser adicionada a pratos refogados como legumes (feijão, lentilha, grão-de-bico), vegetais (brócolis, cenoura, batata) e sopas, sendo encontrada nas versões doce, defumada e picante.

Na indústria, a páprica é adicionada a carnes e linguiças defumadas para dar cor e aquele sabor característico que as pessoas erroneamente acreditam ser da carne!

As pimentas e os pimentões são frutas (sim, são frutas!) cultivares da espécie Capsicum annuum. As mais picantes são ricas em uma substância chamada capsaicina. Essa substância estimula o metabolismo do corpo, ajudando a queimar calorias e é um conhecido estimulante circulatório, auxiliando a desintoxicação do organismo. A capsaicina ainda auxilia no controle da pressão arterial e reduz os níveis de triglicérides.

Ajuda a dissolver a fibrina – substância que promove a formação de coágulos – e, quando adicionada às refeições, combate dores de estômago, cãibras e gases. Se você tem dores de garganta constantes, a páprica picante (que contém mais capsaicina) também é um bom remédio caseiro para tratá-las.

No Golfo Pérsico, um tempero aromático muito usado, chamado baharat, tem a páprica como um de seus principais ingredientes. A páprica também é muito utilizada nas cozinhas turca, árabe e bérbere. Mas é na Hungria e na Espanha onde a produção de páprica defumada é de melhor qualidade. Ela também é um ingrediente essencial da mistura encontrada na pimenta síria.

Propriedades e benefícios

Pimentão. Imagem editada e redimensionada de Silvia Agrasar, está disponível no Unsplash

Sendo um tipo de pimenta, o pimentão do qual é feita a páprica é rico em vitamina C, um poderoso antioxidante para cicatrização de feridas, formação de colágeno e manutenção da imunidade. Ela também é rica em vitamina B6, K1, A, potássio e cobre. Esses nutrientes têm funções importantes no organismo, sendo capazes de melhorar o metabolismo, coagular o sangue, manter os neurônios saudáveis, fazer bem para os olhos e reduzir o risco de doença cardíaca, respectivamente.

No entanto, uma vez que a páprica é consumida apenas em quantidades muito pequenas, sua contribuição para a ingestão diária é muito pequena.