Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Aprenda a identificar uma crise de sinusite e confira dicas de tratamentos naturais para seguir em casa

Imagem de Mojpe em Pixabay

A sinusite, ou rinossinusite, é a inflamação dos seios paranasais, causada geralmente por uma infecção bacteriana ou viral e alergia. O problema é muito comum e costuma desaparecer por conta própria de duas a três semanas. A sinusite pode aparecer após um resfriado ou gripe.

A sinusite crônica ocorre quando os espaços dentro do nariz e da cabeça (seios da face) ficam inchados e inflamados por três meses ou mais, apesar do tratamento. A sinusite crônica e a sinusite aguda têm sinais e sintomas semelhantes, mas a sinusite aguda é uma infecção temporária dos seios da face frequentemente associada a um resfriado.

Os sinais e sintomas da sinusite crônica duram pelo menos 12 semanas, mas você pode ter vários episódios de sinusite aguda antes de desenvolver sinusite crônica. Febre não é um sinal comum de sinusite crônica, mas você pode apresentar o problema se estiver em uma crise de sinusite aguda.

Principais sintomas

Os sintomas da doença são muito fáceis de serem identificados, mas a gravidade deles varia de pessoa para pessoa. Os principais incluem:

  • Diminuição do olfato
  • Obstrução nasal
  • Coriza
  • Dor de cabeça
  • Febre
  • Fadiga
  • Tosse contínua
  • Congestão nasal
  • Resfriado ou alergia que não melhora em até duas semanas
  • Muco espesso e escuro saindo do nariz
  • Inflamação nasal
  • Dor, sensibilidade e inchaço ao redor dos olhos, bochechas, nariz ou testa
  • Dor de ouvido
  • Dores na mandíbula superior e dentes
  • Dor de garganta
  • Mau hálito
  • Edema na testa
  • Confusão mental
  • Visão dupla ou outras alterações de visão
  • Torcicolo

Os sinais de sinusite em crianças pequenas também podem incluir irritabilidade, dificuldade de alimentação e respiração pela boca.

Principais causas da sinusite

Qualquer pessoa pode desenvolver uma infecção sinusal. No entanto, algumas outras condições de saúde e fatores de risco podem aumentar suas chances de desenvolver a doença. Confira.

  • Desvio de septo
  • Pólipos nasais
  • Asma
  • Sensibilidade à aspirina
  • Uma infecção dentária
  • Alergia respiratória
  • Um distúrbio do sistema imunológico
  • Febre do feno ou outra condição alérgica
  • Exposição regular a poluentes, como fumaça de cigarro

Além disso, um estudo mostrou que a inflamação crônica dos seios da face pode estar causalmente ligada a alterações funcionais de conectividade do cérebro. No entanto, mais pesquisas precisam ser realizadas para confirmar essa informação.

Possíveis complicações

Complicações graves de complicações de sinusite crônica são raras, mas podem incluir:

Problemas de visão

Se a infecção do seio se espalhar para a órbita do olho, pode causar visão reduzida ou possivelmente cegueira, passageira ou permanente.

Infecções

Raramente, pessoas com sinusite crônica podem desenvolver inflamação das membranas e do fluido que envolve o cérebro e a medula espinhal (meningite), uma infecção nos ossos ou uma infecção cutânea grave.

Previna-se

  • Evite infecções respiratórias superiores;
  • Minimize o contato com pessoas resfriadas;
  • Lave as mãos frequentemente com água e sabão, especialmente antes das refeições;
  • Gerencie suas alergias;
  • Sempre que possível, evite a exposição a coisas a que você é alérgico;
  • Evite fumaça de cigarro e ar poluído;
  • Use um umidificador de ar em casa, certificando-se de mantê-lo limpo e livre de mofo com uma limpeza regular e completa.

Como tratar a sinusite?

Faça lavagens regulares

Nas farmácias existem várias opções de sprays nasais próprios para tratar condições como rinite e sinusite, mas você pode também pode fazer a lavagem com soro fisiológico ou uma solução de água salgada.

Antibióticos

Se seus sintomas não melhorarem em algumas semanas, você provavelmente está com uma infecção bacteriana e deve buscar orientação médica. O profissional pode solicitar exames adicionais para determinar se alergias estão desencadeando sua sinusite.

Cirurgia

A cirurgia para limpar os seios da face, reparar um desvio de septo ou remover pólipos pode ajudar se a sua sinusite crônica não melhorar com o tempo e a medicação.

7 remédios caseiros para aliviar a pressão sinusal

Embora alguns tratamentos sem receita possam ajudar a reduzir os sintomas, também existem muitos remédios naturais eficazes. Conheça alguns deles!

1. Vapor

O ar seco e os seios da face secos podem aumentar a pressão dos seios nasais e causar dores de cabeça e latejantes. O vapor adiciona umidade ao ar, ajuda a umedecer as passagens dos seios da face e dilui o muco que pode ter engrossado com o tempo.

2. Solução salina

Um tratamento comum para a pressão e congestão sinusal é uma lavagem com solução salina. O spray salino contém sal que ajuda a aumentar a umidade do nariz e a reduzir a pressão nos seios da face. Você pode comprar spray salino em farmácias ou fazer o seu próprio com bicarbonato de sódio, água destilada e sal sem iodo.

3. Jala neti

O jala neti é uma forma de limpar os seios da face e, consequentemente, manter o trato respiratório livre de sujeira e toxinas. A prática, que faz parte do Hatha Yoga e da antiga medicina ayurverda, consiste em lavar o nariz com uma solução de água morna e sal. Um bule específico deve ser usado para este fim. Saiba mais na matéria Jala neti: técnica indiana cura rinite e sinusite.

4. Descanso

Uma boa noite de sono pode ajudar o corpo a se curar. O sono estimula o cérebro a liberar hormônios que estimulam o crescimento dos tecidos. Além disso, quando você está em repouso, seu corpo é capaz de produzir mais glóbulos brancos essenciais para atacar vírus e outras bactérias.

Tente evitar atividades ou bebidas que sejam estimulantes demais antes de dormir. Permitir que o corpo descanse pode ajudar a reduzir a pressão nos seios da face, acelerar o tempo de recuperação e deixá-lo mais revigorado. Verifique alguns soníferos naturais se precisar de ajuda adicional.

5. Hidratação em dia

A desidratação pode contribuir para o ressecamento das passagens dos seios da face e aumentar a pressão no rosto. Aumente a ingestão de água ao longo do dia se estiver se sentindo indisposto. Os fluidos reduzirão os bloqueios em seus seios da face.

6. Técnicas de relaxamento

A pressão dos seios da face pode causar tensão na cabeça, rosto e pescoço. A terapia de biofeedback, um método alternativo de tratamento que ensina como controlar as funções corporais, pode aliviar essa pressão.

Este método teve sucesso comprovado no alívio de dores de cabeça, incorporando exercícios de respiração profunda e meditação para alcançar o relaxamento e reduzir a dor. Yoga, meditação e outras técnicas de relaxamento podem ajudar a reduzir a dor e a pressão de infecções nos seios da face.

7. Exercício físico

Semelhante à ioga, os exercícios físicos podem reduzir a pressão nos seios da face. A atividade física pode aumentar a circulação sanguínea e aliviar temporariamente a congestão para facilitar a respiração. Embora seja desconfortável de realizar enquanto está doente, a atividade física pode ajudar a melhorar o tempo de recuperação e a acelerar a cura.

8. Aromaterapia

Para obstrução nasal, podem ser utilizados os óleos essenciais de hortelã-pimenta, eucalipto globulus, alecrim QT cânfora e alecrim QT cineol. Saiba mais na matéria Aromaterapia é um tratamento natural para a sinusite.


Fontes: NHS UK, Mayo Clinic e Healthline


Veja também: 

Avatar do autor eCycle
Escrito por:
eCycle