Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Entenda sobre a dor na borda ulnar do punho, suas causas e sintomas

A dor na borda ulnar do punho ocorre do lado oposto ao dedão, geralmente na parte de fora do mindinho, e é relativamente comum. Contudo, seu diagnóstico pode ser difícil, uma vez que esse tipo de dor possui diversas causas possíveis. 

O ulna é um osso que se estende do cotovelo até o pulso, sendo um dos dois ossos que compõem o antebraço. Porém, ele pode não ser o único motivo da dor na borda ulnar do punho, que pode ser influenciada por outros ossos, cartilagem, músculos, tendões e ligamentos. 

Causas

As mãos possuem uma anatomia um pouco complicada, contendo cinco ossos principais, mais oito ossos pequenos que se conectam ao antebraço. Portanto, é difícil apontar uma causa específica para a dor na borda ulnar do punho

Na maioria das vezes, a dor é resultado de uma queda com as mãos abertas, mas ela também pode resultar da prática de esportes — como tênis e golfe —, onde os tendões e ligamentos do pulso podem ser danificados. 

Além disso, outras possíveis causas para a dor na borda ulnar do punho são: 

  • Fraturas no pulso;
  • Artrite nas articulações entre ossos;
  • Síndrome da impactação ulnar — quando o osso ulna é maior que o rádio, o outro osso do antebraço;
  • Inflamação ou irritação dos tendões que dobram e estendem os pulsos;
  • Lesão complexa de fibrocartilagem triangular;
  • Lesão no nervo;
  • Tumores ou cistos;
  • Uso excessivo do pulso, que lesiona os tendões e ligamentos;
  • Trombose da artéria ulnar;
  • Doença de Kienbock.

Sintomas

Além da óbvia dor na borda ulnar do punho, alguns sintomas de alguma lesão no local incluem: 

  • Dor a movimentar o lado do mindinho do pulso;
  • Estalos no pulso, principalmente com rotação;
  • Falta de força no punho;
  • Movimento reduzido ou limitado.

Diagnóstico 

Como já mencionado, o diagnóstico da dor na borda ulnar do punho pode ser um pouco complicado. Entretanto, o profissional de saúde fará uma avaliação do local da dor, além de fazer algumas perguntas sobre possíveis lesões e uso da região. 

Para um exame completo, alguns testes poderão ser feitos, como: 

  • Raio-X
  • Tomografia computadorizada 
  • Ressonância magnética
  • Ultrassom
  • Artrografia do pulso
Imagem de Tom Claes no Unsplash

Tratamento 

Dependendo do diagnóstico e da causa da dor na borda ulnar do punho, o seu tratamento pode variar. Em casos menos severos, onde a dor é resultante de uma lesão leve ou de uso excessivo, é recomendado o uso de medicamentos anti-inflamatórios, como o ibuprofeno. 

Em outros casos, o profissional da saúde pode recomendar repouso, ajuste ergonômico, uso de gesso ou tala ou fisioterapia. Casos mais severos, onde a dor é de longa duração e nenhum tratamento ajuda no seu controle, a cirurgia pode ser recomendada.