Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Entenda alguns sinais de que seu gato está doente e como lidar com isso

Os gatos são, na maioria das vezes, animais tranquilos e quietos na maneira do possível. Isso, mais o hábito de quererem ficar sozinhos, pode ser um empecilho para observar a saúde do animal. Portanto, é essencial prestar atenção em possíveis sinais de que seu gato está doente. Como animais mais reservados do que os cães, os gatos apresentam dicas mais sutis e que podem ser difíceis de perceber. 

Esse hábito não é recente — acredita-se que os gatos domésticos herdaram essas qualidades de seus ancestrais selvagens. Felinos doentes são presas mais fáceis para outros animais, portanto, se escondem e preferem permanecer imperceptíveis. 

Se você acha que seu gato está agindo de jeito estranho, você provavelmente está certo. Porém, embora os tutores reconheçam maneirismos diferentes em seus animais de estimação, o diagnóstico de grande parte das doenças felinas é feito em estágios mais avançados, o que dificulta o tratamento. 

Desse modo, é necessário aprender os sinais de que seu gato está doente para evitar mais problemas. Conheça alguns deles a seguir. 

Urinar fora da caixa de areia

Um sintoma frequente de uma das condições mais comuns em gatos é o uso impróprio da caixa de areia. Os instintos do gato são incríveis, de modo que a maioria não precisa ser treinada a usar a caixa de areia — eles já sabem o que fazer. 

Por isso, urinar fora da caixa pode ser preocupante. Entre os sinais de que seu gato está doente, esse provavelmente indica problemas renais ou infecção do trato urinário — os gatos podem não beber muita água, o que resulta nesses problemas.

Mudanças na aparência

Gatos doentes não se limpam tão bem quanto de costume, principalmente quando estão sentindo dor. Pelos embaraçados, sem vida, secos e tufos de pelo solto podem indicar algum problema de saúde. Além do pelo, esses animais podem apenas parecer diferentes do costume — sentando-se mais curvados ou se movimentando menos “graciosamente” que a maioria dos felinos.

Falta de apetite

A falta de apetite nunca é um bom sinal na maioria dos animais. Enquanto grande parte dos gatos pode apenas apresentar uma dor de estômago ocasional — que resulta em vômito —, passar muito tempo sem comer é preocupante. Esse sinal pode indicar diversas condições diferentes, como doenças respiratórias ou a ingestão de um objeto estranho. 

Imagem de Piotr Musioł no Unsplash

Vômito

Como já mencionado, o vômito ocasional é bastante comum em felinos, assim como a expulsão de bolas de pelo. Entretanto, o vômito excessivo por nenhum motivo aparente provavelmente indica que seu gato está doente. 

Felizmente, esse é um dos sinais de que seu gato está doente mais fáceis de se perceber. 

Sede excessiva

Assim como urinar fora da caixa pode ser um sintoma de problemas renais e infecções urinárias, a sede excessiva também. Em muitos casos, fazer um gato beber água é difícil, fazendo com que o consumo de muitos líquidos seja estranho. 

Vocalização aumentada

Normalmente silenciosos, menos quando querem comida ou atenção, os gatos não miam muito fora de suas “agendas” biológicas. Desse modo, a vocalização constante, que pode durar mais de 24 ou 36 horas é uma indicação de que ele pode estar doente. A vocalização também pode ser um sintoma fácil de observar, uma vez que o gato está ativamente tentando te dizer que algo está errado. 

Esconder 

É normal que gatos se escondam na presença de visitas ou pessoas estranhas. Contudo, ele deve se sentir seguro em sua casa, explorando e andando normalmente. Essas mudanças de comportamento se remetem ao que foi dito sobre seus ancestrais selvagens — felinos doentes se escondem para não ser presas fáceis. 

Andar em círculos

Conhecidos por às vezes serem desastrados e engraçados, alguns comportamentos estranhos dos gatos são constantemente relevados. Andar em círculos, por exemplo, pode indicar trauma na cabeça, infecções no ouvido e outros problemas sérios. Esse é um dos sintomas mais perigosos e não deve ser ignorado. 

Outros sintomas 

Existem diversos outros sinais de que seu gato está doente. Confira uma possível lista de sintomas para ficar atento com a saúde de seu pet. 

  • Pupilas dilatadas ou contraídas constantemente
  • Diarreia
  • Mudança repentina de humor
  • Letargia
  • Perda ou ganho de peso perceptível
  • Respiração rápida ou falta de ar
  • Excesso de higiene
  • Secreção nos olhos ou no nariz
  • Mancar

O que fazer 

Ao notar qualquer um desses sintomas ou comportamentos diferentes, leve seu gato ao veterinário o mais rápido possível. De novo, muitos felinos só começam a mostrar sinais de doenças tardiamente, quando o tratamento não é muito eficaz. 

Para evitar condições sérias e conseguir diagnosticar doenças mais cedo, leve o seu animal em visitas regulares ao veterinário para check-ups de rotina.