Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Descubra a importância do sérum na rotina de skincare e aprenda a escolher o melhor para você

Imagem de Park Street no Unsplash

O sérum facial é um produto indispensável na rotina de skincare. De textura leve e rápida absorção, contém grandes quantidades concentradas de princípios ativos. No sérum, as moléculas ativas dos ingredientes penetram profundamente na pele – daí sua alta eficácia. Em virtude da concentração mais alta dos princípios ativos, os benefícios do sérum também são notados mais rapidamente em comparação com outros produtos para a pele.

O termo sérum é derivado do latim serum, que significa soro. O que diferencia os cremes tradicionais do sérum é a textura aquosa, não oleosa, que promove hidratação e trata a pele ao mesmo tempo. Como existem vários tipos de sérum, é importante conhecer cada um deles para escolher o produto ideal para sua pele e necessidades.

Principais benefícios do sérum

Além de ser absorvido mais rapidamente pela pele, o sérum possui uma formulação mais leve e suave para hidratar o rosto do que os hidratantes em creme. Por isso, deve ser incluído como um primeiro passo na rotina de skincare.

Por ter textura leve, não ser gorduroso e apresentar consistência mais líquida, o sérum se adapta muito bem às peles brasileiras, que tendem a sofrer mais com oleosidade e acne em razão das altas temperaturas. O produto acalma a pele sensível e promove renovação celular, melhorando a aparência de rugas e linhas de expressão. É o caso do sérum com retinol, que tem propriedades anti-idade que combatem o envelhecimento precoce.

O sérum também protege a pele dos radicais livres. Produtos que contêm vitamina C, vitamina E, ácido ferúlico, chá verde, resveratrol e astaxantina ajudam a prevenir os danos oxidativos da luz ultravioleta (UV) e da poluição, que podem causar envelhecimento prematuro da pele, rugas e linhas de expressão.

Alguns tipos de sérum

Antienvelhecimento precoce

Esse tipo de sérum estimula a renovação celular da pele e a produção de colágeno. Pode incluir retinol, bakuchiol ou ambos, cafeína, chá verde, proteoglicanos e ácido hialurônico.

Despigmentalizante ou uniformizador da pele

Esse tipo de sérum costuma conter antioxidantes e ingredientes que combatem a pigmentação, para uniformizar o tom da pele. Podem conter vitamina C, arbutina, ácido azelaico, ácido L-ascórbico, ácido glicólico, ácido kójico, ácido ferúlico, extrato de cogumelo, raiz de alcaçuz e ácido láctico, entre outros.

Hidratante

O sérum hidratante contém ácido hialurônico, uma molécula que se liga fisicamente à água na pele para torná-la mais fresca e jovem. À medida que envelhecemos, vamos perdendo o colágeno e o ácido hialurônico da pele.

O sérum pode reter temporariamente a água nas camadas superficiais da pele, tornando-a mais hidratada. Além disso, também pode minimizar temporariamente as linhas de expressão. Séruns de hidratação costumam conter vitamina B5, ácido hialurônico, peptídeos e luminescina. Devem ser utilizados em conjunto com seu creme hidratante favorito, para potencializar a ação.

Antioxidante

Os antioxidantes combatem os radicais livres que podem danificar a pele saudável. Para ajudar a prevenir danos à pele causados ​​pelos radicais livres, escolha um sérum que contenha ingredientes como vitaminas C, A e E, resveratrol, niacinamida, melatonina e ácido L-ascórbico.

Antioleosidade e antiacne

Esse tipo de sérum geralmente contém ácido salicílico, ácido glicólico ou ácido mandélico. Alguns produtos também contêm niamicida, uma forma de vitamina B3 que é calmante, hidratante e anti-inflamatória, minimizando a irritação e acalmando a pele sensível. Procure também produtos com vitamina E, aloe vera, ácido hialurônico, óleo de jojoba e aminoácidos.

Como usar o sérum

Quando adquirir um novo sérum, aguarde cerca de sete semanas para verificar como sua pele reage a ele. No início, pode ser que alguns problemas que você esteja tentando resolver se agravem: é o chamado “efeito rebote”. Por isso, é importante não abandonar o tratamento pela metade, porque os efeitos surgem em longo prazo. De qualquer maneira, você deve consultar profissionais de dermatologia (antes e durante o tratamento), independentemente de efeitos indesejados.

Aplique o sérum no rosto e no pescoço duas vezes ao dia, uma pela manhã e novamente à noite, antes de aplicar o hidratante e os demais produtos da sua rotina de skincare. Se você estiver fazendo uso de um ácido, aplique-o somente à noite, pois o contato com o sol pode causar manchas e queimaduras na pele. De dia, não esqueça de passar protetor solar para proteger a pele dos efeitos da radiação solar.

O sérum é um produto concentrado e pode causar alergias e reações dependendo do seu tipo de pele. Mesmo depois de passar por consulta dermatológica, é ideal que você faça um teste de pele antes de começar a aplicá-lo diariamente (no dia anterior, por exemplo). Aplique uma pequena quantidade em uma área menor do rosto ou pescoço e verifique como sua pele vai reagir.

Caso sua pele pinique, queime ou arda muito, descontinue o uso. Ácidos, em especial, podem ter um efeito mais perigoso para a pele. Tenha cautela com o uso de muita maquiagem sobre o sérum. Caso o utilize também durante o dia, evite excesso de produtos e permita que sua pele respire.

Sérum de óleos vegetais

Se preferir uma versão mais natural, confira esta receita de sérum feito com ingredientes vegetais, que pode ser usado em todos os tipos de pele. Se perceber qualquer problema ou irritação na pele, consulte especialistas da área dermatológica.

  1. Pegue duas colheres de sopa de óleo de rosa mosqueta e misture com cerca de 10 gotas de óleo de neroli ou óleo de cenoura.
  2. Mexa bem e guarde em um recipiente hermeticamente fechado
  3. Aplique uma camada fina com a ponta dos dedos e massageie a pele.
  4. O sérum pode ser usado de manhã e à noite. O óleo de rosa mosqueta ajuda na produção de colágeno, além de reduzir a inflamação da pele. O óleo vegetal dilui e ajuda a hidratar.


Veja também: