Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Aprenda alguns benefícios da pimenta-negra e como incorporá-la em sua dieta

A pimenta-negra, pimenta-do-reino, ou pimenta-preta, é conhecida como a rainha das especiarias. Muito popular no Brasil, esta variedade traz muitos benefícios à saúde, graças ao seu rico perfil nutricional. Entre outras propriedades, ela promove a boa digestão e previne diversas doenças, graças ao seu poder de desintoxicar o corpo.

Quando adicionada às refeições, realça o sabor dos alimentos e confere a eles um leve toque picante, sem comprometer o paladar. A Piper nigrum, nome científico da pimenta-negra, é nativa das florestas tropicais da costa do Malabar, no sudoeste da Índia, em torno das regiões de Kerala, Goa e Karnataka.

A especiaria é o fruto verde seco, ou o grão de pimenta, da videira rasteira e tem uma coloração diferente dependendo de quando é colhida. Para obter pimenta-negra, os grãos são colhidos quase maduros e deixados para secar até ficarem pretos. Hoje, o Brasil é um dos maiores produtores e exportadores de pimenta do reino, atrás somente do Vietnã e da Indonésia.

Perfil nutricional

A pimenta-negra contém uma variedade de compostos ativos, especificamente oleorresinas e alcaloides como piperina e chavicina. Ela também contém antioxidantes, flavonoides, óleos essenciais e outros compostos fenólicos que ajudam a proteger as células e a melhorar a saúde digestiva. Além disso, a especiaria é fonte das seguintes vitaminas e minerais:

  • Vitamina C
  • Vitamina K
  • Vitamina E
  • Vitamina A
  • Tiamina (B1)
  • Riboflavina (B2)
  • Ácido pantotênico (B5)
  • Vitamina B6
  • Manganês
  • Cobre
  • Ferro
  • Cálcio
  • Fósforo
  • Potássio
  • Selênio
  • Zinco
  • Cromo

E não para por aí: a pimenta-negra ainda é uma boa fonte de manganês, um mineral que pode ajudar na saúde dos ossos, na cicatrização de feridas e no metabolismo. Na verdade, uma colher de chá de pimenta-negra oferece 16% de sua ingestão diária recomendada (IDR) de manganês e 6% de vitamina K.

Benefícios da pimenta-negra para a saúde

Mais do que um intensificador de sabor alimentar, a pimenta-negra oferece benefícios à saúde graças aos seus compostos bioativos, sendo a piperina o mais importante deles. A piperina é um alcaloide natural que confere à pimenta-negra seu sabor picante. É também o principal componente que confere à pimenta-negra suas qualidades benéficas à saúde.

A piperina é considerada um tipo de antioxidante que ajuda a diminuir o risco de doenças crônicas como aterosclerose, doenças cardiovasculares e condições neurológicas. Este composto também tem um efeito positivo na biodisponibilidade dos nutrientes. Ao adicionar pimenta-negra à refeição, você aumenta a quantidade de nutrientes absorvidos pela corrente sanguínea.

O tempero também já foi comprovado em ajudar na absorção de curcumina e beta-carotene, dois compostos que fazem bem à saúde. 

1. Ajuda a prevenir câncer e envelhecimento precoce

Estudos em tubos de ensaio e roedores observaram que suplementos de pimenta-negra moída e piperina podem reduzir os danos dos radicais livres, que causam envelhecimento precoce e diversas doenças, como câncer.

Por exemplo, ratos alimentados com uma dieta rica em gordura mais pimenta-negra ou um extrato concentrado desta especiaria tiveram significativamente menos marcadores de danos por radicais livres em suas células após 10 semanas, em comparação com ratos alimentados apenas com dieta rica em gordura.

2. Tem propriedades anti-inflamatórias

A inflamação crônica pode ser um fator subjacente em muitas condições, como artrite, doenças do coração, diabetes e câncer. Mas estudos de laboratório sugerem que a piperina, o principal composto ativo da pimenta-negra, pode combater com eficácia a inflamação.

3. Promove a saúde do cérebro

A piperina demonstrou melhorar a função cerebral em estudos com animais. Em particular, demonstrou benefícios potenciais para sintomas relacionados a doenças cerebrais degenerativas, como Alzheimer e doença de Parkinson.

Por exemplo, um estudo em ratos com doença de Alzheimer descobriu que a piperina melhorou a memória, pois a distribuição da piperina permitiu que os ratos corressem repetidamente um labirinto com mais eficiência do que os ratos que não receberam o composto.

4. Reduz os níveis de açúcar no sangue

Estudos sugerem que a piperina pode ajudar a melhorar o metabolismo do açúcar no sangue. Em um estudo, ratos alimentados com extrato de pimenta-negra tiveram um aumento menor nos níveis de açúcar no sangue depois de consumir glicose em comparação com ratos do grupo de controle.

5. Pode reduzir os níveis de colesterol

Em um estudo de 42 dias, ratos alimentados com uma dieta rica em gordura e extrato de pimenta-negra diminuíram os níveis de colesterol no sangue, incluindo o colesterol LDL (conhecido como “colesterol ruim”). Os mesmos efeitos não foram observados no grupo de controle.

Além disso, acredita-se que a pimenta-negra e a piperina aumentam a absorção de suplementos dietéticos que têm efeitos potenciais de redução do colesterol, como açafrão e arroz com fermento vermelho.

6. É um tempero versátil

A pimenta preta tornou-se um alimento básico na cozinha doméstica em todo o mundo. Com sabor e aroma forte, mas leve, é versátil e pode melhorar qualquer prato salgado, como sopas, saladas e batatas assadas.

Ela também pode ser usada em conjunto com outros temperos saudáveis, incluindo açafrão, cardamomo, cominho, alho e raspas de limão.

7. Melhora a digestão e a saúde intestinal

A pimenta-negra ajuda a estimular o ácido clorídrico no estômago para que você possa digerir e absorver melhor os alimentos que ingere. Também tem propriedades carminativas, que ajudam a reduzir o desconforto e o acúmulo de gases no intestino.

8. Fortalece o sistema imunológico

A alta imunidade é importante para evitar doenças, e a pimenta-negra também pode ajudar aqui. Seus compostos ativos têm um papel no aumento dos glóbulos brancos, que seu corpo usa para combater bactérias e vírus invasores.

9. Previne a constipação

Se você tem menos de três evacuações por semana, pode estar sofrendo de constipação intestinal, a famosa prisão de ventre. No entanto, esse problema pode ser resolvido adicionando um pouco de pimenta à comida diariamente. Às vezes, quando você está sofrendo de prisão de ventre, pode acabar se esforçando para evacuar ou às vezes não se sente vazio, mesmo depois de evacuar.

Assim, a pimenta-negra reduz o câncer de cólon, constipação, diarreia e outros tipos de doenças bacterianas, se consumida diariamente. O consumo excessivo pode ser prejudicial a você, então certifique-se de adicionar uma pitada dele em sua alimentação diária.

10. Promove a saúde dos cabelos

Para tratar a caspa, diz-se que a pimenta-negra é boa. Tudo que você precisa fazer é adicionar um pouco de pimenta preta amassada com um pouco de coalhada e adicionar ao couro cabeludo e deixar secar por no mínimo 30 minutos.

Além disso, certifique-se de não usar pimenta em excesso, pois isso pode resultar em queimaduras no couro cabeludo. Não utilize shampoo nas 24 horas seguintes à aplicação de pimenta-negra no cabelo, pois isso pode causar efeitos colaterais. Você também pode adicionar limão à pimenta esmagada e aplicá-la no couro cabeludo e depois lavá-la após 30 minutos. Isso deixará seus fios brilhantes e macios.

11. Auxilia na perda de peso

A pimenta-negra é consumida geralmente por pessoas que desejam emagrecer com saúde, podendo ser adicionada ao chá verde e ingerida de duas a três vezes ao dia. Isso porque esse tempero tem um rico conteúdo de fitonutrientes que ajudam a quebrar o excesso de gordura e aceleram o metabolismo.

12. Reduz a dor nas articulações

Se você está sofrendo de artrite com dor nas articulações, não precisa se preocupar, porque a pimenta-negra tem propriedades médicas que podem ajudar você a resolver esse problema. A especiaria ainda ajuda na prevenção da gota e é usada para aliviar dores na coluna e nas articulações.

Como usar a pimenta-negra

Sempre que possível, moa sua própria pimenta em grãos inteiros ao preparar uma refeição. A pimenta-negra moída na hora traz mais benefícios à saúde do que a variedade moída industrialmente. Usar pimenta fresca também garante que você esteja comendo pimenta-negra pura, e não misturada com outros aditivos.