Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

FODMAPs são carboidratos não digeridos pelo organismo que podem causar gases e distensão abdominal

Você já ouviu falar em FODMAPs? O termo FODMAP é um acrônimo para “Fermentable Oligo-, Di-, Mono-saccharides And Polyols”, um nome complicado que, em português, significa oligossacarídeos, dissacarídeos, monossacarídeos e polióis fermentáveis. Se você sofre com sintomas prolongados da Síndrome do Intestino Irritável (Irritable Bowel Syndrome, em inglês), pode ser importante entender como FODMAPs interferem na sua saúde intestinal.

FODMAPs são carboidratos de cadeia curta e álcoois de açúcar mal absorvidos pelo organismo. Quando fermentados pelas bactérias intestinais, essas substâncias produzem dióxido de carbono, hidrogênio e gás metano – ou seja, gases –, expandindo o intestino. O processo pode resultar em distensão e dor abdominal, comuns na Síndrome do Intestino Irritável.

Alimentos com alto teor de FODMAPs – naturalmente ou como aditivos – podem causar uma série de complicações gastrointestinais, como flatulência, inchaço abdominal e diarreia. Se você se identificou com esses sintomas, fique atento! Talvez esteja na hora de identificar os alimentos que devem ser evitados e adotar uma dieta com baixo teor de FODMAPs.

Dieta com baixo teor de FODMAPs

A dieta low FODMAP é indicada exclusivamente para aqueles que sofrem com a Síndrome do Intestino Irritável e outras complicações gastrointestinais, uma vez que a ausência desses carboidratos pode afetar negativamente a microbiota intestinal de pessoas saudáveis. A reelaboração alimentar elimina ou limita severamente alimentos ricos em FODMAPs, durante três a oito semanas.

Após esse período, os alimentos são reintroduzidos na dieta de forma gradual, para verificação dos sintomas. Além de ajudar a reduzir os sintomas da Síndrome do Intestino Irritável, o plano alimentar com baixo teor de FODMAPs pode ter efeito positivo em pessoas que sofrem de Supercrescimento Bacteriano do Intestino Delgado (SCBID) e outros distúrbios gastrointestinais.

Além disso, é importante mencionar que outros fatores podem estar relacionados aos sintomas da Síndrome do Intestino Irritável. Recomenda-se, além da análise nutricional, um tratamento abrangente, que leve em conta a presença de outros elementos disparadores da disfunção. Conheça alguns deles:

O que você precisa saber antes de adotar uma dieta low FODMAP

Alguns alimentos com alto teor de FODMAPs contêm frutose (frutas e vegetais), frutanos (alguns vegetais e grãos), lactose (laticínios), galactanos (legumes) e polióis (adoçantes artificiais). Esses alimentos não são necessariamente prejudiciais à saúde. Ao contrário, alguns deles contêm inulina e galacto-oligossacarídeos, prebióticos saudáveis que ajudam a estimular o crescimento de bactérias intestinais benéficas à saúde.

Por isso, evite eliminá-los da sua dieta caso não apresente sintomas relacionados a doenças gastrointestinais. Especialistas acreditam que um plano de refeições que inclua baixo teor de FODMAPs também pode ajudar a aliviar os sintomas de outras condições de saúde. Confira alguns deles:

Tipos de FODMAP

Monossacarídeos (frutose)

  • Xarope de milho;
  • mel;
  • néctar de agave;
  • maçã;
  • pera;
  • manga;
  • aspargos;
  • cereja;
  • melancia;
  • sucos de fruta;
  • ervilha.

Dissacarídeos (lactose)

  • Leite de vaca;
  • leite de cabra;
  • iogurte;
  • leite de ovelha;
  • soverte;
  • nata;
  • creme;
  • queijo ricota;
  • cottage.

Oligossacarídeos (fructans)

  • Cebola;
  • alho;
  • alho-poró;
  • trigo;
  • cuscuz;
  • farinha;
  • massa;
  • centeio;
  • caqui;
  • melancia;
  • chicória;
  • dente-de-leão;
  • alcachofra;
  • beterraba;
  • aspargos;
  • cenoura vermelha;
  • quiabo;
  • chicória com folhas vermelhas;
  • couve.

Oligossacarídeos (GOS)

  • Lentilhas (que não foram enlatadas);
  • grãos de bico (que não foram enlatados);
  • grãos enlatados;
  • feijão;
  • ervilha;
  • grãos integrais de soja.

Polióis

  • Xilitol;
  • manitol;
  • sorbitol;
  • glicerina;
  • maçã;
  • damasco;
  • pêssego;
  • nectarina;
  • pêra;
  • ameixa;
  • cereja;
  • abacate;
  • amora;
  • lichia;
  • couve-flor;
  • cogumelos.

Confira o teor de FODMAPs em alguns alimentos

Frutas

  • Alto teor de FODMAP
    • Maçã;
    • damasco;
    • abacate;
    • amora;
    • cereja;
    • figo;
    • sucos de fruta;
    • lichia;
    • manga;
    • nectarina;
    • pêra;
    • caqui;
    • ameixa;
    • melancia.
  • Baixo teor de FODMAP
    • Banana;
    • mirtilo;
    • uva;
    • melão;
    • kiwi;
    • limão;
    • limão-galego;
    • laranja;
    • maracujá;
    • abacaxi;
    • framboesa;
    • ruibarbo;
    • carambola;
    • morango.
  • Teor moderado de FODMAP
    • Abacate;
    • chips de banana;
    • coco ralado;
    • toranja;
    • romã;
    • uva-passa.

Vegetais

  • Alto teor de FODMAP
    • Aspargo;
    • alcachofra;
    • beterraba;
    • couve-flor;
    • chicória;
    • milho;
    • alho;
    • cebolinha verde (a parte branca);
    • cogumelo;
    • quiabo;
    • cebola;
    • ervilha.
  • Baixo teor de FODMAP
    • Broto de alfafa;
    • broto de feijão;
    • pimentão;
    • cenoura;
    • pimenta;
    • pepino;
    • berinjela;
    • endívia;
    • erva-doce;
    • feijão verde;
    • couve;
    • alho-poró;
    • alface;
    • azeitona;
    • tomate;
    • cebolinha verde (parte verde);
    • espinafre;
    • abobrinha;
    • acelga;
    • nabo;
    • abobrinha.
  • Teor moderado de FODMAP
    • Brócolis;
    • couve;
    • abóbora;
    • aipo;
    • repolho verde;
    • couve lombarda;
    • batata-doce;
    • tomate.

Amido e legumes

  • Alto teor de FODMAP
    • Cevada;
    • cuscuz;
    • feijão;
    • centeio;
    • soja;
    • trigo.
  • Baixo teor de FODMAP
    • Pão de milho sem glúten;
    • pão de milho;
    • farinha sem glúten;
    • pão sem glúten;
    • massa sem glúten;
    • painço (ou milho miúdo);
    • quinoa;
    • arroz;
    • tapioca;
    • tofu.
  • Teor moderado de FODMAP
    • Trigo mourisco;
    • grão de bico enlatado;
    • aveia sem glúten;
    • lentilha enlatada;
    • pão sovado.

Produtos de uso diário

  • Alto teor de FODMAP
    • Coalhada;
    • queijo cottage;
    • pudim;
    • sorvete;
    • leite (vaca, cabra, ovelha);
    • nata;
    • leite de soja;
    • iogurte.
  • Baixo teor de FODMAP
    • Manteiga;
    • leite de coco;
    • leite sem lactose;
    • chantilly;
    • leite de arroz.
  • Teor moderado de FODMAP
    • Queijo de trigo;
    • queijo feta;
    • cheddar;
    • queijo mozzarella;
    • queijo parmesão.

Grãos e nozes

  • Alto teor de FODMAP
    • Caju;
    • pistache.
  • Baixo teor de FODMAP
    • Nozes;
    • semente de chia;
    • noz macadâmia;
    • amendoim;
    • manteiga de amendoim;
    • pinhão;
    • sementes de gergelim;
    • semente de girassol;
    • nozes.
  • Teor moderado de FODMAP

Carnes

  • Alto teor de FODMAP
    • Carnes processadas que contêm trigo;
    • alho;
    • cebola.
  • Baixo teor de FODMAP
    • Carne de boi;
    • carne de frango;
    • ovos, peixe;
    • carne de pato;
    • cordeiro;
    • carne de porco;
    • frutos do mar;
    • tofu;
    • peru.

Condimentos e enlatados

  • Alto teor de FODMAP
    • Condimentos que contêm trigo;
    • alho;
    • cebola;
    • ketchup;
    • maionese;
    • mostarda;
    • molho japonês;
    • massa de tomate.
  • Baixo teor de FODMAP
    • Vinagre feito de champanhe;
    • molho de peixe;
    • suco de limão;
    • óleos diversos;
    • molho de ostra;
    • vinagre de vinho tinto;
    • molho de soja sem glúten;
    • vinagre feito de vinho branco.
  • Teor moderado de FODMAP
    • Vinagre balsâmico (aromático).

Ervas e pimentas

  • Alto teor de FODMAP
    • Alho e cebola em pó.
  • Baixo teor de FODMAP
    • Manjericão;
    • folhas de louro;
    • pimenta de caiena;
    • cebolinha-capim;
    • coentro;
    • gengibre;
    • hortelã;
    • semente de mostarda;
    • orégano;
    • páprica;
    • salsa;
    • pimenta;
    • pimenta vermelha em pó;
    • alecrim;
    • sal;
    • tomilho;
    • açafrão.
  • Teor moderado de FODMAP
    • Pimenta da Jamaica;
    • canela;
    • pimenta em pó sem cebola;
    • alho.

Sobremesas

  • Alto teor de FODMAP
    • Mel;
    • qualquer produto com manitol;
    • sorbitol;
    • xilitol.
  • Baixo teor de FODMAP

Se você sofre com Síndrome do Intestino Irritável ou outras complicações gastrointestinais, é possível que a adoção de uma dieta com baixo teor de FODMAPs o ajude a ter mais qualidade de vida. Além de reduzir o consumo dos alimentos já mencionados, é importante atentar para o consumo de outras substâncias que podem acentuar os sintomas – como álcool e chá de camomila.

Café não contém FODMAPs, porém a cafeína pode ser um problema para algumas pessoas. Evite também o consumo de refrigerante e de fontes primárias de glúten, como trigo, cevada e centeio.

FODMAPS
Imagem de Brooke Lark no Unsplash