Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Lichia é uma fruta de sabor doce que oferece nutrientes, como vitamina C e potássio

Lichia é uma fruta tropical da família Sapindaceae, um grupo de angiospermas de folhas dispersas. Ela possui uma pele não comestível, rosa-avermelhada, que é removida antes do consumo. Apesar de sua cor vermelha na parte externa, sua polpa é branca, envolve uma semente escura que fica no centro.

Normalmente, a lichia é consumida fresca, mas também em sucos, vinho, geleia e salada de frutas. Apesar de ter poucos estudos que comprovem seus benefícios à saúde, a lichia é rica em diversos nutrientes que fazem bem para o organismo.

Origens 

Um time de pesquisadores da Universidade Agrícola do Sul da China identificou a origem da domesticação da lichia fazendo testes com genomas da fruta. Os cientistas compararam o genoma extraído de uma cultivação da lichia chamada Feizixiao com outras variedades selvagens e cultivadas por agricultores. 

A pesquisa indicou que a fruta foi domesticada mais de uma vez, tendo sua origem em Yunnan e espalhando-se pelo leste e sul chineses. O cruzamento entre espécies aconteceu eventualmente, resultando em outras espécies e cultivares da fruta, incluindo a Feizixiao, que é a variante mais popular. 

Também foi encontrada uma variante específica, com um trecho deletado de material genético que pode ser usado como marcador biológico de outras espécies com diferentes épocas de floração. A descoberta é um marco para o futuro do cultivo da lichia, melhorando o entendimento das espécies. 

Imagem de Isaac N.C. no Unsplash

Benefícios da lichia

Os possíveis benefícios do consumo de lichia estão associados aos seus compostos fenólicos e às suas propriedades antioxidantes. A fruta possui principalmente água e carboidratos. Mas também é fonte rica de nutrientes e vitaminas, como a vitamina C.

Essa vitamina é um poderoso antioxidante que estimula o sistema imunológico, fortalecendo as defesas naturais do corpo. Estudos mostraram que alimentos que são fonte de vitamina C também podem ajudar a reduzir a pressão arterial.

Além disso, a lichia é rica em cobre e potássio. Cobre é um nutriente essencial para o corpo. É ele que, com o ferro, permite que o organismo forme glóbulos vermelhos. Por sua vez, o potássio é um mineral e um eletrólito que auxilia em funções corporais, como pressão sanguínea, ritmo do coração e digestão.

A lichia é apreciada por seu sabor adocicado e pode ser consumida em muitas receitas. Conheça algumas:

Sorvete de lichia

Ingredientes

  • 15 unidades de lichia sem casca e semente;
  • 4 xícaras de leite de coco;
  • 1 xícara de açúcar;
  • 3-4 colheres de sopa de coco ralado;
  • 2 colheres de sopa de amido;
  • 2 colheres de chá de essência de baunilha;
  • ¼ de colher de chá de sal.

Modo de preparo

Com as lichias descascadas, pique grosseiramente e bata no liquidificador, até se tornar uma espécie de purê. Em uma panela, coloque duas xícaras de leite de coco junto com o açúcar e o sal. Aqueça em fogo médio, mexendo até que o açúcar se dissolva completamente.

Em uma tigela, coloque outras duas xícaras de leite de coco com o amido de milho e misture bem. Adicione essa mistura à panela e mexa. Depois que a mistura começar a engrossar, desligue o fogo. Adicione a essência de baunilha, o purê de lichia, o coco ralado e misture tudo muito bem.

Deixe esfriar completamente, despeje em um recipiente próprio para congelar, cubra com uma tampa e leve ao congelador. Espere ficar semi-firme e bata no liquidificador toda a mistura novamente, até obter uma consistência lisa. Em seguida, volte com a receita para o congelador e espere até endurecer para servir.

Suco detox de lichia

Ingredientes

Modo de preparo

Bata todos os ingredientes no liquidificador, passe na peneira e sirva gelado.

Como plantar lichia

A lichia é uma planta tropical, por isso, é encontrada e cultivada com mais facilidade em regiões de clima quente. Sua árvore é de médio porte e de grande longevidade, podendo atingir até 20 metros de altura.

Ela precisa de espaço para se desenvolver, apesar disso, também pode ser cultivada em vaso. Nesse caso, o ideal é que seja um vaso de no mínimo 40 litros. O clima mais úmido e solo rico em matéria orgânica são ideais para plantar as mudas.

No vaso, crie uma camada de drenagem no fundo com argila expandida ou pedriscos. Essa camada facilitará o escoamento da água, sem deixar que a terra fique encharcada. A adubação (de preferência com húmus da compostagem) deve ser feita a cada três meses.