Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Entenda o comportamento dos cachorros mais comuns e o que deve ser observado com atenção

O comportamento dos cachorros depende de diversos fatores externos e internos das diferentes raças e da criação dos animais. Porém, existem alguns denominadores comuns que podem ser analisados e compreendidos por tutores para melhor entendimento de seus cães. 

Entre latir, ofegar e uivar existem diversas causas plausíveis que justificam esses comportamentos, portanto, é necessário analisar a situação como um todo. Contudo, o mais importante é não perder a paciência com os animais. 

Os cachorros são animais irracionais, ou seja, que não provêm da razão para fazer escolhas e criar situações. Muitas vezes, o comportamento dos cachorros é derivado de seu instinto e não podem ser evitados ou reprimidos. 

O que é comum 

Entre os comportamentos mais comuns dos cachorros estão: 

Latir 

Os cães latem como uma forma de comunicação, seja entre espécies ou até mesmo com os humanos. Os latidos podem vocalizar vários sentimentos sentidos pelos cachorros, seja alarme para possíveis estranhos ou perigos, tédio, confusão ou apenas uma expressão de felicidade ao ver seus tutores. 

Uivar

O uivo é similar ao latido, uma vez que ambos são formas de vocalização dos cachorros. Por se tratar de um instinto do animal, os cães comumente uivam quando escutam outros da mesma espécie uivando, ou quando algum som os lembra do uivo — como ambulâncias, músicas e humanos que tentam reproduzir o mesmo som. 

Ofegar

Porque não conseguem suar como os humanos, os cachorros ofegam para se refrescar e manter sua temperatura corporal adequada. Ou seja, o ofegar dos cães é mais comum quando se exercitam, brincam ou em dias mais quentes. 

Ofegar também pode ser uma resposta ao estresse ou ansiedade, onde os cachorros usam da tática para se acalmar. 

Inclinar a cabeça 

Inclinar a cabeça também é comum no comportamento dos cachorros. A ação é, muitas vezes, uma resposta a algum som novo que o animal nunca escutou antes, ou apenas uma posição para ouvir ou ver melhor. Também pode ser um sinônimo de confusão, quando o cão vê algo que não entende. 

Lamber outra pessoa 

Assim como os humanos beijam alguém, os cachorros lambem para expressar afeição a alguém. Contudo, as lambidas também podem ser um jeito carinhoso de pedir atenção aos tutores, assim como o latido. 

O que precisa ser observado

Muitas vezes, o comportamento dos cachorros indicam alguns problemas de saúde ou condições que precisam de atenção. 

Latir ou uivar excessivamente

Enquanto ambos latidos e uivos são formas de comunicação comuns no comportamento dos cachorros, algumas vezes essas vocalizações em excesso podem indicar algum problema do animal. Seja estresse ou ansiedade, eles são problemas comportamentais que podem ser resolvidos com ajuda de profissionais de saúde. 

Ofegar excessivamente 

Como já mencionado, os cachorros ofegam para regular a temperatura corporal. Porém, principalmente em dias mais quentes, o ofegar pode ser resultado de condições mais preocupantes, como a insolação ou desidratação

Confira os outros sintomas dessas condições aqui: 

Comer suas próprias fezes 

Também chamado por coprofagia, o ato do animal consumir as suas próprias fezes, embora muitas vezes comum para filhotes, pode resultar em alguns problemas de saúde. Especialistas não conseguem apontar exatamente porque isso acontece, mas pode ser um sinal de doença ou má nutrição.

Ansiedade de separação

Mesmo também sendo comum, a ansiedade separação deve ser tratada para não criar complicações futuras. Para amenizar os sintomas, leve seu cachorro para passear antes de sair de casa ou passe um tempo a mais com ele. 

Morder

Se seu cão não tem o hábito de morder e de repente começa a apresentar esse tipo de comportamento, ele pode ser a indicação de algum problema de saúde, como dores e doenças. Contudo, algumas mordidas em resposta ao medo, alarme ou defesa são comuns e os cães podem ser adestrados para resolver o problema.