Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Projeto de cinema temporário ocorreu ao longo dos meses de julho e agostos com vistas a conscientizar população

Lindsey Scannapieco, uma americana que estuda na London School of Economics, na Inglaterra, desenvolveu uma maneira interessante de fazer com que os londrinos pensem sobre reciclagem. Trata-se da construção de um cinema temporário ao ar livre (em que as pessoas assistem filmes dentro de carros) tendo como materiais primordiais geladeiras e refrigeradores velhos e indesejados.

O projeto chamado “Films on Fridges” (Filmes na Geladeira – tradução livre) teve início em 27 de julho e durou até o dia 13 de agosto, na região leste de Londres. Ele foi inspirado na criticada “montanha de geladeiras” que existia em Londres até 2005 e foi solucionada devido aos preparativos para as Olimpíadas de 2012.

Doados pela empresa de reciclagem de metal e eletrônicos, SimsRecycling Solutions, as geladeiras eram uma lembrança do passado industrial da região leste de Londres, enquanto os filmes apresentados, como “Rocky”, “Cool Runnings” e outros, refletiam o futuro do local.

Cerca de 150 geladeiras foram usadas para construir o cinema ao ar livre. No entanto, o projeto não exibiu filmes diretamente nas geladeiras para garantir a boa qualidade das películas. As geladeiras sustentaram a parte em que as imagens eram projetadas.

A estudante de arquitetura Emma Rutherford, que também esteve envolvido com o projeto, disse que o cinema foi pensado para conscientizar as pessoas sobre reciclagem e sustentabilidade.

“Queríamos que o ‘Filmes na Geladeira’ fosse uma instalação divertida,  criativa, mas também educativa”, disse a estudante para o jornal britânico The Guardian. “Há pessoas que vieram assistir aos filmes e sequer sabiam da existência da ‘montanha de geladeiras’ nessa região. Se uma lâmpada acendeu acima da cabeça de cada uma delas, já terá valido a pena. Claro, se a lâmpada for sustentável”, completou.