Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Entenda o que causa acne e como acabar com ela com remédio para espinhas no estilo caseiro

Conhecer opções alternativas e naturais de remédio para espinhas é uma forma de evitar o estresse causado por esse incômodo. Se você sofre com espinhas eventualmente, saiba que a solução pode estar na sua cozinha!

Mas vale lembrar que os tratamentos caseiros não substituem a orientação dermatológica. Caso seu problema seja severo, alternativas naturais podem funcionar como um auxiliar para o tratamento indicado por profissionais da área.

Espinha e acne

Você sabe o que são espinhas e qual a diferença entre espinha e acne? Segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia, uma única espinha não pode ser chamada de acne.

A acne, na verdade, é o conjunto de erupções que se desenvolvem quando os poros da pele permanecem obstruídos, seja pelo excesso de células mortas ou por bactérias.

As espinhas começam a aparecer na puberdade, pois é quando há um aumento na atividade hormonal. A dermatologista Debra Jaliman explica, em artigo publicado no portal Webmd, que elas surgem quando os hormônios masculinos das glândulas suprarrenais (adrenalina) estimulam e ativam o óleo das glândulas sebáceas (pele).

Esse óleo é uma substância natural do corpo e faz parte da lubrificação e proteção da pele. Sob certas condições, as células próximas à superfície podem impedir as aberturas das glândulas sebáceas, o que causa o acúmulo de óleo por baixo delas.

Fatores que contribuem

Em alguns casos, o contato a partir de capacetes e proteções para o rosto podem agravar a acne. Medicamentos também podem causar ou piorar a acne, como os que contêm iodetos, brometos, esteroides orais ou injetáveis.

Uma pesquisa feita com mulheres mostra que 41% delas têm ou tiveram acne. Apesar das espinhas aparecerem por conta dos níveis de testosterona elevado na puberdade, outras condições também fazem com que esse hormônio e o estrogênio aumentem. A mais comum chama-se síndrome do ovário policístico, ou SOP.

Síndrome do ovário policístico (SOP)

Esse distúrbio endocrinológico que afeta cerca de 10% das mulheres, em geral, é caracterizado pelo aumento de hormônios masculinos no corpo. Um dos sintomas mais notáveis da SOP é a acne, além do aumento do volume do ovário, dos ciclos irregulares da menstruação, do ganho de peso e da queda de cabelo.

A Associação de Obstetrícia e Ginecologia do Estado de São Paulo afirma que essa doença tem origem genética e também que está associada à produção da insulina em excesso pelo organismo, que em grande quantidade provoca o desequilíbrio hormonal.

As regiões onde a acne mais aparece são rosto, busto, costas, pescoço e ombros, onde é maior a manifestação de glândulas sebáceas, que são as responsáveis pela produção do sebo. Qualquer tipo de acne pode ser controlado e tratado, mas é de suma importância que a pessoa busque ajuda médica, sem importar a idade. Ao se manifestar de uma forma intensa, a acne pode afetar a qualidade de vida e a autoestima.

No momento da consulta, você pode questionar o profissional sobre a possibilidade de utilizar alguns dos tratamentos para espinhas e acne e produtos abaixo, que são mais naturais.

18 opções de remédio caseiro para espinha

Óleo essencial de melaleuca

Extraído das folhas de uma árvore nativa da região da Austrália, o óleo de melaleuca pode ter resultados tão bons quanto os cremes convencionais contra a acne e a espinha.

Leite de magnésia

É usado para reduzir a oleosidade na pele. A aplicação pode ser feita com algodão, mas apenas uma vez ao dia, para evitar o ressecamento.

Aloe vera

Apesar de não evitar que ocorra a acne, o gel de Aloe vera ajuda na cicatrização e alivia o inchaço e a inflamação. Basta passar o produto uma ou duas vezes ao dia para observar os resultados.

Óleo de jojoba

Esse óleo vegetal, extraído da semente da planta de jojoba, regula o pH da pele. Então, se você tem a pele mista (nem seca nem oleosa), ele é ideal para hidratar e equilibrar a oleosidade do rosto, já que não vai obstruir os poros.

Vinagre de maçã

Ótimo contra espinhas, pois mata as bactérias que podem estar causando esse problema. O vinagre de maçã também seca o excesso de óleo, o que ajuda a restaurar a textura natural da sua pele.

Carvão vegetal ativado

É usado como esfoliante para absorção de impurezas da pele, ou por via oral. O carvão ativado ajuda as toxinas a saírem do organismo. Além disso, ele possui propriedades cicatrizantes e antibacterianas.

Tomate, limão, abacate e pepino

Juntos, esses alimentos são muito eficazes na limpeza da pele, eliminando bactérias da superfície. Eles ajudam a combater a vermelhidão, hidratam a pele e removem o óleo extra.

Além de tudo isso, são fonte de vitamina C, que controla os ferimentos de acne e revitaliza a pele. O uso de tamarindo com limão também previne a formação de espinhas.

Batata

Corte a batata em tiras e aplique-as nas áreas afetadas para observar os resultados. A batata é rica em vitamina C, que regula o colágeno e ameniza as partes danificadas da pele, e em vitamina B, que regenera as células da pele.

Azeite

Este óleo vegetal ajuda a rejuvenescer a pele, trazendo de volta o que a acne antes tinha danificado. Sendo de natureza ácida, ele possui antioxidantes e vitaminas E e K.

Sua acidez também pode sumir com as cicatrizes com o uso regular, além de manter a pele hidratada.

Mamão papaya

Um remédio totalmente natural que remove as células mortas da pele e o excesso de lipídios, deixando-a mais macia. Ele também contém uma enzima que reduz a inflamação e ajuda a evitar a inflamação, além de evitar a formação de pus.

Casca de laranja e banana

A vitamina C da casca da laranja é particularmente útil porque faz com que novas células saudáveis possam crescer. A casca da banana contém antioxidantes poderosos, capazes de reduzir o inchaço e a inflamação.

Vaporização

O vpor abre e higieniza os poros. Basta apenas ferver a água em uma panela, despejá-la em uma bacia e armar uma toalha por sobre a cabeça para prender o vapor naquela região

Canela e aveia

A canela possui propriedades antimicrobianas e a aveia é rica em fibras e zinco. Juntas, elas formam a combinação ideal para o combate das espinhas e da acne.

Açúcar

Misturado com água ou azeite, o açúcar ajuda a se livrar das excessos da pele, agindo como esfoliante e desobstruindo os poros.

Chá verde

O chá verde possui um antioxidante que reduz a quantidade de sebo, a inflamação e o crescimento bacteriano na pele. Você pode aplicar com um pano macio ou um algodão, mas também há quem passe o saquinho do chá (mergulhado por 2 ou 3 minutos em água morna) na parte do rosto.

Óleo de neem

Já ouviu falar no óleo de neem? Este óleo, não muito conhecido, tem propriedades que eliminam as bactérias causadoras de acne e evita que novas possam surgir.

Óleo de rícino

Acredita-se que a inflamação seja um fator no desenvolvimento e na gravidade da acne. Por isso, segundo um estudo, aplicar óleo de rícino na pele pode ajudar a reduzir o problema, uma vez que seus compostos são anti-inflamatórios naturais.

Aliás, o óleo de rícino costuma ser maravilhoso para a pele no geral. Confira mais benefícios no vídeo a seguir.