Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Aprender como economizar gasolina pode fazer bem para o bolso e ainda reduzir a pegada ambiental

Aprender como economizar gasolina pode fazer bem para o bolso e ainda reduzir a pegada ambiental. Economizar combustível evita a queima de gasolina, reduzindo, também, os impactos à saúde humana gerados pela poluição do ar. Entenda:

O que é gasolina?

A gasolina é o combustível mais utilizado nos motores de combustão interna, sendo uma mistura de hidrocarbonetos – compostos orgânicos que contêm átomos de carbono e hidrogênio – obtidos do petróleo bruto a partir de vários processos, como o “cracking” e a destilação. Os hidrocarbonetos que compõem a gasolina são formados por moléculas de menor cadeia carbônica, normalmente cadeias de seis a dez átomos de carbono.

Depois de extraído, o petróleo vai para as refinarias de petróleo, onde sofre a separação e a purificação de seus componentes. Nas refinarias, o petróleo bruto entra em uma fornalha, onde é aquecido. Em seguida, ele passa pela torre de destilação à pressão atmosférica, em que são separadas várias frações.

A gasolina é uma delas. Ela é obtida entre temperaturas de 35 e 140 °C e composta por seis a dez carbonos. 

Queima de gasolina

A queima de gasolina pode provocar graves danos ao meio ambiente e à saúde humana. Ela está relacionada a diversos problemas respiratórios causados pela emissão de poluentes atmosféricos, como o monóxido de carbono. Além disso, o processo de combustão de gasolina também leva à emissão de dióxido de enxofre e de óxidos de nitrogênio, contribuintes da chuva ácida.

Outro impacto negativo do uso de gasolina para o meio ambiente é a intensificação do efeito estufa e, consequentemente, do aquecimento global. Isso acontece devido à emissão de gases do efeito estufa na atmosfera, como dióxido de carbono. Além dos poluentes primários, o consumo desse recurso pode dar origem a poluentes secundários, que se formam a partir de reações dos poluentes primários.

Um exemplo de poluente secundário é o ozônio. Ele ocorre naturalmente na estratosfera, camada da atmosfera localizada entre 15 e 50 km de altitude, onde a camada de ozônio desempenha a função de impedir a passagem de parte da radiação ultravioleta. O ozônio também pode surgir na troposfera, a camada mais baixa da atmosfera, através de reações químicas entre o dióxido de nitrogênio e compostos orgânicos voláteis sob a ação de radiação solar. Uma das origens dos poluentes que formam o ozônio troposférico é a queima de gasolina. O ozônio troposférico pode causar problemas respiratórios e cardiovasculares.

Por isso, sempre que possível, é bom economizar gasolina e evitar os danos socioambientais de sua queima. 

Como economizar gasolina?

Não deixe os pneus murchos

Pneus com baixa pressão desperdiçam cerca de 200 mil litros de gasolina por dia nos Estados Unidos. Para saber o número exato na hora de calibrar seu pneu, procure a informação na parte de dentro da porta do motorista ou no manual de instruções que vem junto com o veículo. É sempre uma boa ideia verificar a calibragem dos pneus antes de dirigir três quilômetros ou mais, ou pelo menos a cada mês.

Retire o excesso de peso

Peso extra com itens desnecessários faz o motor do veículo trabalhar mais e utilizar mais combustível.

Planeje seu percurso

Verifique qual a melhor rota antes de sair de casa. Procure por caminhos que não estejam congestionados e que ofereçam o melhor tempo de percurso.

Evite acelerar o carro quando estiver parado

Mesmo durante os meses mais frios do inverno, acelerar o veículo com ele parado para aquecer é um grande desperdício. Carros aquecem mais rápido quando estão em movimento. 

Saia mais cedo e dirija devagar

Procure sair de casa sem estar se sentindo estressado, apressado ou irritado, pois isso fará com que você dirija com segurança e de forma ecologicamente correta, poupando, assim, não só combustível, mas a sua saúde!

Mude as marchas do carro de forma correta

Muitas pessoas esquecem que mudar as marchas em um carro manual pode afetar a economia de combustível. A mudança no momento errado ou em circunstâncias erradas pode gastar de 1% a 2% a mais de gasolina, porém, quando somado a outros hábitos de condução diária, é possível perder até 20% da sua quilometragem com hábitos errados. Procure mudar e perceber qual a forma correta de acordo com seu carro.

Verifique o óleo

Usar o tipo errado de óleo pode custar a eficiência do combustível. Certifique-se de ler as recomendações do fabricante. Sempre que possível, use óleo sintético do motor. Isso pode reduzir o desgaste e manter o motor funcionando muito bem.

Faça alinhamento e balanceamento

Rodas desalinhadas geram uma dificuldade maior para o carro se locomover, pois elas se arrastam. Isso reduz a vida útil dos pneus e aumenta o risco de acidentes e o consumo de combustível.

Coloque a manutenção em dia

Procure sempre levar o carro para a manutenção se algo não estiver funcionando direito. Peças quebradas ou com defeito tendem a aumentar o consumo, pois fazem o motor e as outras partes do carro funcionarem com mais dificuldade. 

Use menos ar-condicionado

O ar-condicionado recebe uma carga do motor do carro para funcionar, impactando o consumo de combustível de forma direta. Assim, o motorista pode tentar deixar as janelas abertas e evitar o uso do equipamento.

Outras dicas de como economizar gasolina

  • Não ignore a luz do motor de verificação, pode ser algum problema que está resultando na perda de combustível;
  • Mantenha o carro limpo. Pode fazer uma diferença surpreendente para economizar, pois um carro limpo causa menos atrito com o ar;

Essas são algumas ideias que podem ajudar a economizar gasolina no dia a dia. Dirija de forma consciente, preserve sua vida, a vida das pessoas a sua volta e o meio ambiente.  Repense o uso de seus meios de transporte e reduza o consumo de derivados de animais Afinal de contas, reduzir o consumo de carne vermelha é mais efetivo contra gases-estufa do que deixar de andar de carro, dizem especialistas.