Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Prática da medicina tradicional chinesa, qigong envolve prática de exercícios físicos e meditação

O qigong, também conhecido como chi kung, é uma técnica chinesa antiga que consiste em um conjunto de práticas conscientes. Tendo sido criado na época da Dinastia Han (206-220 d.C.) o  qigong é formado por movimentos, técnicas de respiração, massagem, sons e treinos de foco que têm o intuito de equilibrar a energia vital do corpo humano.

O que é qigong?

O termo “Qi” significa “energia vital”, enquanto “Gong” se traduz como uma habilidade cultivada por meio da prática constante. A técnica surgiu há cerca de 4 mil anos, e faz parte da medicina tradicional chinesa, que prega que o qi, ou energia vital, está presente no corpo de todas as pessoas. 

De acordo com os princípios da medicina chinesa, o qi precisa fluir pelo corpo para que as pessoas mantenham seu bem-estar. Caso a energia vital desse indivíduo trave em um único local,  é possível que ele desenvolva algum problema de saúde. 

A partir deste ponto que se encontra o objetivo do qigong, manter a energia vital das pessoas em equilíbrio, para que a saúde não seja afetada. A fluidez do qi, na técnica do qigong, é essencial para que o corpo encontre seu processo de cura. 

Existem dois tipos de técnicas no qigong, a dinâmica e a meditativa. A dinâmica é ativa e foca principalmente nos movimentos do corpo, como os dos braços e das pernas. Já a meditativa é passiva e pode ser praticada em qualquer postura mantida por um longo período de tempo, envolvendo também exercícios mentais e de respiração. 

Caminhos do Qigong

Para você começar a prática de qigong, é preciso saber que existem caminhos diversos que se pode seguir dentro deste tipo de medicina tradicional. Cada um possui seus benefícios únicos, e diferem nas áreas de foco, intenção e metodologia.

Os caminhos do qigong são:

Qigong clínico: o uso do qigong para o tratamento de uma variedade de diagnósticos, sempre como um tratamento complementar e não como uma única opção. O qigong clínico é praticado por pessoas que querem ensinar outros a praticar a medicina tradicional.

Cultivação pessoal: aprender o qigong para prática pessoal. O indivíduo que segue esse caminho tem o intuito de desenvolver sua jornada de autoconhecimento, através dos movimentos e exercícios de respiração e intenção do qigong

Qigong marcial: o qigong também pode ser incluído na prática das artes marciais, com intuito de manter o equilíbrio do corpo e desenvolver a auto proteção do indivíduo. 

Qigong espiritual: um estilo de qigong que tem como objetivo aumentar a conexão de seus praticantes a tudo que é transpessoal, como a terra e a humanidade.

Tai chi e Qigong

O tai chi e o qigong não são as mesmas coisas. Na verdade, muitos praticantes de qigong consideram o tai chi uma das práticas desta medicina tradicional. Por isso, eles seguem o mesmo princípio e possuem exercícios em comum.

Por isso, antes de praticar qualquer uma das técnicas, tenha em mente que o tai chi não é a mesma coisa que qigong, porém ele pode ser considerado um dos métodos que deriva de seu conceito. Para saber mais sobre tai chi, confira o artigo “Tai Chi: energia vital e benefícios à saúde”.

Benefícios do qigong 

Não existem tantos estudos a respeito do qigong, como existem sobre o tai chi. A maior parte das pesquisas sobre o assunto é pequena, ou de fontes limitadas. Por isso, pouco se sabe sobre os verdadeiros benefícios do qigong para a saúde física e mental. 

Para os praticantes da técnica, os benefícios do qigong vão muito além de sua comprovação científica. Segundo os fundamentos da medicina tradicional chinesa, o uso do qigong pode ser benéfico para o tratamento de qualquer condição, desde que seja utilizado como um complemento à cura.

Alguns dos benefícios do qigong, que ainda se sabe pouco a respeito, são:

Como fazer qigong

Para começar a praticar qigong, você não precisa de um professor ou técnico especializado, muitas pessoas compram cursos pela internet ou acompanham vídeos no YouTube que ensinam as práticas totalmente de graça.

Porém, se você prefere ter aulas presenciais e ter contato com os seus colegas de qigong, a melhor alternativa pode ser buscar professores que dêem aula. Você pode procurar o instituto, ou estúdio, mais próximo que ofereça os aprendizados do qigong, para adotá-lo em sua vida.