Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Globalização se refere aos movimentos e trocas feitas por todo o mundo e tem efeitos positivos e outros bem negativos para o planeta

Globalização é a aceleração dos movimentos e trocas em todo o planeta. Essa troca pode ser de serviços, bens, capitais, práticas culturais, entre outras possibilidades, e pode acontecer em diferentes planos, por exemplo, geograficamente ou economicamente. Dessa forma, a globalização promove e aumenta as interações entre diferentes regiões e populações ao redor do mundo. Por um lado, isso traz diversos benefícios às populações, mas, por outro, também gera efeitos negativos ao meio ambiente.

Quando a globalização começou?

A globalização aconteceu inevitavelmente com as trocas entre diferentes sociedades. Nos tempos antigos, as civilizações desenvolveram rotas de comércio e experiências de intercâmbio cultural. Fenômenos migratórios também contribuíram para que o movimento da globalização se expandisse. 

À medida que as culturas avançavam, mais capazes elas se tornavam de viajar para longe e trocar seus produtos por outros itens não encontrados em seu local de origem. Nem sempre esse movimento foi positivo. As rotas comerciais também envolveram exploração, colonização e escravização. 

Nos últimos tempos, a taxa de globalização aumentou, devido aos grandes avanços em comunicação e transporte. As notícias, por exemplo, circulam com muito mais rapidez entre diferentes nações, as tecnologias permitem o contato instantâneo com outras pessoas, mesmo que elas estejam do outro lado do globo, e o ser humano pode se mover com mais facilidade e agilidade. 

Exemplos de globalização

A globalização de fato envolveu um movimento bastante focado no comércio. No entanto, não é só no âmbito econômico que ela acontece. Ela se desenvolve das seguintes maneiras: 

  • Globalização econômica: desenvolvimentos de sistemas de comércio dentro de atores transnacionais;
  • Globalização financeira: associada ao surgimento de um sistema financeiro global com trocas financeiras e monetários internacionais;
  • Globalização cultura: refere-se à interpenetração de culturas que faz com que as nações adotem princípios, crenças e costumes de outras nações;
  • Globalização política: o desenvolvimento e a crescente influência de organizações como a Organização das Nações Unidas (ONU) ou a Organização Mundial da Saúde (OMS) que atuam em nível internacional;
  • Globalização tecnológica: pessoas de todo mundo interconectadas pelo mundo digital;
  • Globalização geográfica: a organização e a hierarquia de regiões do mundo estão em constante mudança. Com o transporte mais acessível e fácil, é possível viajar quase que pelo mundo todo;
  • Globalização ecológica: considera-se o planeta Terra como uma entidade global única que todas as sociedades devem proteger.

Pontos positivos e negativos da globalização

Mais trocas culturais

A globalização aumentou as trocas financeiras e também aumentou as trocas humanas, fazendo com que diferentes sociedades compartilhassem suas culturas. Isso permitiu que uma mesma região passasse a desenvolver diferentes práticas culturais e até mesmo crenças diferentes. 

Com a globalização tecnológica, livros, filmes e música passaram a ser mais acessíveis em todo o mundo, trazendo ainda mais trocas culturais. Apesar disso ser positivo, essa globalização também contribuiu para uma homogeneização negativa das culturas.

Homogeneização das culturas

Os intercâmbios culturais foram muito importantes para o desenvolvimento das sociedades. No entanto, a globalização contribuiu para uma homogeneização que faz com que certas características culturais desapareçam, tais como línguas ou tradições.

Desenvolvimento econômico

A globalização contribuiu bastante para o desenvolvimento econômico. Houve uma aceleração das trocas que levou a um forte crescimento econômico global e a um rápido desenvolvimento industrial, com a criação acelerada de novas tecnologias. A globalização também gerou vantagens competitivas para empresas que passaram a obter matérias-primas mais baratas. Dessa forma, empresas de vários países se envolvem na confecção de produtos.

Para os consumidores, isso significou preços menores, pois o custo de fabricação de diversos itens diminuiu. Isso, porém, levou a uma série de consequências, como desigualdade social, desigualdade econômica e efeitos negativos ao meio ambiente.

Efeitos negativos ao meio ambiente

O desenvolvimento massivo de meios de transportes que ocorreu em paralelo à globalização é responsável por graves problemas ambientais, incluindo emissões de gases de efeito estufa, poluição do ar e contribuição para o aquecimento global. O desenvolvimento industrial também contribui para isso, com grandes consequências ambientais, como desmatamento, esgotamento de recursos naturais, destruição de ecossistemas e perda de biodiversidade.

A distribuição maior de mercadorias, que abarca uma indústria rápida, de obsolescência programada e fast fashion, por exemplo, fez com que o problema do lixo ficasse cada vez maior. Isso, por sua vez, contribuiu para problemas como a poluição de plástico.

Ainda que essas consequências sejam efeitos da globalização, é preciso uma globalização ecológica, feita de ideias, para que o mundo possa entrar em sinergia, repensando nossos estilos de vida e levando consideração a sustentabilidade.