Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Carste é um ecossistema de valor cultural, econômico e biológico pouco conhecido, mas está presente em várias regiões do mundo

Carste é um tipo de formação rochosa formada ao longo de milênios de anos que tem como principal componente o calcário, mas também podem ser encontradas composições de mármore e dolomita. A corrosão química do carste dá origem a um ecossistema formado por cavernas e dolinas, o que o torna um local de importância cultural, econômica e biológica, uma vez que também é habitat de diversas espécies. Embora relativamente desconhecido, o carste cobre cerca de 20% da superfície terrestre do planeta Terra.

Por que é importante preservar e conservar o carste

O carste abriga diversas espécies vegetais e animais, tais como primatas ameaçados de extinção, peixes-cegos, cobras comedoras de morcegos, lagartixas-anãs e caracóis-fantasmas. Devido ao seu tipo de relevo (inclinação e relativa inacessibilidade), as paisagens cársticas atuam como refúgios naturais para espécies que desapareceram em outros lugares como resultado da caça e perda de habitat. Elas também abrigam inúmeras formas de vida únicas que evoluíram isoladamente e se adaptaram ao seu nicho.

Fragilidade

O carste é uma paisagem extremamente sensível a atividades humanas, que vão desde pequenos danos nas mãos de visitantes descuidados até a destruição irreparável em escala industrial causada pela mineração de cimento. Muitas espécies que compõem essas comunidades cársticas têm um alcance limitado, geralmente confinado a um único topo de colina ou caverna. Para se ter uma ideia, uma única explosão da atividade mineradora pode eliminar completamente uma espécie cárstica da Terra.

Mianmar

Carste
Imagem de Hans Braxmeier por Pixabay 

Os ecossistemas cársticos de Mianmar estão apenas começando a revelar seus segredos, mas já há ampla evidência de que eles abrigam um grande número de espécies que não ocorrem em nenhum outro lugar do mundo.

Toda a população mundial do recém-descrito Popa langur — compreendendo não mais do que 250 indivíduos —  está restrita a quatro fragmentos de habitat de calcário revestido de floresta em uma área do centro de Mianmar que está pronta para exploração por interesses comerciais.

Sem uma intervenção urgente para proteger as paisagens de calcário do mundo e a vasta gama de espécies ameaçadas que dependem delas para sobreviver, as extinções são inevitáveis. Ainda há muito a ser feito para garantir o futuro dos carstes.