Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Usina de compostagem é uma opção econômica e sustentável para a destinação de resíduos orgânicos

Imagem de Joshua Hoehne em Unsplash

Usina de compostagem é uma instalação que possui o objetivo de transformar resíduos orgânicos em húmus por meio de processos biológicos e físico-químicos. Quando descartada em aterros sanitários e lixões, a matéria orgânica passa por um processo de decomposição e se mistura com outras substâncias tóxicas que sofreram lixiviação, dando origem a um tipo de chorume tóxico. Além de possuir um cheiro forte e desagradável, esse chorume pode contaminar solos, rios e águas subterrâneas. Quando compostada, ela também passa por um processo de decomposição, mas origina um chorume que pode ser utilizado como fertilizante e pesticida natural.

Isso acontece porque no processo de compostagem, o chorume resulta da decomposição de matéria orgânica pura, enquanto em aterros e lixões os vários tipos de descarte são decompostos juntos e liberam um chorume contaminado e cujo descarte exige atenção. Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), existem aproximadamente 80 usinas de compostagem no País, sendo que grande parte delas está desativada por falta de políticas de coleta, triagem e processamento da matéria orgânica coletada.

O que é compostagem?

Compostagem é o processo biológico de valorização da matéria orgânica, seja ela de origem urbana, doméstica, industrial, agrícola ou florestal, e pode ser considerada como um tipo de reciclagem do lixo orgânico. Trata-se de um processo natural em que os micro-organismos, como fungos e bactérias, são responsáveis pela degradação da matéria orgânica, transformando-a em húmus, um material extremamente rico em nutrientes, com alto potencial de uso como fertilizante natural.

A prática no ambiente doméstico ainda faz bem para a saúde. De acordo com um estudo, o contato com uma bactéria presente no húmus funciona como um antidepressivo, diminui alergias, dor e náusea.

Importância da compostagem

De acordo com dados do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA), a matéria orgânica corresponde a mais da metade do volume total de resíduos produzidos no Brasil, e tudo isso vai parar em aterros sanitários, onde são depositados com os demais tipos de resíduos, sem receber tratamento específico.

A compostagem gera muitas vantagens para o meio ambiente e para a saúde pública, seja ela aplicada no meio urbano ou rural. A principal delas é que, no processo de decomposição, ocorre a formação de água, chorume não tóxico e biomassa (húmus). Para saber mais sobre a compostagem e seus benefícios, acesse a matéria “O que é compostagem e como fazer?”.

Usina de compostagem em São Paulo

A primeira central de compostagem do programa Feiras e Jardins Sustentáveis foi inaugurada na capital paulista em 2015. O pátio piloto foi criado para evitar que resíduos orgânicos (frutas, legumes e verduras) coletados nas feiras livres de São Paulo sejam descartados em aterros sanitários. Pelo projeto, o material é reciclado e transformado em adubo ecológico. O equipamento serviu de referência para outros pátios e quatro centrais de compostagem que foram implantados na cidade em 2016.

Localizado em uma área de três mil metros quadrados na Subprefeitura da Lapa, o pátio recebe quantidades significativas de resíduos orgânicos, coletados em feiras da região.

O programa Feiras e Jardins Sustentáveis da Lapa adota um sistema de compostagem de resíduos orgânicos baseado em método criado pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e pelo Cepagro (Centro de Promoção e Estudos da Agricultura de Grupo). Os resíduos orgânicos são coletados pela Inova nas feiras livres. Esse material é separado e depositado em leiras (canteiros preparados para o recebimento desses resíduos). Em seguida, os resíduos são cobertos por camadas de palha de grama, propiciando o surgimento de bactérias e fungos que degradam a matéria orgânica de forma controlada, sem exalar mau cheiro ou atrair insetos.

Os resíduos de poda triturada garantem que o ar continue circulando, o que é fundamental para o êxito do processo. O adubo é utilizado em ações de jardinagem nas praças. Para estimular a participação da comunidade, a Inova investiu em ações de conscientização ambiental e promoverá visitas a escolas.

O pátio da Lapa serve como referência para outros pátios e quatro centrais de compostagem – cada uma com capacidade para processar, diariamente, 50 toneladas de resíduos – que a prefeitura pretende implantar no município nos próximos anos, descentralizando o processo e diminuindo os custos com transporte dos materiais.



Veja também: