Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Personalidade perfeccionista pode apresentar riscos para a saúde mental e criar padrões irrealistas

A personalidade perfeccionista é caracterizada pela presença de traços que procuram a perfeição ou padrões de desempenho extremamente elevados. De acordo com a psicologia, pessoas perfeccionistas tendem a demarcar padrões irrealistas, com poucos ou nenhum defeito. 

Embora seja vista, principalmente no mundo corporativo, como algo “bom”, ter uma personalidade perfeccionista pode ser um empecilho para seguir uma vida saudável. A busca da perfeição em um mundo imperfeito pode ser exaustivo e acaba degradando a saúde mental do indivíduo, assim como suas relações interpessoais. Especialistas acreditam que o perfeccionismo excessivo pode resultar em problemas como ansiedade, depressão e estresse

Mas, como isso acontece? Quando a busca de resultados perfeitos se torna uma obsessão? 

A verdade sobre o perfeccionismo 

Acredita-se que pessoas de personalidade perfeccionistas tendem a conquistar menos que pessoas sem esses traços. A constante preocupação com os mínimos detalhes e análises rigorosas para se certificar da ausência de erros ou imperfeições acabam comprometendo o resultado final e podem, na verdade, se tornar uma técnica de procrastinação

A procrastinação, embora pareça ser contraditória com o perfeccionismo, pode ser uma das características de pessoas com esse tipo de personalidade. Isso acontece porque o medo de falhar dos perfeccionistas pode os imobilizar, impedindo-os de agir. 

É impossível apontar quando o “perfeccionismo normal” foi visto como uma característica positiva. Porém, é necessário apontar que a busca pela perfeição não é um sinônimo de esforço ou de dar o seu melhor.  

Cometer erros e aprender com eles é parte do ser humano e necessário para o desenvolvimento pessoal do indivíduo.

Onde é presente

O perfeccionismo pode estar presente em diversas áreas da vida de um indivíduo. Embora seja comumente associado ao trabalho ou aos estudos, pessoas de personalidade perfeccionista podem criar uma obsessão em procurar a perfeição em qualquer lugar. 

Ela pode estar presente no modo de se relacionar, exercitar, trabalhar, estudar e até mesmo de se ver. Portanto, a auto-imagem e a higiene pessoal também podem ser impactadas pelos efeitos negativos do perfeccionismo. 

Preocupações e esforços perfeccionistas

Com o histórico do perfeccionismo sendo visto como qualidade, é comum que questões sejam levantadas sobre seus pontos positivos. Afinal, existe um tipo saudável de perfeccionismo? De acordo com a revista Forbes, a personalidade perfeccionista pode vir com preocupações perfeccionistas ou esforços perfeccionistas. 

Preocupações perfeccionistas 

Associadas ao burnout, as preocupações perfeccionistas são resultado da negatividade envolvendo a personalidade perfeccionista. A procura por erros em conjunto com a pressão auto-infligida ou da sociedade são extremamente nocivas à saúde mental. 

Esforços perfeccionistas

Talvez o que aponte o perfeccionismo como qualidade. Os esforços perfeccionistas são caracterizados pelo trabalho árduo e procura de bons resultados, porém, é impossível distanciar essa característica de seus impactos negativos. 

Querendo ou não, a busca pela perfeição não é produtiva. Embora o esforço seja essencial para bons resultados, o foco excessivo e a falta de cuidado com a saúde mental podem acabar pesando para o ser humano. 

Identificando a personalidade perfeccionista

Existem algumas características presentes na personalidade perfeccionistas, as mais comuns sendo: 

  • Ser muito crítico 
  • Ser movido pelo medo em vez do sucesso
  • Estipular padrões irreais
  • Inflexibilidade
  • Medo de falhar
  • Ficar deprimido por metas não cumpridas
  • Procrastinação
  • Autoestima baixa

Como superar o perfeccionismo 

Como já mencionado, a obsessão pela perfeição não é uma qualidade e pode ter efeitos sérios na saúde humana. Portanto, identificar esses traços é essencial para estabelecer um relacionamento saudável com as metas, expectativas e o trabalho realizado por nós mesmos. 

Para superar esses pensamentos e traços, procure ajuda. Um profissional de psicologia é qualificado para ajudar seus pacientes a reconhecer esses problemas e para orientá-los a criar hábitos mais saudáveis.