Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

A levedura é formada por fungos unicelulares comumente usados para a produção de cerveja e fermentos biológicos

Levedura é um tipo de fungo unicelular que não faz parte de um grupo específico. Desta forma, ela não faz parte de um grupo taxonômico como os cogumelos. A levedura não realiza fotossíntese e pode praticar respiração anaeróbica e aeróbica. O uso desses microrganismos está ligado à indústria alimentícia e de bebidas, como na produção de fermentos e cerveja.

Ao total, se tem conhecimento de aproximadamente 600 espécies de levedura encontradas no solo, ar, água e ambiente marinho. A grande maioria dessas espécies trabalha decompondo matéria orgânica de origem animal e vegetal, chamadas de sapróbia. Apesar disso, a levedura também pode surgir como um parasita.

Estrutura

A levedura apresenta um formato, em grande parte, oval ou cilíndrico quando se trata do fungo Saccharomyces cerevisiae. Outras leveduras também assumem essa ou outras formas, como a Torulopsis em formato apiculado ou de limão e as pseudomicélio que são elípticas, elipsóides ou filamentosas.

O tamanho da célula de uma levedura varia entre 4 a 8 mícra de largura, até 7 a 12 de comprimento. No entanto, apesar deste ser o tamanho padrão, existem leveduras que podem ser maiores ou menores que isso. Todas essas questões, tamanho e formato, podem se modificar dependendo das condições ambientais, dos nutrientes, do estado fisiológico ou da idade da levedura.

Ciclo de vida da levedura 

A levedura se reproduz de forma assexuada, existem duas formas pelas quais ela pode se proliferar:

Brotamento: A célula-mãe começa a crescer um pequeno broto em sua lateral, logo depois, o seu núcleo se divide em dois. Uma das partes do núcleo passa para o broto, que será a célula-filha, separada da mãe ela se transforma em uma nova levedura

Fissão: Neste caso, acontece uma divisão da célula-mãe, depois que o núcleo se multiplica, originando duas células-filhas idênticas

Características

A levedura é responsável por uma reação química muito importante para produção de pães e bebidas alcoólicas. Por ser um organismo anaeróbico facultativo, ela pode realizar sua respiração na presença de oxigênio (através da respiração aeróbica). Mas também pode realizar a anaeróbica na ausência de oxigênio. Nesta situação ela passa pelo processo de fermentação.

 Como uma forma de produzir energia para si mesma, a levedura se alimenta da glicose, processo que acaba produzindo gás carbônico e álcool. Essa ação faz com que ocorra a transformação de matéria orgânica em outros produtos de energia. Por exemplo, o que acontece com os pães quando usam fermento biológico, eles aumentam sua massa.

Importância econômica da levedura

Exatamente por passar por processo de fermentação, a levedura é utilizada na produção de alguns produtos essenciais para a alimentação e rotina humana:

Fermento biológico 

O fermento biológico utiliza da levedura para a produção de alimentos como pães, bolos, pizzas e outras massas geralmente usadas na indústria panificadora. Quando acontece o processo de fermentação na massa, com a levedura se alimentado da glicose e liberando CO2, ela cresce e aumenta de volume. Além disso, alguns fermentos também ajudam a melhorar o gosto da comida.

Levedura de cerveja

A espécie de levedura Saccharomyces Cerevisiae é conhecida por ser a mais popular e costuma ser chamada de levedo ou levedura de cerveja. No processo de produção da cerveja, a levedura se alimenta da glicose e a converte em álcool, através da fermentação. Esse resultado é perfeito para a indústria de bebidas alcoólicas, principalmente para grandes produtores de cerveja, rum e uísque.

Levedura como fonte de nutriente

Além de serem ótimas para a produção de bebidas e massas, as leveduras também são ricas em diversos nutrientes e tem vários benefícios para a saúde. A levedura tem alto valor proteico e é rica em vitamina do complexo B. Por esse fator, muitos veganos utilizam da levedura para a produção de substitutos de carne. Afinal, uma alimentação sem consumo de carne animal cria certa deficiência desta vitamina. 

Outros benefícios da levedura

Melhora problemas intestinais

Outro benefício da levedura é que ela é rica em fibras, e por isso, é considerada um probiótico. Assim, ela ajuda no processo digestivo, a tratar algumas alterações intestinais, como a diarreia e a síndrome do intestino irritável, colite e intolerância à lactose. 

Fortalece o sistema imune 

A levedura consegue ajudar no fortalecimento do sistema imunológico devido a presença de vitamina B e outros minerais em sua composição, prevenindo o corpo de diversas doenças. Desta forma, ela também ajuda a combater o estresse, fadiga, perda de memória e intoxicações.

Auxilia no cuidado da pele

Também devido a sua composição de vitamina B, a levedura é responsável por ajudar nos sintomas de acne, eczema e psoríase. Se você consumir leveduras que geralmente são usadas na produção de cerveja, pode acabar tendo uma melhora na saúde de suas unhas e fios de cabelo. 

Reduz o colesterol 

Devido às fibras presentes na levedura, ela consegue diminuir a absorção de colesterol em nível intestinal. Fora que, por causa do cromo em sua composição, a levedura também ajuda a aumentar os níveis de colesterol bom no sangue, o HDL.