Dez dicas simples para reduzir os riscos de desenvolver câncer

eCycle

Listamos dez atitudes que você pode tomar para diminuir as chances de desenvolver a doença. Confira!

Laço roxo: sobreviventes do câncer, câncer ginecológico (da vagina, vulva, útero, etc.) e testicular.

O câncer é uma doença degenerativa causada pela proliferação desordenada de células que sofreram mutações genéticas. Por conta dessa alteração do funcionamento de uma célula, ocorre a formação de tumores. Apesar de ser dito que o câncer aparece repentinamente e algumas pessoas são mais propensas a desenvolvê-lo por motivos genéticos, é possível tomar certas atitudes para evitar e prevenir o desenvolvimento da doença. Confira algumas maneiras de como prevenir o câncer.

1. Pare de fumar

O uso de produtos de tabaco provoca uma série de cânceres, como de pulmão, esôfago, boca, garganta, estômago, pâncreas e leucemia, segundo o Instituto Nacional do Câncer nos Estados Unidos; além disso, o cigarro é o maior causador de mortes evitáveis. O hábito não só atinge fumantes ativos, como também afeta pessoas ao redor deles, assim como foi mostrado na pesquisa que encontrou substâncias cancerígenas na urina de bebês que moram com fumantes. Veja dicas de métodos naturais para deixar o hábito.

2. Dê uma maneirada no álcool

O consumo excessivo de álcool pode causar câncer de esôfago, fígado e intestino. O câncer de boca, por exemplo, é seis vezes mais comum em quem toma bebidas alcoólicas do que em pessoas que não bebem. Outro fator notado é que o álcool potencializa os efeitos do tabaco, fazendo com o que o risco de tumores em órgãos afetados pelo cigarro seja bem maior. Segundo a Agência Internacional de Pesquisa Sobre Câncer (Iarc), 18 gramas de álcool por dia já aumentam o risco de mulheres desenvolverem câncer de mama; já o consumo de 50 gramas, aumentaria o risco em 50%. Já nos homens, tais 50 gramas dobram as chances de desenvolver câncer de próstata.

3. Proteja-se do sol

Os raios ultravioletas estão cada vez mais intensos devido o efeito estufa e o aquecimento global. Os efeitos que os raios têm na pele podem causar mutações genéticas que levam ao desenvolvimento do câncer de pele. Sempre que ficar exposto ao sol, use protetor solar de no mínimo 30 FPS, que proteja dos raios UVA e UVB. Se possível, utilize bonés e óculos de sol também.

O artista Thomas Leveritt mostrou como os rostos ficam quando expostos à luz ultravioleta e como o protetor solar reage a ela. Veja no vídeo "How the sun sees you" (Como o sol te vê, em tradução livre) o resultado e a reação das pessoas (o vídeo está em inglês, mas é possível ativar as legendas em português).

4. Faça exercícios físicos

Estudos mostram que pessoas que fazem exercícios físicos têm menos riscos de desenvolver câncer de cólon e de mama do que as pessoas que não praticam atividade alguma. Não é preciso ser um atleta profissional, basta fazer alguma atividade que acelere o seu coração ou que te faça transpirar, assim como caminhar, andar de bicicleta e até mesmo dançar. Exercícios físicos diminuem a circulação das citocinas em nosso organismo, além de trazerem um bem estar geral ao nosso corpo. Veja mais atividades que você pode incluir no seu dia a dia.

5. Controle seu peso

Fique atento ao seu índice de massa corporal para saber se o seu peso está apropriado para a sua altura. Um aumento drástico do IMC pode estar ligado ao câncer endométrico, de bexiga, de esôfago, renal ou do cólon.

6. Evite fazer reposição hormonal

Muitas mulheres fazem terapia de reposição hormonal para tratar os sintomas da menopausa. No entanto, estudos têm relacionado o uso de hormônios ao aumento do risco de câncer de útero e de mama. Caso seja necessário usar hormônios, as doses devem ser pequenas e tomadas por pouco tempo, já que a terapia de reposição hormonal pode acabar com as ondas de calor que as mulheres sentem durante a menopausa, mas não ocorrerão efeitos benéficos de longo prazo caso o tratamento seja estendido.

7. Tome medicamentos sob consulta médica que reduzam o risco de câncer

Alguns medicamentos podem reduzir o risco do desenvolvimento de câncer em pessoas que são propensas a terem a doença. Por exemplo, alguns moduladores seletivos dos receptores estrogênicos, como o raloxifeno, podem ajudar mulheres com alto risco de ter câncer de mama a diminuírem as chances de desenvolverem a doença, sendo necessária a consulta de um médico para a utilização de tais remédios.

8. Evite se expor a substâncias cancerígenas

A exposição à radiação e a alguns produtos químicos pode causar câncer. Por exemplo, a radiação de raios gama, raios UV e raios-X são relacionados a câncer de pulmão, pele, tireoide, mama e estômago.

9. Cuide da sua alimentação

Alimentos: frutas e vegetais

É possível acrescentar alguns alimentos na sua dieta para prevenir o câncer, assim como o melão amargo, que pode matar 98% de células cancerígenas, ou o brócolis que, por suas propriedades quimiopreventivas, pode ajudar a combater o câncer de pele. Mas, no geral, seguir uma alimentação saudável e regulada, além de banir alguns itens já podem fazer uma grande diferença, como evitar o excesso de açúcares, carne vermelha e, principalmente, enlatados e carnes embutidas (como mortadela, presunto, bacon e salsicha) e acrescentar nos seus hábitos alimentares mais verduras e frutas (a maçã traz inúmeros benefícios, por exemplo).

Confira essas cinco dicas de alimentação que ajudam na prevenção contra o câncer que podem ser muito eficazes para aprimorar a sua dieta.

10. Faça check-ups regularmente

Os check-ups podem incluir exames de sangue, exames de imagem, exames físicos, raios-X e testes genéticos. Mesmo que você não tenha sintomas de tumores, ao fazer visitas regulares ao médico, caso seja diagnosticado com um tumor em seu início, as chances de efetividade do tratamento e até mesmo de cura são enormes. Além disso, o nosso corpo sempre dá sinais quando há algo de errado. Fique atento a eles, e caso note algo fora do comum, consulte seu médico.



Veja também:


 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail