Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Chalota é uma hortaliça bem parecida com a cebola que pode ser usada como tempero e tem muitos benefícios

Chalota, assim como a cebola, o alho e a cebolinha, é um tipo de hortaliça pertencente à família allium. A chalota costuma ser usada como um tempero para diversos pratos, às vezes acompanhada de uma cebola macia ou uma pitada de alho. Ela também pode ser usada como uma maneira de trazer mais sabor para o vinagrete.

A chalota costuma ter uma aparência fácil de identificar se você prestar atenção em suas características. Ela é uma hortaliça pequena, com a casca de cor de papel cor de rosa acobreado. O seu interior é púrpura claro e branco e seus bulbos crescem em cachos como o alho. 

Quando se trata de gosto, a chalota tem um sabor mais suave e delicado que uma cebola comum. Apesar disso, a chalota pode ser utilizada como uma substituta para a cebola em grande parte das receitas. 

Tipos de chalota

No total, existem três tipos de chalota que são mais vendidos:

Chalota cinzenta francesa: chamadas assim por sua aparência cinzenta, algumas pessoas acreditam que a chalota francesa é considerada a verdadeira chalota. Ela também pode ser chamada de griselle e é muito usada por chefs de cozinha.

Chalota de jersey ou chalota rosa: a chalota de jersey é uma aparência mais arredondada e se assemelha mais com a cebola. Ela tem uma cor mais próxima ao vermelho e rosa e um gosto suave. Essas chalotas são mais comuns nos Estados Unidos.

Echalion: também conhecida como a chalota de banana, é uma mistura entre a chalota comum e uma cebola. A chalota de banana é considerada de grande qualidade entre as famílias dos vegetais, tendo as melhores qualidades entre os allium, incluindo o tamanho grande da cebola e o sabor suave da chalota.

Surgimento

A chalota surgiu do sudeste da Ásia, antes de fazer o seu caminho para a Índia e o Mediterrano. Os gregos antigos descobriram a chalota enquanto trocavam produtos com os palestinos em um porto chamado Ashkelon, em Israel. Os antigos egípcios também usavam a hortaliça como uma planta medicinal. 

Diferença entre cebola e a chalota

A chalota tem um gosto delicado e suave, com uma pitada de acidez. Já as cebolas têm um sabor mais intenso e forte. É possível usar a chalota como substituto em quase qualquer receita que utiliza cebola, e vice-versa. Basta se certificar que está usando a quantidade equivalente, como usar duas chalotas médias em vez de uma cebola pequena. 

Escolher e armazenar a chalota

Na hora de escolher uma chalota, preste atenção se ela está firme e seca. Também é preciso verificar se ela tem o peso correto para o seu tamanho, sempre evitando aquelas que têm pontos macios e brotos. 

Na hora de armazenar a chalota, mantenha ela em um local frio, escuro e seco. Ou seja, mantenha ela longe da geladeira, e assim, ela pode ficar em boas condições por dias. 

Benefícios da chalota

Antioxidantes

A chalota é rica em antioxidantes, como quercetina, kaempferol e alicina. Uma pesquisa, que analisou a atividade antioxidante de 11 variedades populares, descobriu que as chalotas tinham as maiores quantidades de antioxidantes. Os antioxidantes são ótimos para o tratamento de doenças como câncer, doenças do coração, diabetes e inflamações.

Compostos antimicrobianos

Estudos comprovaram que chalotas contêm uma grande quantidade de propriedades antibacterianas, antifúngicas e antivirais. Alimentos da família allium são bem conhecidos no tratamento de condições como gripe, febre, resfriados e tosse. 

Ajuda na saúde cardíaca e na circulação

Pesquisadores acreditam que devido à presença de componentes antimicrobianos e antioxidantes, a chalota é capaz de auxiliar na saúde cardíaca e na circulação de sangue pelo corpo. Desta forma, ela poderia reduzir o risco de doenças do coração. Para reduzir a pressão sanguínea e melhorar a circulação, a chalota libera óxido nítrico.

Ajuda a manter um peso saudável 

Pesquisas da área da saúde mostram que o consumo de chalota pode ajudar a prevenir o acúmulo de gordura e diminuir a porcentagem total de gordura corporal. 

Ajuda a reduzir o açúcar no sangue

Os compostos de planta na chalota ajudam a reduzir o nível de açúcar no sangue. Um estudo com ratos resistentes à insulina, mostrou que ao consumirem uma chalota por 8 semanas, os animais apresentaram uma mudança significativa na resistência e uma redução do açúcar no sangue. 

Receita com chalota

Torta de Chalota

Ingredientes

  • 450g chalotas
  • 3 colheres de sopa de açúcar mascavo
  • 50g de manteiga
  • 1 colher de chá de folhas de tomilho fresco
  • 1 colher de sopa de vinagre balsâmico ou algumas moagens de pimenta preta rachada
  • 500g pacote de massa folhada
  • 1 colher de sopa farinha de trigo

Modo de preparo

  1. Aqueça o forno a 200 C. 
  2. Despeje água fervente sobre as chalotas e deixe-as até que a água esfrie.
  3. Descasque e reduza pela metade as chalotas
  4. Coloque o açúcar em uma frigideira até que se dissolva e você tenha um caramelo pegajoso. Adicione a manteiga, o tomilho e um pouco de vinagre balsâmico, ou pimenta preta rachada.
  5. Retire a panela do fogo e coloque todas as chalotas na panela, corte de lado para baixo.
  6. Em uma superfície levemente enfarinhada, enrole a massa e corte um círculo dois centímetros maior do que a forma. 
  7. Armar a massa sobre as chalotas e dobrar nas extremidades, de modo que ‘abrace’ a cebolinha. 
  8. Coloque a panela no forno e cozinhe por 25-30 minutos até que a massa se ensobrebece e fique dourada. 
  9. Deixe descansar por 1 minuto, em seguida, inverter a torta sobre um prato.