Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Aprenda como armazenar manjericão sem que ele perca as suas propriedades e evite desperdício

Saber como armazenar manjericão pode ser uma “mão na roda” para quem gosta de usar o tempero em seu dia a dia na cozinha. O manjericão é uma erva da família das Lamiaceae, que costuma ser usada como tempero para adicionar sabor a diversos pratos, como pizza, pesto e sopas. A erva também é conhecida por seus benefícios medicinais no tratamento de doenças como diabete e artrite reumática.  

No entanto, apesar de sua grande aderência a culinária, o manjericão é um alimento com alto teor de água. Isso pode ser um problema quando se trata de guardar a erva. Afinal, ela não se adapta bem ao calor e pode acabar estragando fácil, perdendo suas vitaminas e minerais. 

É indicado que o manjericão seja consumido ainda fresco e in natura, para que se aproveite todas suas propriedades. Porém, saber como armazenar manjericão pode ser essencial para quem tem uma rotina corrida ou está tentando evitar o desperdício de comida. Ao aprender a maneira correta de como armazenar manjericão é possível dispor do alimento em diversos outros momentos, sem se preocupar em ir correndo ao mercado para comprar fresco. 

Benefícios de adotar o manjericão a rotina

Como um alimento cheio de nutrientes, o manjericão oferece uma grande variedade de benefícios, tanto para a saúde física como para a mental. Um estudo inicial, realizado em 2019, mostrou que o extrato das folhas de manjericão conseguiu reduzir os níveis de açúcar no sangue de ratos. Apesar de ainda precisar de investigações futuras, essa pesquisa pode provar o impacto do manjericão na luta contra o diabetes.

Saúde cardiovascular 

Um estudo de 2011 revelou que o consumo do extrato de manjericão ajudava a reduzir a pressão alta no sangue. Os pesquisadores afirmaram acreditar que isso se deu devido a composição que contém eugenol, que bloqueia os canais de cálcio no corpo, e assim acaba diminuindo a pressão arterial.

Saúde mental 

Segundo pesquisas realizadas em 2014, o manjericão também tem grande poder quando se trata da saúde mental. De acordo com os resultados, a planta do manjericão contém propriedades que podem ajudar a aliviar estresse, ansiedade e depressão. Elas também podem melhorar o raciocínio, prevenir a perda de memória com a idade e melhorar problemas relacionados ao sono e sexo.

Diminui inflamação e combate infecção

Ao analisar as propriedades do óleo essencial de manjericão, alguns estudiosos descobriram que a ação anti-inflamatória da erva pode ajudar no tratamento de várias doenças. No entanto, a pesquisa foi realizada apenas com o óleo essencial e não com o tempero em si.  

Pesquisadores também descobriram que o óleo de manjericão pode ser ótimo para a prevenção de infecções. Em 2013, alguns pesquisadores usaram o óleo em bactérias que causam problemas respiratórios, abdominais, urinários e de pele. A resposta mostrou que o óleo teve uma ação ativa contra as bactérias.

Desta forma é fácil de entender porque o manjericão pode ser benéfico ao ser adicionado à rotina de um indivíduo. Por isso, é importante saber como armazenar o manjericão, se você pretende adotar a erva em seu dia a dia, e se beneficiar de todas as suas propriedades.

Porque armazenar o manjericão

Por ser uma erva fresca, o manjericão não pode ficar ao ar livre sem ser usado. Isso porque ervas frescas quando ficam por muito tempo em exposição ao calor podem acabar secas, escuras e sem sabor ou aroma. O ato de cortar, picar ou moer a erva sem usá-la ou guardá-la também pode acabar prejudicando suas propriedades.

Se você prefere consumir manjericão fresco, então a melhor opção é montar uma horta dentro de casa. Isso é possível com a criação de hortas que podem ser mantidas até mesmo em apartamentos. Basta os materiais certos e dedicação com as plantas, para que você possa colher seu próprio manjericão.

No entanto, se o seu tempo é reduzido e cuidar de uma horta não é muito sua praia, talvez seja melhor aprender como armazenar manjericão

Para começar a armazenar o manjericão, é preciso ter em mente que ele tem de ser guardado em um lugar fresco e escuro. Devido ao fato dele ser sensível ao calor, é ideal manter a luz direta longe da erva. Se guardada dessa maneira, ela pode ficar até duas semanas sem perder nenhuma propriedade. Confira a seguir formas de como armazenar manjericão:

Como armazenar manjericão

Manjericão congelado

Congelar a comida é uma alternativa de preservar o alimento e impedir o seu desperdício. Essa ação também ajuda a preservar as propriedades do alimento, como os nutrientes e minerais. Para entender melhor sobre esse tema, leia a matéria “Comida congelada faz bem para a saúde?”

Ao congelar o manjericão, limpe-o com cuidado, separando as folhas do caule. O caule pode ser jogado fora, mas também pode ser reaproveitado como tempero ou na produção de molhos. Depois de lavar as folhas com água, é preciso secá-las com papel absorvente, com bastante delicadeza, para não quebrá-las.

Assim que estiverem secas, as folhas devem ser armazenadas em sacolas fechadas à vácuo — para impedir a entrada de oxigênio. Desta forma, elas estão prontas para serem armazenadas no congelador, pelo tempo que for necessário e proveitoso.

Embalagem longa vida

Uma outra forma bem simples de como armazenar o manjericão é utilizando uma  embalagem longa vida. Basta realizar todo o processo de lavagem da erva, até guardá-la em um saco a vácuo, e então com cuidado cortar a parte superior de uma embalagem limpa. O saco de manjericão deve ser armazenado dentro da caixa, com ela fechada de maneira adequada. Desta forma é possível manter o sabor, a cor e o aroma do tempero por bastante tempo.

Imagem de Madalyn Cox no Unsplash

Pote 

Uma outra maneira de armazenar o manjericão é guardando ele em um pote bem fechado. Depois de cortar o caule e limpar as folhas, é possível guardá-las em um pote, seja ele de vidro ou de plástico. Esse frasco vai precisar estar bem tampado, para então, manter o manjericão fresco durante aproximadamente cinco dias. Essa é uma das formas mais simples de como armazenar manjericão.

Imagem de Universal Eye no Unsplash

Azeite de oliva

Bem parecido com o processo de congelar o manjericão, essa forma de armazenamento utiliza sal e azeite para manter a erva. Depois da lavagem das folhas, deixe que elas sequem em cima de um papel ou toalha por alguns minutos.

Quando estiverem secas, coloque as folhas dentro de um frasco com boa vedação. A ideia é colocar várias camadas de manjericão no pote, todas elas separadas por camadas de sal e azeite. Assim que tiver terminado esse processo, guarde as ervas na geladeira. Esse método pode durar até três meses guardado. 

Imagem de Dimitri Karastelev no Unsplash

Molho ou patê

Não é preciso saber como armazenar manjericão apenas em sua forma natural. Você também pode optar por guardá-lo como um molho, pasta ou patê. Para conseguir esse resultado, é preciso realizar um processo bem simples. 

Primeiro, as folhas de manjericão precisam ser amassadas até ficarem bem pequenas. Depois é só adicionar um pouco de azeite e misturar até a erva virar uma massa pastosa, com isso pronto é só colocar em um frasco bem lacrado e misturar mais um pouco de azeite antes de botá-lo na geladeira.  

Imagem de Caroline Attwood no Unsplash

Pote com água

Assim como as flores, o manjericão pode ser colocado em um pote com água, onde se mantém fresco por alguns dias. Para isso, é necessário que se mantenha o caule do manjericão, já que ele ficará no pote com água. Durante os dias em que a erva se manter fresca no vaso, será possível utilizá-la na cozinha. 

Imagem de おにぎり no Unsplash