Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Gersal ajuda a reduzir ingestão de sódio, é fonte de minerais, vitamina B6, proteínas, gordura benéfica, fibras e é fácil de fazer

Gersal é um tempero de origem japonesa que proporciona muitos benefícios para a saúde. Além de realçar o sabor dos pratos, ele é muito fácil de fazer em casa.

Chamado originalmente de gomasio, o termo “gersal” é a junção das palavras “gergelim” e “sal“. Isso porque o gergelim (as sementes) e o sal são os seus ingredientes.

Benefícios do gersal

O cloreto de sódio (NaCl), conhecido popularmente como sal de cozinha, é um composto iônico cuja constituição é de aproximadamente 40% cloro e 60% sódio. Ele está presente em tudo, do nosso sangue aos oceanos, e possui quase 14 mil usos conhecidos.

O sal de cozinha é um nutriente essencial, ou seja, não é produzido no nosso corpo. O corpo humano contém aproximadamente 0,15% de sal (em uma pessoa que pesa 50 kg, há 75 g de sal). Ele é um eletrólito que atua conduzindo eletricidade e mantém nossas células, músculos e sistema nervoso funcionando. Dessa forma, o sódio facilita essa transmissão de eletricidade no corpo humano.

Outro fator importante do seu consumo é que o sal de cozinha possui iodo adicionado em sua composição, fato que ajuda na prevenção de doenças causadas pela deficiência dessa substância, como o bócio, anomalias congênitas, surdez, retardo mental e aumento no volume da glândula da tireoide.

Entretanto, o sódio (Na) presente no sal, se consumido em excesso, pode ser nocivo para a saúde.

Os produtos industrializados possuem quantidades exorbitantes de sódio, o que faz com que parte considerável dos brasileiros consuma sódio em excesso. Para amenizar esse problema, além de reduzir o consumo de alimentos processados e ultraprocessados, você pode salgar suas refeições com gersal. Acrescentando gergelim ao sal você diminui a quantidade de sal ingerido – diminui, portanto, a ingestão de sódio – sem abrir mão do sabor.

Mas reduzir a quantidade de sódio ingerido não é o único benefício do gersal. As sementes de gergelim contêm 52% de gorduras benéficas e são constituídas por ácidos graxos insaturados, que contribuem para a redução dos níveis de colesterol. Além disso, elas são abundantes em fibras, proteínas, tiamina, vitamina B6, folato, triptofano e minerais como cálcio, ferro, magnésio, fósforo, manganês, cobre e zinco. Para conhecer mais benefícios do gergelim dê uma olhada na matéria “Benefícios do gergelim“.

Como fazer gersal

Ingredientes

  • 10 colheres de sopa de gergelim torrado
  • 1 colher de sopa de sal

Modo de preparo

  • Se as sementes de gergelim que você adquiriu são compradas a granel, dê um lavada para retirar possíveis restos de terra e outros resíduos;
  • Aqueça uma panela antiaderente;
  • Em seguida, em fogo baixo, coloque o sal na panela, deixe três minutos e reserve (se o sal estiver úmido deixe mais tempo);
  • Adicione o gergelim na panela (sem usar óleo) e, mexendo, deixe fritar durante mais ou menos três minutos, evitando queimar ou torrar demais para não adquirir sabor amargo.
  • Para adquirir aspecto de pó, macere o gergelim com o sal no suribachi ou bata no liquidificador;
  • Pronto, só esperar esfriar e armazenar seu gersal em um pote de vidro para usar em suas receitas.