Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Confira algumas dicas para encontrar o absorvente para seios ideal e conter o vazamento de leite

Um bom absorvente para seios é essencial durante a gravidez e a amamentação. Nos primeiros dias após o nascimento do bebê, você até será capaz de sobreviver sem um – mas, à medida que o leite for chegando, vai perceber que ele pode fazer toda a diferença. Isso porque os absorventes para seios absorvem o leite que vaza entre as sessões de amamentação, evitando constrangimentos e imprevistos.

Eles são posicionados entre os seios e o sutiã para manter o leite materno longe de suas roupas. Existem diferentes estilos, formas e tamanhos de absorventes para seios, que podem ser descartáveis ou reutilizáveis. Não importa qual você decida usar, é importante se certificar de que ele seja confortável e fique bem ajustado no corpo.

A dica é escolher um absorvente para macio, que permita que seus seios respirem. Por isso, evite os que têm forros à prova d’água e os feitos de plástico, porque, além de não serem ecológicos, eles podem reter a umidade da pele.

Por que os absorventes para seios são necessários?

Quando você opta por amamentar, precisa estar preparada para vazamentos de leite inesperados. Nas últimas semanas de gravidez e nos primeiros dias de amamentação, seu corpo está se preparando e aperfeiçoando o processo de produção de leite suficiente para alimentar seu bebê. Antes que o corpo e o bebê tenham estabelecido um esquema fixo de alimentação, os seios geralmente liberam leite sem aviso.

Mesmo depois que a produção de leite do seu corpo se regulou e as quedas repentinas diminuíram, vazamentos e surpresas ainda podem ocorrer enquanto você amamenta. É comum, por exemplo, que o leite vaze se você ouvir o choro do bebê ou se estiver perto da hora em que ele normalmente se alimenta. Além disso, enquanto a criança está mamando em um dos seios, o outro vazará – isso porque o reflexo de descida ocorre nos dois seios ao mesmo tempo.

Demora um pouco para que seu leite se torne regular, portanto, é recomendado usar absorventes para seios pelo menos nos primeiros meses. É importante manter os mamilos o mais secos possível para evitar irritação ou infecções por fungos. Isso significa que, mesmo se você estiver usando absorventes, eles devem ser trocados com frequência quando estiverem molhados.

Absorventes para seios são seguros?

É natural se preocupar com a higiene e outros riscos ao pensar em colocar qualquer coisa próximo ao mamilo e alimentar o bebê depois. A boa notícia é que, usados corretamente, os absorventes de amamentação são seguros e higiênicos.

O maior risco potencial ao usá-los é o crescimento bacteriano. As bactérias prosperam em ambientes quentes e úmidos, então os seios podem se tornar um terreno fértil para elas se você não trocar o absorvente com frequência.

Por isso, substitua o absorvente assim que sentir que seus seios estão úmidos. Isso é especialmente importante quando você tem mamilos doloridos com a pele rachada. A dor nos mamilos não resolvida pode resultar em mastite, uma infecção grave do canal de leite da mama.

Ambientes quentes e úmidos também estimulam o crescimento de fungos. Um fungo particularmente incômodo para mães que amamentam é a cândida, que causa a candidíase. Essa doença pode ocorrer tanto na boca do bebê quanto no mamilo da mãe, provocando sintomas dolorosos, como coceira e erupção cutânea.

Por fim, alguns absorventes também têm o potencial de irritar a pele do mamilo. Isso é desconfortável, mas não é sério. Os cremes para os mamilos podem ser usados em conjunto com eles para evitar irritação. Procure orientações dadas pelo profissional da área médica, caso o problema persista.

Absorvente para seios
Imagem de Jordan Whitt em Unsplash

Descartável ou reutilizável?

Absorventes para seios descartáveis

Os absorventes descartáveis são feitos de um material absorvente fino e oferecem diferentes níveis de absorção, semelhantes aos absorventes menstruais. Se optar por essa opção, você pode adquirir uma caixa de absorventes para os seios com 50 ou mais unidades. Quando ficarem molhados, basta jogá-los no lixo e colocar novos.

Apesar da praticidade, esses absorventes têm um adesivo que adere ao sutiã, o que pode impedir a respiração da pele. Além disso, muitos contêm substâncias químicas que podem prejudicar a saúde, porque ficam em contato direto com o corpo. Eles também não têm circulação de ar eficiente, o que pode causar desconforto e retenção de umidade. As infecções prosperam em ambientes úmidos; portanto, se você apresentar vazamentos, terá de usar muitos absorventes descartáveis, o que não é apenas inconveniente, mas também caro.

Absorventes para seios reutilizáveis

Esse tipo de absorvente geralmente é feito de tecido (alguns com uma camada respirável e resistente a vazamentos) e se encaixa em seu sutiã de forma semelhante aos descartáveis. Por serem feitos de fibras naturais, os absorventes de tecido proporcionam melhor circulação de ar, o que é necessário para auxiliar no processo de cicatrização do mamilo dolorido. Em vez de descartá-los após o uso, você pode lavá-los e secá-los facilmente, junto com as roupas do bebê.

Ao optar por absorventes para seios reutilizáveis, você não só estará salvando o meio ambiente, ao reduzir a geração de resíduos em lixões e aterros sanitários, mas também economizará dinheiro. Além disso, se você tiver mais filhos no futuro, não precisará comprar novos absorventes, porque eles são feitos para durar muito tempo!

O que procurar em um absorvente para seios

Indicamos que você comece com seis absorventes. Isso permitirá que você tenha cerca de um a dois pares na lavagem, três pares disponíveis ao longo do dia e um par sobressalente na sacola de fraldas, em caso de emergência. Dito isso, cada mulher é diferente. Tudo depende da intensidade do vazamento e da frequência de lavagem.

O absorvente funcionará como uma segunda pele para você o dia todo, todos os dias. Por isso, priorize o conforto e a segurança. Dê preferência, se possível, aos materiais feitos de algodão orgânico. Dessa forma, você evitará poluição ambiental e contato com substâncias nocivas como o agrotóxico glifosato, que, em contato com a pele, pode ir parar na corrente sanguínea e causar prejuízos à saúde.

Escolha um absorvente supermacio, que não grude nos mamilos quando eles ficarem molhados. Para máximo conforto, opte por uma versão com uma camada que permaneça seca em contato com a pele.

A cobertura também é um fator importante a ser considerado. Certifique-se de que o absorvente de amamentação seja grande o suficiente para cobrir uma boa parte dos seios, para que ele não fique amontoado dentro do sutiã, tornando-os menos visíveis sob as roupas.

Por último, garanta que o seu absorvente se adeque ao formato dos seus seios. Ele deve cobri-los como um sutiã e ficar rente à pele, sem enrolar ou se mover. Lembre-se de que as dicas aqui oferecidas não substituem em hipótese alguma as orientações médicas. Se surgir alguma infecção ou irritação na pele, busque ajuda profissional.