Os silicones permitidos para uso nas técnicas Low Poo e No Poo

Separamos para você uma relação dos silicones saudáveis para seu cabelo e também conferimos dicas

Cabelo

Os silicones de que vamos tratar aqui não possuem petrolato em sua composição, por isso são silicones liberados para Low Poo e No Poo. A maioria deles são chamados insolúveis em água, ou seja, necessitam de xampus (de preferência sem sulfato para serem lavados dos cabelos). Mas mesmo assim, eles são a opção mais fácil de ser encontrada, uma vez que você conheça os efeitos nocivos dos petrolatos e decida retirá-los da sua rotina capilar.

Voltemos por um minuto às aulas de química do colégio. A química orgânica é o estudo dos compostos de carbono e derivados. Os mais famosos são os chamados "CHONS": carbono, hidrogênio, oxigênio, nitrogênio e enxofre.

O silicone usado nos cosméticos é um composto que une silício e oxigênio com outras moléculas orgânicas (tipo as "CHONS"). E quais seriam elas? Moléculas da função amina: são de nitrogênio, derivadas da amônia (NH3), em que os hidrogênios são substituídos por radicais orgânicos (CH3), de carbono.

Essas moléculas foram adicionadas com nitrogênio central, rodeadas de carbono e hidrogênio à estrutura fundamental do silicone. Isso faz com que se tornem mais polares, ou seja, quando átomos de uma molécula são de elementos diferentes, um desses elementos atrairá mais elétrons para si por sua natureza, ficando com carga negativa sobrando. Consequentemente, outros elementos ficarão com carga positiva, o que causa uma propensão à molécula de compensar isso, atraindo outras moléculas para si. O melhor exemplo disso é a água, que se mistura com muitos elementos por ser polar.

Agora é que o cabelo entra na jogada. A superfície dos fios danificados possui carga negativa, portanto, esse tipo de silicone se unirá justamente a essas partes danificadas, causando harmonia. É aí que alguém vem e te pergunta o que você passou pra ficar com madeixas tão sedosas.

Então, você escolhe qualquer um desses nomes complicados para responder.

1. Ciclometicone

Possui pouco peso molecular e a estrutura tem formato anelar. O condicionamento é pouco e, como é volátil, evapora rapidamente da superfície do cabelo, não deixando resíduo, além de facilitar o tempo de secagem do cabelo. Os cabelos mais sensíveis perceberão a falta de condicionamento.

2. Dimeticone

É o tipo mais comum encontrado. Ele se espalha com facilidade pelo cabelo, dá substância (efeito condicionador duradouro) e sedosidade, reduz estática e cabelos arrepiados. É bastante insolúvel em água, então é importante usar um xampu ou surfactante (agente limpante) junto com ele.

3. Dimeticonol

São dimeticonas ou ciclometiconas associadas a dimeticonas de grande peso molecular e que possuem uma função hidroxila (álcool) no final da molécula. Têm alto fator condicionante e conferem viscosidade ao produto.

4. Feniltrimeticona

Possui um efeito regular de condicionamento, mas confere bastante brilho e deixa o cabelo lustroso.

5. Dimeticone Copolyol ou PEG-Dimeticone

Os únicos silicones solúveis em água desta lista, ou seja, não é preciso usar xampu para removê-los e não se acumulam no fio. Foram criados a partir da adição de moléculas solúveis à estrutura do silicone, o que permite não apenas benefícios no condicionamento, como também agem como surfactantes não-iônicos, ou seja, auxiliam na formação de espuma em uma limpeza suave. Além de lubrificarem, não são pegajosos ao toque e não acumulam - a única desvantagem é o condicionamento, que é leve, já que eles não aderem ao fio.

6. Amodimeticone

Esse é um exemplo clássico do silicone "inteligente", que busca as partes danificadas de cabelo para agir. Ele funciona muito bem, porém se acumula após três aplicações.

Silicone Solúvel em água? Meio de limpeza recomendado
Dimeticone Não SLS, SLES, betaína cocamidopropyl, cocobetaine, ALS, ou ALES
Dimeticonol Não SLS, SLES, betaína cocamidopropyl, cocobetaine, ALS, ou ALES
Trimethicone Phenyl Não SLS, SLES, betaína cocamidopropyl, cocobetaine, ALS, ou ALES
Amodimethicone Não SLS, SLES, betaína cocamidopropyl, cocobetaine, ALS, ou ALES
Ciclometicona Não betaína cocamidopropyl, cocobetaine, outros tensoativos suaves, ou lavagem condicionado
PEG-modificado dimeticona Sim betaína cocamidopropyl, cocobetaine, outros tensoativos suaves, ou lavagem condicionado
Dimeticona-copoliol Sim betaína cocamidopropyl, cocobetaine, outros tensoativos suaves, ou lavagem condicionado

Fonte: Curto Demais Tudo Isso

Você deve ter percebido que todos os nomes dessa lista terminam com o sufixo "-cone", o que em parte facilita na hora de reconhecer o ingrediente. Saiba que alguns silicones também terminam com sufixo "-siloxane". É o caso de:

  • Cyclopentasiloxane
  • Polydimethylsiloxane (outro nome para o Dimethicone)
  • Dimethylpolysiloxane
  • Hydroxypropyl Polysiloxane (Proteína Hidrolisada do Trigo), particularmente boa e também solúvel em água

Mais uma informação para os amantes dos bons condicionadores... guarde esse nome complicado: poliquartênio. O poliquartênio é um agente condicionante muito eficaz, e quanto maior a numeração após seu nome, melhor. Ele não é um silicone, ele é um polímero (uma cadeia de moléculas grandes repetidas) de carga elétrica positiva que, quando entra em contato com a superfície do cabelo, neutraliza a quantidade de elétrons, diminuindo estática, fechando as cutículas (parte externa) dos fios e formando uma película da mesma maneira que os silicones - que, aliás, quando combinados, eles têm efeito potencializado. E o melhor de tudo é que ele é hidrossolúvel, saindo na água e não acumulando nos fios.

Para você que está aderindo à técnica Low Poo e sentir acúmulo desses compostos no seu cabelo, saiba que utilizar um xampu com sulfato de vez em quando é uma solução, pois esse acúmulo pode ser mais prejudicial à saúde dos seus fios do que uma limpeza ocasional com sulfato (o problema dos sulfatos é o uso contínuo, que causa muito ressecamento).

Lembramos que no No Poo, o único tipo de silicone permitido é o solúvel em água, já que o agente limpante mais suave usado nessa técnica pode nem sempre funcionar para silicones mais pesados, como a maioria citada aqui.

A lista completa com a relação de todos os compostos relevantes, compilada por adeptos da técnica dedicados a disseminar este conhecimento para o benefício do maior número de pessoas possível, se encontra aqui.

Blends de silicone

A lista acima compreende os silicones fluidos. Existem também os blends de silicones, que são as misturas de diferentes tipos para tornar o produto mais agradável ao usuário e também mais estável.

Silicones fluidos

Os dimeticones, ciclometicones, feniltrimeticone e os silicones amino-funcionais citados acima, que fora a emoliência e condicionamento, também formam um filme e tem resistência à água.

Elastômeros de silicone:

São os alquilmetilsiloxanos, organicamente modificados, gomas de silicones e silicones glicóis, também formam película, aumentando a eficiência das maquiagens e protetores solares sobre a pele.

Os Blends são:

1. LC Silicone Blend

Mistura de polímeros de peso molecular (como os elastômeros de silicone) com silicones cíclicos, de baixo peso, água e tensoativos. Tudo isso cria uma textura creme-gel, aveludada e ótima para emulsões tanto para o corpo como para o rosto. O pH gira em torno de 5,5 a 7,0, o que é bom pois o pH da pele é de 4,6 a 5,8.

2. DC 4002 CL Basis

Essa emulsão não é comedogênica, ou seja, não cria cravos na pele, além de ser resistente à água, por isso é uma boa base para protetores solares, cremes anti-idade e tratamentos de despigmentação da pele. Comercialmente, pode ser tanto prescrita como encontrada pronta sob o nome de "emulsão cremosa siliconada" (creme) ou "emulsão fluida siliconada" (loção).

3. Base Anidra

O diferencial desta base é ser isenta de água, por isso é boa para agentes hidrolisáveis, mas não se associa bem com agentes hidrossolúveis, já que o veículo da água não existe. Possui toque seco e leve e causa efeito mate. Confira se ela está nos rótulos dos produtos com esse tipo de promessa, pode vir com o nome "serum siliconado anidro".


 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail