Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Água, chá de salsa e suco de limão são algumas opções naturais para fazer limpeza dos rins. Confira a lista completa!

A limpeza dos rins é um processo vital para a saúde do organismo, livrando-o do excesso de resíduos, permitindo o equilíbrio de eletrólitos e a criação de hormônios.

Na ausência de doença, uma dieta bem equilibrada e uma ingestão adequada de água geralmente são suficientes para manter a saúde dos rins. No entanto, existem certas ervas e alimentos que podem potencializar a limpeza dos rins. Confira algumas dicas de como fazer uma limpeza natural dos rins.

1. Hidratação é fundamental

O corpo humano adulto é composto, basicamente, por quase 60% de água. Cada órgão, do cérebro ao fígado, requer água para funcionar. Mas os rins, especificamente, por atuarem no sistema de filtração, requerem bastante água para secretar a urina, que é o principal produto residual do organismo.

Quando a ingestão de água é baixa, o volume de urina também diminui, o que pode levar à disfunção renal e ao surgimento de cálculo renal.

É crucial beber água suficiente para que os rins possam fazer a limpeza adequada dos resíduos em excesso. A ingestão diária recomendada de líquidos é de aproximadamente 3,7 litros e 2,7 litros por dia para homens e mulheres, respectivamente, segundo o Medicine Institute. Mas é importante levar em conta a ingestão de alimentos ricos em água como pepino, melancia, melão, entre outros.

2. Chá de salsa

De acordo com um estudo publicado pela plataforma PubMed, a salsa, rica em antioxidantes e vitaminas, ajuda a fazer a limpeza dos rins naturalmente. Por muitos séculos, o chá de salsa tem sido usado como um diurético que ajuda a tratar pedras nos rins, pedras na vesícula biliar, infecções da bexiga e do trato urinário.

Uma limpeza dos rins pode ser feita, sob supervisão médica, por meio da ingestão de salsa crua, do chá de salsinha ou de salsa com água e limão. As raízes da erva também são muito úteis para combater pedras nos rins. Saiba mais sobre o chá na matéria:

3. Uvas

As uvas contêm um composto chamado resveratrol. E um estudo com animais, os pesquisadores descobriram que o tratamento com resveratrol foi capaz de diminuir a inflamação renal policística.

4. Suco de limão, laranja e melão

Os sucos de limão, laranja e melão contêm ácido cítrico. Essa substância ajuda a prevenir a formação de cálculos renais, pois liga-se ao cálcio da urina. Isso inibe o crescimento de cristais de cálcio, o que pode levar a cálculos renais.

Além disso, beber uma xícara de suco fresco por dia pode contribuir para a ingestão de líquidos diária recomendada e, assim, melhora a saúde em geral.

5. Algas marinhas

Um experimento realizado em animais mostrou que ratos alimentados com algas marinhas por um período de 22 dias apresentaram uma redução no dano renal e hepático causado pela diabetes. Os resultados não provam que os mesmos efeitos acontecem em humanos, mas são indicativos de que isso é possível.

6. Alimentos ricos em cálcio

Muitas pessoas acreditam que evitar o cálcio pode ajudar a prevenir pedras nos rins. Na verdade, é o oposto disso.

O oxalato urinário em excesso pode levar a cálculos renais. O cálcio, por sua vez, pode se ligar ao oxalato para reduzir a absorção e a excreção dessa substância, evitando o surgimento de cálculo renal.

Além dos laticínios, você pode obter cálcio de alimentos como a soja, o leite de amêndoa e o tofu.

7. Chá de hortênsia (Hydrangea paniculata)

A hortênsia é um lindo arbusto florido, bem conhecido por suas flores nas cores rosa, azul e branco.

Um estudo descobriu que a ingestão de extrato de hydrangea paniculada por três dias protege os rins contra danos oxidativos.

8. Chá de Sambong (Blumea balsamifera)

O sambong é um arbusto de clima tropical, comum em países como as Filipinas e a Índia. Em um estudo, os pesquisadores descobriram que o extrato de Blumea balsamifera diminui os cristais de oxalato de cálcio. Isso mostra seu potencial para impedir a formação de pedras nos rins.