Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Probiótico, kefir é ideal para manter o equilíbrio da flora intestinal e traz uma série de benefícios para a saúde

Imagem editada e redimensionada de Simon A. Eugster, disponível no Wikimedia e licenciada sob CC-BY 2.0

Kefir é um alimento fermentado, produzido a partir dos grãos de kefir, originário das montanhas do Cáucaso. Frequentemente recomendado por seus impressionantes níveis de probióticos, pode ser feito com leite ou água e traz benefícios impressionantes para a flora intestinal. A versão mais comum é produzida com leite e semelhante a um iogurte, mas um pouco mais fina em consistência.

O kefir de leite tem um sabor ácido e ácido e leve “efervescência”, por causa do dióxido de carbono, que é o produto final do processo de fermentação. A duração do tempo de fermentação determina o sabor. A bebida é uma boa fonte de cálcio e rica em bactérias probióticas. Geralmente, é produzida com leite de vaca, mas também pode ser feita com leites vegetais, como de aveia, arroz, soja ou coco.

O que diferencia o kefir de leite de seu primo, o iogurte, é a maneira como é feito. O kefir é fermentado com o grão de kefir, uma combinação de bactérias probióticas e fermento. Os grãos se alimentam da lactose do leite, seu teor mais baixo e, consequentemente, mais fácil de ser digerido. Quando é preparado com leite vegetal ou água, o processo é semelhante – requer apenas um pouco de açúcar mascavo em vez de lactose para que a fermentação ocorra.

Seu potente perfil de nutrientes contribui para sua popularidade e uso generalizado para a saúde e o bem-estar. O kefir é especialmente rico em vitamina B12, cálcio, magnésio, vitamina K, folato e uma ampla gama de probióticos. Pode ser consumido puro, com frutas ou granola, em smoothies e vitaminas ou como ingrediente saudável em receitas variadas.

Como fazer kefir em casa

Kefir de leite

kefir de leiteImagem editada e redimensionada de Svorad, disponível no Wikimedia e licenciada sob CC-BY 2.0

Os grãos de kefir não são realmente grãos. Na verdade, são pequenos grânulos gelatinosos que contêm uma variedade de bactérias e leveduras. Para fazer o kefir de leite, os grãos são colocados em recipiente de vidro, tampado e deixado em temperatura ambiente por no mínimo 24 horas. Esse processo permite que as bactérias e o fermento fermentem a lactose (açúcar natural do leite) em ácido láctico, ativando a proliferação e o crescimento das bactérias.

Após cerca de 24 horas em temperatura ambiente, os grãos são coados, transferidos para um novo lote de leite e usados ​​novamente para permitir que continuem se reproduzindo – e esse ciclo pode ser continuado indefinidamente.

Os grãos se multiplicam enquanto são mantidos no leite fresco na temperatura certa (idealmente em torno de 22-25 ° C). Quando o produto é colocado na geladeira, a temperatura fria inibe o processo de fermentação.

Ingredientes

  • 100 g de kefir de leite

  • 1 litro de leite

Modo de preparo

Adicione ao seu recipiente os grãos de kefir e o leite. Deixe a bebida fermentar em temperatura ambiente por 24 a 48 horas. Em seguida, coe e recupere os grãos, para repetir o processo.

Kefir de água

kefir de águaImagem editada e redimensionada de Pineal, disponível no Wikimedia e licenciada sob CC-BY 2.0

O kefir de água é feito de maneira semelhante ao kefir de leite. Os grãos, também conhecidos como tibicos, são colocados em água com açúcar mascavo para promover o processo de fermentação. A fermentação produz bactérias e leveduras benéficas enquanto reduz o teor de açúcar da bebida.

É importante ressaltar que os grãos são diferentes: o kefir de água é feito com grãos específicos que dependem da água e não funcionarão da mesma forma se colocado no leite ou em seus substitutos. Açúcar de cana ou suco de fruta podem ser usados ​​para adoçar a água.

Consumir o kefir de água é uma ótima alternativa para veganos, para aqueles que sofrem com intolerância à lactose ou, simplesmente, para quem prefere seguir uma dieta livre de laticínios. A única diferença entre as duas bebidas é que o teor de cálcio e proteínas é reduzido no kefir de água.

Ingredientes

  • 2-3 colheres de sopa de grão de kefir de água

  • 1 litro de água filtrada ou água de coco em temperatura ambiente

  • 1 colher de sopa de açúcar mascavo ou rapadura

Modo de preparo

Coloque a água e o açúcar no recipiente de vidro e deixe diluir bem. Adicione os grãos de kefir e tampe o frasco. Deixe em um local escuro, à temperatura ambiente, para fermentar de 24 a 72 horas. Quanto mais tempo você deixar fermentar, menos doce a bebida ficará. Após a fermentação, coe os grãos e reserve-os para repetir o processo em outra ocasião.

Alternativas

Você pode beber kefir de água normalmente ou experimentar diferentes sabores como extrato de baunilha, suco de fruta, frutas congeladas ou folhas de hortelã. Uma ideia é fermentar os grãos de kefir de água em suco 100% integral e natural, sem conservantes e preferencialmente caseiro. Se preferir, faça a fermentação normalmente em água e açúcar e, depois, repita o processo no suco.

Você pode fazer kefir de suco de uva, de laranja, de maracujá e do que mais quiser (desde que o suco seja natural, integral e concentrado). Uma dica é reservar uma pequena porção de grãos no congelador, caso o suco não tenha açúcar suficiente para fermentá-los e eles acabem morrendo. Se você achar que o seu suco não está doce o suficiente, adicione açúcar mascavo à bebida antes de iniciar o processo de fermentação.

Benefícios do kefir

1. Melhora a saúde intestinal

2. Promove a saúde óssea

3. Aumenta a imunidade

4. Mantém a pele saudável

5. Pode auxiliar na perda de peso

6. Reduz inflamações

7. Pode ajudar a combater células cancerosas

Beber kefir regularmente também tem sido associado a benefícios para a pressão arterial, equilíbrio do colesterol e controle do açúcar no sangue. Além disso, dependendo da variedade que você usa, os grãos de kefir podem conter 30 ou mais cepas de bactérias e leveduras benéficas. Algumas das principais cepas incluem os lactobacilos, ou bactérias do ácido láctico (LAB).

Um dos benefícios mais significativos do kefir de água é seu conteúdo probiótico.

Um dos benefícios mais significativos do kefir de água é seu conteúdo probiótico. Os probióticos são “bactérias do bem” encontradas no intestino que desempenham um papel essencial em quase todos os aspectos da saúde, desde a prevenção do câncer até a função imunológica.

Embora o iogurte possa ser a fonte mais conhecida de probióticos na dieta moderna, o kefir é, na verdade, considerado a melhor fonte, pois fornece uma grande variedade de bactérias e fermento. Na verdade, algumas pesquisas mostram que os grãos de kefir podem conter até 56 cepas diferentes de bactérias e leveduras.

Possíveis efeitos adversos do kefir

Como o processo para fazer o kefir pode variar, é difícil monitorar sua potência, portanto, alguns produtos podem ser fontes mais ricas de bactérias probióticas do que outros. Para quem não está acostumado com probióticos ou alimentos fermentados, recomendamos começar com uma pequena quantidade e aumentar aos poucos.

Algumas pessoas relatam sintomas digestivos como inchaço, náusea, constipação ou diarreia ao introduzir alimentos fermentados na dieta. Qualquer pessoa com sistema imunológico comprometido ou intolerância a histamina deve falar com um profissional de saúde antes de introduzir ou aumentar a ingestão de alimentos fermentados.


Fontes: Healthline, BBC Good FoodChopra e Just Naturally Health


Veja também: