Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Praticar yoga, tai chi, corrida ou ir à academia são as melhores formas de prevenir dores na lombar

Imagem editada e redimensionada de Katee Lue, está disponível no Unsplash

Dores na lombar podem ter causas distintas. Mas algumas práticas como yoga e tai chi podem ajudar a amenizar o problema. Entenda:

Uma revisão feita por pesquisadores da Florida Atlantic University concluiu que exercícios mente-corpo baseados em movimento, como tai chi e yoga, são eficazes no tratamento das dores na lombar.

O que os pesquisadores descobriram

As pessoas com dores na lombar geralmente são incentivadas a iniciar tratamentos não farmacológicos, como exercícios, para controlar a dor.

Os pesquisadores avaliaram a eficácia de três desses exercícios mente-corpo: yoga, tai chi (que envolve exercícios físicos leves e alongamentos juntamente com a atenção plena) e qigong (uma terapia de meditação chinesa centrada na consciência corporal durante movimentos lentos e repetitivos do corpo) .

Eles descobriram que exercícios mente-corpo, como yoga e tai chi, são eficazes na redução das dores na lombar, na incapacidade relacionada à dor, no aprimoramento da capacidade funcional e na melhora de quadros de depressão e ansiedade – algumas vezes relacionados à dor.

Yoga, tai chi e qi gong podem ser usados ​​como alternativas eficazes de tratamento com analgésicos, cirurgia ou tratamentos baseados em injeção, como bloqueios nervosos, que estão associados a alta incidência de efeitos adversos no tratamento da dor lombar.

Como o yoga e o tai chi funcionam

Além de fortalecer o corpo, os exercícios mente-corpo, têm o benefício adicional de fortalecer a mente. Em uma entrevista para o site Healthline, a médica Pamela Peeke afirma que “a mente-corpo é uma entidade. Como as costas estão, assim está a mente. Pessoas com dor crônica estão cheias de angústia, ansiedade, medo e, muitas vezes, depressão ”, acrescentou. “As experiências de movimento mente-corpo, como yoga e tai chi, são excelentes para tratar os dois problemas.”

Os impactos da dor nas costas

A dor lombar é uma das principais causas de falta no trabalho e a causa mais comum de incapacidade relacionada ao trabalho. “Além da dor em si, o impacto na qualidade de vida pode ser profundo”, disse à Healthline Gary Donaldson, PhD, diretor do Centro de Pesquisa da Dor da Universidade de Utah. “A dor crônica pode limitar a capacidade de trabalhar, se locomover, interagir socialmente e, geralmente, desfrutar de uma vida rica e comprometida. O custo financeiro pessoal pode se tornar assustador, com aumento de despesas médicas (aqui ele fala dentro do contexto dos EUA, em que não há sistema único de saúde, como o SUS no Brasil), trabalho perdido e possível hospitalização. ”

Encontrar um tratamento

As razões por trás da dor lombar são numerosas, e Donaldson diz que, no caso de dor lombar crônica, a causa é muitas vezes desconhecida. As opções de tratamento são igualmente complexas.

“Não existe um melhor tratamento para as dores crônicas na lombar“, disse ele. “Mesmo que um problema anatômico definitivo possa ser reparado cirurgicamente, a recuperação é complicada e o exercício adequado pode ajudar. Analgésicos, particularmente analgésicos não opioides que também reduzem a inflamação também são úteis. ”

“Gerenciar bem a dor lombar exige uma análise cuidadosa das circunstâncias de um indivíduo e uma consulta com profissionais de saúde confiáveis”, acrescentou Donaldson. “As respostas individuais às mesmas terapias são muito diferentes, de modo que generalidades de que os tratamentos podem ser eficazes não são tão úteis. A parte difícil é descobrir o que funciona para quem e quão bem. ”

Todos os especialistas que falaram com a Healthline dizem que a melhor maneira de evitar dores na região lombar e gerenciá-la é fazer algum tipo de exercício.

“Um grama de prevenção vale seu peso em ouro. Uma vez que o paciente se torna candidato a uma injeção ou cirurgia… se eu generalizasse… talvez seja tarde demais para se consertar com yoga“, disse Shamie.

“Você pode retardar a progressão do processo degenerativo pelo qual todos estamos passando, fazendo exercícios como yoga, tai chi, corrida ou indo à academia, todos com benefícios”, disse ele.



Veja também: