Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

O caramelo é produzido com açúcar e água e tem propriedades antioxidantes e anticâncer

O caramelo é um doce marrom feito a partir da fervura do açúcar, até que ele derreta e fique com uma espessura mais grossa. Conhecido por seu sabor doce, apesar de em sua forma natural ser um produto totalmente vegano e livre de glúten, o caramelo é comumente comercializado com produtos derivados do leite.

O açúcar usado para produzir caramelo costuma ser derretido a 171°C, junto da água, com intuito de formar um xarope de cor marrom escura. Esse método é bastante famoso e é chamado de “caramelização”. 

A produção do caramelo já chegou a ser feita através do revestimento de pedaços de madeira em molho de caramelo, esses pedaços eram colocados no fogo para que o açúcar derrete-se em sua superfície. Com a evolução da tecnologia e dos métodos de preparação de receitas, a produção do caramelo ganhou diversas variações ao redor do mundo.

O consumo do caramelo é feito principalmente como cobertura de sorvetes e pudins. No entanto, ele também é vendido em doces, bolos, cremes, molhos e algumas cervejas

Benefícios do caramelo  

Propriedades antioxidantes 

As propriedades antioxidantes do caramelo são os benefícios mais conhecidos. Os antioxidantes são nutrientes essenciais para combater radicais livres, que causam danos às células e podem levar ao envelhecimento precoce e câncer

Uma série de estudos aponta que o caramelo contém altos níveis de concentração de antioxidantes. O consumo diário de caramelo tem a mesma capacidade antioxidante que o suco de laranja. Além disso, os estudos afirmam que os níveis de antioxidantes estão ligados à cor do caramelo, quanto mais escuro mais rico nesses nutrientes. 

Não contém glúten

O caramelo em sua forma natural é totalmente livre de glúten. Isso porque ele é feito de uma mistura de água, açúcar e baunilha, e às vezes leite. Por isso, pessoas com doença celíaca podem aproveitar tranquilamente o doce.

Rico em carboidratos 

Apesar de algumas pessoas preferirem dietas low-carb, o carboidrato não é totalmente ruim para o organismo. Na verdade, ele é necessário para manter o corpo funcionando corretamente e é uma ótima fonte de energia. 

O caramelo contém cerca de 77 gramas de carboidratos a cada 100 gramas servidas, o que significa que eles são cerca de 70% do caramelo.

Bom para a pele

O caramelo, além de ser usado como corante de diversas comidas, também é adicionado em certos produtos de beleza. Os benefícios à pele do caramelo são providos por uma substância conhecida como melanoidinas.

A melanoidinas é responsável pela cor marrom do caramelo, que é causada pela reação de Maillard, uma reação química que produz melanoidinas e outras substâncias. Essa substância tem propriedades antibacterianas e antioxidantes que ajudam a prevenir o envelhecimento. 

Caramelo não costuma ser vegano 

É simples, o caramelo em sua forma natural é considerado um alimento vegano. Ou seja, quando feito apenas com água, ele não tem nenhum ingrediente de crueldade animal. No entanto, a maior parte dos produtos de caramelo, que são comercializados, contém algum tipo de derivado do leite.

Isso faz com que o caramelo deixe de ser vegano, já que o leite é um produto derivado da exploração animal. Os alimentos feitos com caramelo que não são veganos normalmente levam cremes, leite e manteiga e costumam ser doces, molhos e pudins. 

Além disso, quando o caramelo é feito com açúcar refinado ele também não pode ser considerado vegano, mesmo em sua forma natural. Isso se dá devido ao método de refinamento do açúcar branco, que utiliza um carvão ativado feito a partir dos ossos de boi. Qualquer tipo de açúcar não refinado pode ser considerado vegano. 

Para saber mais confira “Açúcar vegano existe? Saiba mais sobre a produção

Felizmente, devido ao aumento da demanda de produtos veganos, alguns produtores de caramelo têm criado versões veganas de seus produtos. Ou seja, tem surgido caramelos veganos produzidos com leite de coco ou qualquer outro tipo de ingrediente não animal que provém uma textura ou gosto similar ao caramelo normal. 

Riscos do consumo de caramelo 

Tudo que é consumido em excesso possui um risco. O caramelo é um desses exemplos. Mesmo que você seja apaixonado pelo gosto do caramelo, não exagere no seu consumo, é sempre bom estar alerta sobre os riscos ligados ao alimento.

Contém muito açúcar 

Por ser feito de açúcar, o caramelo pode aumentar os níveis de triglicerídeos (gordura no sangue) em seu organismo e aumentar os riscos de doenças cardíacas. 

Pode levar ao ganho de peso

O caramelo é um alimento rico em carboidratos, como dito anteriormente, e seu consumo excessivo pode fazer com que o açúcar no sangue chegue a um limite e depois abaixe drasticamente. 

O baixo nível de açúcar causa fome e um ciclo sem fim de altos e baixos no sangue, que pode levar a resistência à insulina, que é um fator de risco para diabetes e ganho de peso. 

Ruim para os dentes 

A grande quantidade de açúcar no caramelo pode causar cáries dentárias em que consome bastante doce em apenas um dia. Também pode prejudicar as gengivas, podendo levar à perda de dentes.

Como substituir?

Se você está procurando evitar açúcar refinado, saiba que é possível substituir o caramelo com tâmaras secas. Saiba mais na matéria: “Tâmara: benefícios comprovados pela ciência”.