Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Turismo rural caracteriza-se por atividades turísticas no meio rural que oferecem benefícios para a comunidade local

De acordo com o Ministério do Turismo, a definição de turismo rural dá-se pelo “conjunto de atividades turísticas desenvolvidas no meio rural, comprometido com a produção agropecuária, agregando valor a produtos e serviços, resgatando e promovendo o patrimônio cultural e natural da comunidade”.

É importante destacar que as práticas agrícolas não precisam estar diretamente presentes e podem ser representadas pelas práticas sociais e de trabalho, costumes e tradições, aspectos arquitetônicos, artesanato e/ou modo de vida de cada população. Assim, o turismo rural com foco específico na agricultura familiar é chamado de agroturismo.

Portanto, o turismo rural é uma modalidade de turismo que surgiu a partir da busca de diferentes experiências de férias, consistindo em atividades que englobam o contato com a natureza e cultura local que possam agregar na economia e em novas oportunidades de renda por parte da população rural.

Além disso, ele é considerado uma prática para integrar o meio urbano e rural, ideal para quem está procurando mais conexão com o meio ambiente, vivenciar novas experiências e aprender com comunidades tradicionais.

Quais são os tipos de turismo rural?

O turismo rural compreende todo o tipo de atividade humana que se realiza no meio rural, ou seja, está relacionado à vida no campo, cultura, religião e costumes. Então, é possível separá-lo em duas classificações:

Turismo rural tradicional

Esse tipo de turismo rural é representado por visitas em propriedades que possuem importância histórica, como as antigas fazendas de café em São Paulo, que tiveram um papel relevante durante todo o século XIX. 

Outro ponto turístico que está dentro dessa classificação é a visita a propriedades e atividades relacionadas à imigração europeia para o Brasil, como o “Caminho das Pedras”, que valoriza a imigração italiana ao país.

Fazenda Resgate, localizada em São Paulo. Imagem de Wikimedia Commons
Fazenda Resgate, localizada em São Paulo. Imagem de Wikimedia Commons

Turismo rural contemporâneo

Essa segunda classificação refere-se a visitas associadas ao modo de vida no campo, como hotéis-fazenda, pousadas rurais, spas rurais e campings. Dessa maneira, é possível valorizar a cultura local por meio da gastronomia e atividades, como trilhas e arvorismo.

Imagem de David Marcu no Unsplash

Benefícios do turismo rural

Considerado uma ótima opção para descansar a mente, o turismo rural pode ter incríveis benefícios. Confira alguns deles:

Benefícios sociopsicológicos

Ao entrar em contato com a natureza, o turista pode obter novas habilidades, descobrir novos gostos e até receber o incentivo para comprometer-se com projetos sociais. Além disso, é possível aumentar a compreensão do turista em relação a estilos de vida, opiniões e comportamentos diferentes.

Outro benefício é a oportunidade de mudar seus hábitos, devido a conscientização que o visitante constrói sobre a qualidade de produtos agrícolas, uso sustentável e a importância do meio ambiente para a sociedade.

Benefícios econômicos

Com o dinheiro adquirido pelo turismo, muitos terrenos conseguem pagar por melhorias e manutenção na produção de produtos agrícolas já existentes. Dessa forma, a qualidade dos serviços oferecidos aumenta, o que implica, também, em mais visitantes.

A renda extra também alcança outras áreas do ambiente rural, pois ela gera empregos e cria oportunidades para o desenvolvimento de outros tipos de atividades econômicas, que diminuem a dependência que a população tem na agricultura.

Assim, muitos locais com baixa qualidade de vida podem se desenvolver para oferecer melhores condições para os moradores e turistas.