Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Turismo rural sustentável, o agroturismo ajuda na educação ambiental

O agroturismo é uma modalidade de turismo em que os viajantes vão para propriedades rurais de agricultura familiar, um tipo de agricultura em terrenos menores, onde o rendimento é voltado para o próprio consumo. Buscando o desenvolvimento sustentável e o contato com a natureza, o agroturismo é a escolha para “fugir” da vida na cidade, que costuma ser mais agitada e desafiadora.

Essa modalidade é de grande importância para o desenvolvimento do terreno e para manter conhecimentos, tradições e culturas locais. Assim, ela evita o empobrecimento social e econômico do espaço rural.

Como funciona o agroturismo?

Imagem de Priscilla Du Preez no Unsplash

Ele permite conhecer o processo de agropecuária diretamente e aumentar a interação do público com os processos produtivos dos alimentos. Desse modo, o visitante poderá adquirir um entendimento maior dos terrenos que ajudam a manter os recursos naturais.

De acordo com a Universidade da Califórnia, muitos fazendeiros, donos desses terrenos, expressam um desejo de educar os visitantes sobre suas práticas agrícolas. Desse modo, os turistas tendem a valorizar mais a agricultura familiar e comidas mais saudáveis, já que não há o uso de agrotóxicos nessa prática.

Onde o agroturismo se faz presente?

O Brasil, conhecido pela sua intensa atividade agrícola, possui diversos destinos para realizar essa modalidade de turismo. Além da Capital Nacional do Agroturismo, conhecida como Venda Nova do Imigrante, no Espírito Santo, o país tem mais inúmeros outros lugares.

A Associação de Agroturismo Acolhida na Colônia tem como objetivo melhorar a qualidade de vida dos agricultores implementando o agroturismo. Como exemplo de destinos que fazem parte da Associação, podemos citar:

Santa Catarina

Estado com predominância em agricultura familiar, Santa Catarina é o maior produtor nacional de suínos, maçã e cebola, oferecendo vários destinos de agroturismo, como Encantos do Quiriri e Encostas da Serra Geral.

Rio de Janeiro

Apesar de ser um estado com predominância em regiões metropolitanas, o Rio de Janeiro possui um ambiente rural onde se localiza a agricultura familiar, como o município de Casimiro de Abreu.

São Paulo

Mesmo também sendo uma região mais metropolitana, São Paulo possui locais onde o agroturismo é realizado, como Parelheiros.

Como outras alternativas, temos um turismo rural cada vez mais forte em outras regiões, como Ilhas de Marajó, no Pará, e Chapada Diamantina, na Bahia.

Qual a diferença entre agroturismo e turismo rural? 

No livro “Turismo rural: fundamentos e reflexões”, turismo rural é definido como uma modalidade de caráter genérico, englobando qualquer atividade turística desenvolvida no espaço rural.

Já o agroturismo é um tipo de turismo rural, que foca estritamente na experiência do turista em uma área de agricultura familiar na presença do proprietário, para complementar as fontes de renda. Dessa forma, o agroturismo é um dos ramos do turismo rural.

Impactos socioambientais 

O agroturismo possui vários impactos socioambientais positivos, fazendo com que ele seja uma ótima alternativa de viagem. Dentre eles, podemos destacar:

  • Aumento da qualidade de comida;
  • Melhores escolhas de estilo de vida dos turistas;
  • Geração de empregos no meio rural;
  • Preservação do meio ambiente;
  • Melhorias na economia local;
  • Aproximação entre o meio rural e urbano;
  • Preservação e conhecimento da cultura local.